• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2016.tde-14122015-121826
Documento
Autor
Nome completo
Antonio Augusto Ferreira Carioca
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Damasceno, Nágila Raquel Teixeira (Presidente)
Passarelli, Marisa
Vivolo, Sandra Roberta Gouvea Ferreira
Título em português
Inter-relações entre índice -3, estresse oxidativo e composição corporal em mulheres com câncer de mama
Palavras-chave em português
Câncer de Mama
Composição Corporal
Estresse Oxidativo
Ômega-3
Resumo em português
Introdução - O câncer de mama é dos tipos de câncer mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres. Sabe-se que durante o desenvolvimento do câncer de mama diversos mecanismos regulatórios estão em desequilíbrio, enquanto processos como a inflamação crônica e as reações pró-oxidativas se encontram estimuladas. Nessa perspectiva, alguns estudos propõem que alguns fatores de risco ambientais possam ser modificados. Desses, grande destaque tem sido direcionado à dieta e, particularmente, ao perfil de gorduras consumidas. Objetivo - Avaliar a associação do índice -3, estresse oxidativo e composição corporal em mulheres com câncer de mama. Métodos - Foram selecionadas 101 mulheres com recém-diagnóstico de câncer de mama, com estadiamento tumoral I a IV. Essas pacientes foram selecionadas do serviço de Mastologia do Hospital Geral de Fortaleza, Ceará. Foram avaliados parâmetros antropométricos (peso, altura, IMC e circunferência da cintura) e de composição corporal por impedância bioelétrica. Após jejum de 12h foram obtidas amostras de sangue e a partir plasma foram analisados os marcadores do estresse oxidativo [LDL eletronegativa LDL(-) e seus auto anticorpos, 8-Oxo-2'-deoxiguanosina - 8OHdG por meio de imunoensaios, vitaminas lipossolúveis por HPLC e substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico -TBARS por teste colorimétrico]. O perfil de ácidos graxos nos eritrócitos foi determinado por cromatografia a gás e a partir do percentual de ácidos graxos eiocosapentaenoico (EPA) e docosahexaenoico (DHA) calculou-se o índice -3. Os resultados obtidos foram analisados por meio de testes comparação de médias, correlações e modelos de regressão linear (SPSS 20.0). Resultados Não houve relação significativa entre ácidos graxos EPA, DHA e índice -3 e biomarcadores de estresse oxidativo, antropométricos e de composição corporal (p>0,05). Entretanto, os antioxidantes lipossolúveis foram maiores em mulheres na pós-menopausa, com tumor em estágio inicial e linfonodos negativos. O conteúdo de TBARS associou-se com o estadiamento clínico. A adiposidade foi associada com concentrações de retinol e 8-OHdG, enquanto LDL(-), 8-OHdG e TBARS foram correlacionadas com antioxidantes lipossolúveis após o ajuste para fatores de confusão. Conclusão - O índice -3 não está 5 correlacionado com estresse oxidativo e composição corporal. Entretanto, marcadores do estresse oxidativo estiveram associados ao perfil clínico e a composição corporal nestas pacientes.
Título em inglês
Interrelations between -3 index, oxidative stress, body composition in women with breast cancer
Palavras-chave em inglês
Body Composition
Breast Cancer
Omega-3
Oxidative Stress
Resumo em inglês
Introduction - Breast cancer is the most frequent types of cancer worldwide and the most common among women. It is known that during the development of breast cancer several regulatory mechanisms are in imbalance, while processes such as chronic inflammation and pro-oxidative reactions are stimulated. In this perspective, some studies suggest that some environmental risk factors can be modified. These, great emphasis has been directed to the diet and particularly to the profile of the fats consumed. Aim - Assess the association between -3 index, oxidative stress and body composition in women with breast cancer. Methods - 101 women with newly diagnosed breast cancer with tumor stages I to IV were selected. These patients were selected of the Service of Mastology of General Hospital of Fortaleza, Ceará. Anthropometric parameters (weight, height, BMI and waist circumference) and body composition by bioelectrical impedance were evaluated. After 12h fasting blood samples were obtained and, from the plasma, markers of oxidative stress were analyzed [electronegative LDL LDL(-) and their autoantibodies, 8-oxo-2'-deoxyguanosine - 8OHdG by immunoassays, liposoluble vitamins by HPLC and thiobarbituric acid reactive substances - TBARS by colorimetric test]. The profile of fatty acids in erythrocytes was determined by gas chromatography and, from the percentage of eiocosapentaenoico (EPA) and docosahexaenoic (DHA) fatty acids, the -3 index was calculated. The results were analyzed by comparison of means tests, correlations and linear regression models (SPSS 20.0). Results - There was no significant relation between EPA, DHA and -3 index and biomarkers of oxidative stress, anthropometric and body composition (p>0.05). However, the liposoluble antioxidants were higher in postmenopausal women with early-stage tumors and negative lymph nodes. The content of TBARS was associated with clinical staging. Body fat was associated with retinol concentrations and 8-OHdG, while LDL(-), 8-OHdG and TBARS were correlated with liposoluble antioxidants after adjustment for confounding factors. Conclusion - The -3 7 index is not correlated with oxidative stress and body composition. However, markers of oxidative stress were associated with the clinical profile and body composition in these patients.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-01-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.