• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.6.2020.tde-27012021-124230
Documento
Autor
Nombre completo
Pedro Henrique Herculano
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2020
Director
Tribunal
Camara, Tamara Nunes de Lima (Presidente)
Deus, Juliana Telles de
Sousa, Antonio Ralph Medeiros de
Urbinatti, Paulo Roberto
Título en portugués
Manutenção de Aedes aegypti e Culex quinquefasciatus (Diptera: culicidae) em condições de laboratório: uma revisão sistemática 
Palabras clave en portugués
Aedes aegypti
Alimentação Artificial Sanguínea
Culex quinquefasciatus
Manutenção de Mosquitos
Resumen en portugués
O crescimento populacional no mundo, junto com o aumento desenfreado dos grandes centros urbanos, com condições precárias de saneamento e infraestrutura, favorecem o desenvolvimento e a proliferação de algumas espécies de mosquitos. O comportamento e fácil adaptação de Ae.aegypti favoreceram sua dispersão pelos mais diferentes tipos de ambientes, sendo encontrado principalmente no intra e peridomicílio, onde há elevada presença humana, abrigos e criadouros potenciais. As fêmeas possuem hábito alimentar diurno, sendo os picos de maior atividade no amanhecer e durante o crepúsculo vespertino. Entretanto, podem picar o homem e outros animais a qualquer hora do dia, pois são muito oportunistas. No Brasil, a grande importância de Ae. aegypti se dá ao fato de ser considerado o principal vetor da febre amarela urbana, dengue, chikungunya e Zika. Já o mosquito Culex quinquefasciatus geralmente está relacionado em áreas de saneamento precário, próximo às zonas periféricas. As fêmeas também são hematófagas e estão associadas aos locais de habitações humanas, onde encontram abrigo, criadouros e fontes de alimentação. Possuem hábitos noturnos e crepusculares e, eventualmente, podem picar durante o dia. A presença deste mosquito na área urbana gera desconforto ao ser humano, causando irritação e diminuição da qualidade de vida, devido ao incômodo causado pelas picadas e perturbação noturna. Além disso, algumas áreas infestadas por Cx. quinquefasciatus são propícias a problemas relacionados com saúde pública, pois esse mosquito é considerado vetor de agentes patogênicos, como a filaríase bancroftiana, causada pelo verme Wuchereria bancrofti. A manutenção de insetos em laboratório, assim como outros animais, possibilita entender melhor sua biologia, dinâmica de populações, desenvolvimento das espécies e melhores condições para confinamento e reprodução. Procedimentos de alimentação, reprodução e acondicionamento de mosquitos são alguns dos principais elementos para o desenvolvimento de colônias em larga escala em laboratório, além das condições ambientais, como temperatura, umidade e fotoperíodo. Formas imaturas de Ae. aegypti e Cx. quinquefasciatus podem ser mantidas para desenvolvimento nos mais variados tipos de recipientes. A manutenção de mosquitos adultos em laboratório é realizada através do confinamento destes insetos em gaiolas teladas, que podem variar de tamanho e material. A fonte alimentar para machos e fêmeas adultas de mosquitos se dá a partir de soluções açucaradas. Para reprodução de mosquitos em laboratório é essencial o fornecimento de alimentação sanguínea para fêmeas adultas, pois somente dessa forma haverá a maturação dos ovos. Alimentadores artificiais vêm sendo desenvolvidos e utilizados constantemente em procedimentos para manutenção de mosquitos em laboratório, sendo alguns mais complexos e outros mais simples. Estes alimentadores, normalmente, são compostos por um ou mais reservatórios sanguíneos, onde é estocado o volume de sangue para alimentação das colônias de insetos. Geralmente, estes reservatórios são cobertos por membranas finas que facilitam a penetração e alimentação dos mosquitos. Nesta revisão, foi observado que a maioria das técnicas para alimentação sanguínea artificial de mosquito, apresentaram bons resultados em relação a taxa de alimentação, fecundidade e sobrevivência dos insetos, sendo assim, uma boa alternativa para manutenção de colônias de Ae.aegypti e Cx.quinquefasciatus em laboratório.
Título en inglés
Maintenance of Aedes aegypti and Culex quinquefasciatus (Diptera: culicidae) in laboratory conditions: a systematic review
Palabras clave en inglés
Aedes aegypti
Blood Artificial Feeding
Culex quinquefasciatus
Maintenance of Mosquitos
Resumen en inglés
The population increase in the world, with the increase in large urban areas, with poor sanitation and infrastructure conditions, favor the development and proliferation of some species of mosquitos. The behavior and easy adaptation of Ae. aegypti favored its dispersion in the most different types of environments, being found mainly within and around the home, where there is a high human presence, shelters and potential breeding sites. Females have diurnal eating habits, with the highest activity peaks at dawn and during evening twilight. However, they can bite man and other animals at any time of the day, as they are very opportunistic. In Brazil, the great importance of Ae. aegypti is due to the fact that it is considered the main vector of urban yellow fever, dengue, chikungunya and Zika. The Culex quinquefasciatus mosquito is generally found in areas of poor sanitation, near to peripheral areas. Females are also hematophagous and are associated with human habitation sites, where they find shelter, breeding grounds and source of food. They have nocturnal and twilight habits and, eventually, they can bite during the day. The presence of this mosquito in the urban area generates discomfort to humans, causing irritation and decreased quality of life, due to the discomfort caused by the bites and night disturbance. In addition, some areas infested by Cx. quinquefasciatus are conducive to problems related to public health, as this mosquito is considered a vector of pathogens, such as bancroftian phyliasis, caused by the Wuchereria bancrofti worm. The maintenance of insects in the laboratory, as well as other animals, makes it possible to better understand their biology, population dynamics, species development and the best conditions for confinement and reproduction. Procedures for feeding, breeding and conditioning mosquitos are some of the main elements for the development of large-scale colonies in the laboratory, in addition to environmental conditions such as temperature, whet and photoperiod. Immature forms of Ae. aegypti and Cx. quinquefasciatus can be kept for development in the most varied types of containers. The maintenance of adult mosquitoes in the laboratory is carried out by confining these insects in screened cages, which can vary in size and material. The food source for adult male and female mosquitoes is from sugary solutions. For reproduction of mosquitoes in the laboratory, it is essential to provide blood supply to adult females, as only in this way will the eggs mature. Artificial feeders have been developed and used constantly in procedures for maintenance mosquitos in the laboratory, some of which are more complex and others simpler. These feeders are usually composed of one or more blood reservoirs, where the volume of blood is stored to feed insect colonies. Generally, these depot are covered by thin membranes that facilitate the penetration and feeding of mosquitoes. In this review, it was observed that most techniques for artificial mosquito blood feeding, showed good results in relation to the feeding rate, fertility and survival of insects, this offer a good option for maintenance colonies of Ae.aegypti and Cx. quinquefasciatus in laboratory.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
HerculanoPH_MTR_O.pdf (2.98 Mbytes)
Fecha de Publicación
2021-01-27
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.