• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Doctoral Thesis
DOI
Document
Author
Full name
Renata Fortes Itagyba
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
São Paulo, 2019
Supervisor
Committee
Bógus, Claudia Maria (President)
Bertolozzi, Maria Rita
Marques, Maria Cristina da Costa
Sacardo, Daniele Pompei
Title in Portuguese
A promoção da saúde no Haiti por meio de organizações humanitárias
Keywords in Portuguese
Ajuda Humanitária
Haiti
Promoção da Saúde
Saúde Global
Abstract in Portuguese
Introdução: O estudo analisou de que forma as principais organizações humanitárias atuam na Promoção da Saúde no Haiti. A pesquisa esteve focada em três instituições de grande porte, selecionadas a partir do relatório da Global Genebra (2015), consultoria filantrópica reconhecida mundialmente na avaliação de organizações de ajuda humanitária, que são, segundo o documento, (1) Comitê Internacional da Cruz Vermelha, (2) Médicos sem Fronteiras e (3) Partners in Health. Buscou-se compreender de que forma essas entidades estão inseridas no contexto da globalização neoliberal, que remonta à mercantilização da saúde e ao enfraquecimento do Estado, e de que maneira se relacionam com a pluralidade de atores sociais em saúde. Objetivos: O objetivo geral desta pesquisa consistiu em analisar de que forma as maiores organizações de ajuda humanitária atuam na Promoção da Saúde do Haiti, pela perspectiva dos princípios da Equidade, da Intersetorialidade, da Participação Social e da Sustentabilidade. Ademais, investigou-se se há evidências de posturas imperialistas nas ações das entidades humanitárias, unificadas sob o conceito de neoneocolonialismo neste estudo. Além disso, averiguou-se se é possível identificar transformações em longo prazo na comunidade haitiana, a partir da intervenção das três organizações selecionadas como representantes da atuação humanitária. Método: A tese assumiu base qualitativa e a coleta de dados foi realizada por revisão da literatura acadêmica, análise documental dos materiais fornecidos pelas próprias instituições, pelo governo haitiano e por organizações intermediárias, além de entrevistas com 15 colaboradores, incluindo dirigentes, das organizações. Resultados: Ao se considerar o aparato teórico e as entrevistas, constatou-se que as organizações aplicam os princípios da Promoção da Saúde de maneira incipiente e fragmentada, carecendo de um modelo estruturado e capaz de modificar o cenário haitiano em longo prazo. Em meio a lacunas e contradições, contudo, as organizações também trazem benefícios à comunidade haitiana e são reconhecidas pela população, principalmente ao se considerar as limitações do sistema de saúde haitiano.
Title in English
Promotion through humanitarian organizations
Keywords in English
Global Health
Haiti
Health Promotion
Relief Work
Abstract in English
The present study aimed to analyze how the main humanitarian organizations develops Health Promotion in Haiti, considering the current context of globalization and neoliberalism. The research was focused on three large institutions, selected from the Global Geneva Report (2015), worldwide philanthropic consultancy recognized in the evaluation of humanitarian aid organizations, which are (1) International Committee of the Red Cross (ICRC), (2) Doctors Without Borders (MSF) and (3) Partners in Health (PIH). The method used was a qualitative basis and the data collection was done by reviewing the academic literature. Documents were provided by the institutions, by the Haitian government and by intermediary organizations, especially on the internet. Furthermore, interviews were conducted with leaders and workers of the organizations. Therefore, from the perspective of Equity, Intersectoriality, Social Participation and Sustainability - which are among the principles of Health Promotion -, the main objective of the study was to analyze the existence of imperialist aspects in the actions of humanitarian organizations (pratice denominated neoneocolonialism in the study) and if there is a real transformation in the Haitian scenario, especially in long term, ideia aligned with the idea of Health Promotion. Considering the theoretical scope and interviews, it was verified that, although the organizations bring positive results to the Haitian community and its importance be recognized by the population, there are still essential gaps to guarantee permanence of actions in the country and to mitigate imperialism in Haiti.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2019-08-27
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2022. All rights reserved.