• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-23092020-115034
Documento
Autor
Nome completo
Doris Jimena Roncancio Benitez
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Nardocci, Adelaide Cassia (Presidente)
Cardoso, Maria Regina Alves
Gonçalves, Fabio Luiz Teixeira
Pereira, Luiz Alberto Amador
Título em português
Variabilidade da temperatura do ar diária, vulnerabilidade social e a relação com altas taxas de mortalidade por doenças cardiovasculares na Colômbia
Palavras-chave em português
Doenças Cardiovasculares
Extremos de Temperatura
Saúde Pública
Variabilidade Climática
Vulnerabilidade Social
Resumo em português
Introdução-As variações diárias de temperatura têm sido associadas a um risco elevado de mortalidade cardiovascular influenciada por determinantes sociais da saúde. Poucos estudos sobre essa relação foram feitos nos trópicos, onde a variação sazonal de temperatura é pequena e não oferece oportunidades para a adaptação humana às mudanças climáticas, de maneira tão integral quanto as das latitudes médias ou altas. Nesse cenário, a pesquisa sobre variabilidade da temperatura e seus impactos na saúde humana em países tropicais como a Colômbia é muito importante. Objetivo-O presente estudo visa analizar a relação da frequências de ocorrência do comportamento simultâneo de temperaturas máximas diárias superiores a 30 ° C e temperaturas mínimas superiores a 20 ° C e a vulnerabilidade social como fatores de risco para mortalidade cardiovascular na população colombiana acima de 60 anos em 1117 municípios. Métodos-A vulnerabilidade social foi calculada usando o método Social Vulnerability Index (SoVI®). A análise estatística incluiu, primeiro, uma correlação espacial e análise de clusters para determinar a distribuição e as relações geográficas entre as variáveis e, em seguida, análise de regressão logística para identificar a associação entre as variáveis explicativas e as altas taxas de mortalidade por doenças cardiovasculares. Resultados-Os resultados mostraram que os padrões espaciais de variabilidade de temperatura e vulnerabilidade social estão associados aos índices de mortalidade dos desfechos em saúde estudados. Além disso, as variáveis explicativas surgiram como preditores significativos (p <0,05) de mortalidade, com diferenciações estatísticas entre os níveis. Os percentis acima de 79% da alta temperatura (OR = 1.856, IC 95%: 1.258-2.737) apresentaram associação positiva e os níveis de SoVI entre baixa (OR = 0,354, IC 95%: 0,232-0,540) e média (OR = 0,669 IC95%: 0,461-0,970) mostrou associação significativa negativa com as taxas de mortalidade por doenças do aparelho circulatório e doenças isquêmicas do coração. Conclusão-Esses resultados mostram que a inclusão de temperatura e vulnerabilidade social é significativa no entendimento das taxas de mortalidade por doenças cardiovasculares.
Título em inglês
Daily temperature variability, social vulnerability and their association with high mortality rates in Colombia
Palavras-chave em inglês
Cardiovascular Diseases
Climate Variability
Extremes of Temperature
Public Health
Social Vulnerability
Resumo em inglês
Introduction-Daily temperature variations have been associated with an elevated risk of cardiovascular morbidity and mortality influenced by social determinants of health. Few studies about this relation have been made in the tropics, where the seasonal variation of temperature is small and gives no opportunities for human adaptation to weather changes as roundly as middle or high latitudes. In this scenario, research on temperature variability and its health outcomes in tropical countries such as Colombia is very important. Objective-The present study analyzed frequencies of the simultaneous behavior of daily maximum temperatures higher than 30°C and minimum temperatures higher than 20°C, and social vulnerability as risk factors for cardiovascular mortality among the Colombian population over 60 years in 1117 municipalities. Methods-Social Vulnerability was calculated using the Social Vulnerability Index (SoVI®) method. The statistical analysis included first, a spatial correlation and cluster analysis to determine the distribution and geographical relationships between variables and then, logistic regression analysis to identify if the explanatory variables fitted the hypothesis of risk determinants for high mortality rates by cardiovascular diseases. Results-The results showed that spatial patterns of temperature and social vulnerability are associated with those of mortality rates of the health outcomes studied. Also, the explanatory variables arose as significant predictors (p<0,05) of mortality, with statistic differentiations between levels. Percentiles above 75% of high temperature (OR=1,856, 95% CI: 1.258-2.737) showed a positive association, and levels of SoVI between low (OR=0,354, 95% CI: 0.232-0.540) and medium (OR=0,669, 95% CI: 0.461-0.970) showed a negative significant association with mortality rates of diseases of the circulatory system and ischemic heart diseases. Conclusions-These results show that the inclusion of temperature and social vulnerability is significant in understanding cardiovascular diseases' mortality rates.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-09-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.