• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.6.2018.tde-09102018-140006
Documento
Autor
Nombre completo
Viviana Mendes Lima
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2017
Director
Tribunal
Ribeiro, Helena (Presidente)
Bertolozzi, Maria Rita
Giatti, Leandro Luiz
Oliveira, Jose Aldemir de
Título en portugués
Globalização e saúde na Amazônia: um estudo de uma pequena cidade - Ponta de Pedra, Ilha do Marajó, Pará
Palabras clave en portugués
Açaí
Brasil
Globalização
Pequena Cidade
Ponta de Pedras
Saúde Global
Resumen en portugués
O objetivo desta pesquisa foi analisar os efeitos da globalização na cidade e na vida dos moradores no município de Ponta de Pedras, localizado no Delta do rio Amazonas, estado do Pará - Ilha do Marajó e suas repercussões na saúde, sob a ótica da Saúde Global e da Sustentabilidade. Métodos: Para a realização deste estudo foram levantados dados secundários (DATASUS, IBGE censitários) e realizada pesquisa de campo com aplicação de formulários à população residente e entrevistas com gestores públicos, além de observação de campo e registros fotográficos, no objetivo de conhecer o perfil da população. Resultados: A pesquisa de campo permitiu conhecer o perfil do morador de Ponta de Pedras, suas fontes de renda, seus hábitos de consumo e perfil de saúde. O município, apesar de ser inserido no circuito da globalização, com a produção do açaí, e por meio da tecnologia informacional, entre elas o acesso a internet, mídias sociais e outras, não apresenta boas condições de vida e de infraestrutura para a população, em especial na área da saúde. Outra constatação foi o acesso a uma variedade de produtos alimentícios industrializados e ultraprocessados, com alteração no padrão alimentar, sobretudo de jovens urbanos, mas relativa manutenção de padrões de consumo alimentar baseado em alimentos locais pela população mais idosa e, principalmente, entre os residentes da zona rural. Há consumo de alimentos industrializados enlatados e ultraprocessados, entretanto, o açaí, a farinha de tapioca e o peixe continuam sendo a base alimentar dessa população cabocla. Doenças que antes eram predominantes em médias e grandes cidades são encontradas também na pequena cidade ribeirinha. O processo produtivo de coleta do açaí, no presente, atende a uma demanda de comercialização e consumo internacionais, como resultado de uma globalização que altera não apenas o espaço urbano, mas o modo de vida ribeirinho. Como consequência, vimos que a globalização traz diferentes desafios que nem sempre estão alinhados à uma urbanização sustentável.
Título en inglés
Globalization and health in the Amazon: a study on a small town - Ponta de Pedra, Ilha do Marajó, Pará
Palabras clave en inglés
Açaí
Brazil
Global Health
Pará
Ponta de Pedras
Small Cities
Resumen en inglés
The aim of this research was to analyze the effects of globalization on a small town and on the life of the inhabitants of the municipality of Ponta de Pedras, located in the estuary of the Amazon, state of Pará - Ilha do Marajó, and its repercussions on health, using the framework of Global health and Sustainability. Methods: Use of secondary data (DATASUS, IBGE, and census) and field study with use of questionnaires applied to local residents and interviews with public officers, besides field observations and photos. Results: The study revealed the profile of residents, their income sources and consumer habits in Ponta de Pedras. The municipality, in spite of its insertion in the globalization circuit, by the production of açaí and use of informational technology, as internet and social media access, doesn´t present good life conditions and infrastructure for its population. Another finding was the access to a great variety of industrialized processed food, with alterations in the food pattern, mainly among young people in urban area, but maintenance of traditional food in the diet among older people and those living in the urban area. Açaí, tapioca flour, and fish continue to be the preference and the basis of eating habits of this population. Diseases that were predominant in middle size and large cities are also found as important in this riverine town. The productive process of açaí tends to respond to an international demand, as result of globalization, that changes urban space and way of life. As consequence, we highlight that globalization reflects on cities not necessarily in hands with sustainability.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2018-10-25
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.