• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2017.tde-24072017-180449
Documento
Autor
Nome completo
Tiago Alexandre Silva Zenaro do Prado
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Giulio, Gabriela Marques di (Presidente)
Macedo, Eduardo Soares de
Marandola Junior, Eduardo José
Ribeiro, Helena
Título em português
Reurbanização da favela do Real Parque em São Paulo: um olhar sobre impactos e possibilidades do processo de reestruturação urbana
Palavras-chave em português
Identidade
Qualidade de Vida
Real Parque
Urbanização
Vulnerabilidade
Resumo em português
No Brasil a expansão urbana, como um componente fundamental das mudanças estruturais na sociedade brasileira, ocorreu de forma mais intensa na segunda metade do século XX, entre os anos de 1950 e 1970. O processo de urbanização, baseado na terra como mercadoria e acompanhado por uma ocupação desordenada, trouxe diversos problemas para boa parte das cidades brasileiras, com ocupações em áreas de rios e encostas, lançamentos de resíduos em cursos dágua e terrenos vazios, saneamento básico insuficiente, habitações insalubres, trânsito, ruído e poluição. São Paulo, a cidade mais populosa do país e o principal centro financeiro, corporativo e mercantil da América do Sul, é representativa desse processo. Estudos focados na urbanização da cidade revelam que a dinâmica de expansão da metrópole tem provocado um processo de concentração de população de baixa renda em áreas periféricas, mas também em localidades que concentram bolsões de pobreza e abrigam populações de baixa renda, com processos de ocupação por atividades irregulares, como invasões, favelas e loteamentos clandestinos. Exemplo de uma dessas áreas é a antiga favela do Real Parque, situada no bairro do Real Parque, um dos cinco bairros que compõem o distrito do Morumbi, na subprefeitura do Butantã, e considerada uma área de risco e que passou recentemente por um processo de reurbanização. Pelas suas especificidades, esse território é um estudo de caso ilustrativo para pensar os contrastes da megacidade, os impactos da urbanidade (ou da sua falta), a conformação de áreas de ocupação irregular e as relações estabelecidas pelos seus moradores e os possíveis delineamentos de processos de reurbanização. Neste sentido, a presente dissertação apresenta e discute resultados de uma pesquisa que teve como objetivo geral compreender, na perspectiva dos moradores, as potencialidades e limitações do processo de reurbanização nesta localidade, que teve início em 2008 e seguiu até 2016, com a entrega dos últimos condomínios. Como objetivos específicos, buscou-se investigar as características dessa localidade, particularmente antes do início da reurbanização; identificar percepções dos moradores sobre o local onde vivem e condições de vulnerabilidades; e compreender, a partir das suas narrativas, como as mudanças relacionadas ao novo empreendimento têm impactado o cotidiano da comunidade. Por meio de pesquisa documental e pesquisa de campo, o estudo partiu da hipótese de que enquanto os riscos geológicos foram minimizados e/ou se tornaram inexistentes, outros problemas e condições de vulnerabilidade passaram a ganhar maior visibilidade e projeção para os moradores
Título em inglês
Reurbanization of the favela Real Parque, São Paulo: a look at impacts and possibilities of urban restructuring process
Palavras-chave em inglês
Identity
Quality of Life
Real Parque
Urbanization
Vulnerability
Resumo em inglês
In Brazil, urban expansion, as a fundamental component of structural changes in Brazilian society, occurred more strongly in the second half of the twentieth century, between the 1950s and 1970s. The urbanization process, based on land as a commodity, and accompanied by a disorderly occupation brought diverse problems for most Brazilian cities, with occupations in rivers and slopes, waste streams in empty water and land, insufficient basic sanitation, unhealthy housing, traffic, noise and pollution. São Paulo, the most populous city in the country and the main financial, corporate and mercantile center of South America, is representative of this process. Studies focused on the urbanization of the city reveal that the dynamics of metropolis expansion has provoked a process of concentration of low income population in peripheral areas, but also in localities that concentrate pockets of poverty and shelter low income populations, with processes of occupation by irregular activities such as invasions, favelas and clandestine settlements. An example of one of these areas is the former Real Parque favela, located in the neighborhood of Real Parque - one of the five neighborhoods that compose the Morumbi district, in the region of Butantã -, and considered a risk area , which has recently undergone a process of reurbanization. For its specificities, this territory is an illustrative case study to think about the contrasts of the megacity, the impacts of urbanity (or its lack), the conformation of areas of irregular occupation and the relations established by its residents, and possible delineations of processes of reurbanization. This dissertation presents and discusses results of a study that seeks to understand, from the perspective of the residents, the potentialities and limitations of the reurbanization process in this locality, which initiated in 2008 and continued until 2016, with the delivery of recent condominiums. This study also seeks: (i) to investigate the characteristics of this locality, particularly before the beginning of the reurbanization; (ii) to identify residents perceptions of this place and conditions of vulnerability; (iii) to understand, from their narratives, how the changes related to the new enterprise have affected the daily life of the community. Through documentary research and field research, the study is based on the hypothesis that while geological risks were minimized and/or became non-existent, other problems and conditions of vulnerability started to gain greater visibility and projection for the residents
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-08-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.