• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2012.tde-26102012-113351
Documento
Autor
Nome completo
Vicente Sarubbi Junior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Gallo, Paulo Rogerio (Presidente)
Reis, Alberto Olavo Advincula
Soares, Sandra Lucia Ferreira Acosta
Título em português
Representações sociais das equipes técnicas acerca do cuidado à criança nas creches da Universidade de São Paulo
Palavras-chave em português
Creches
Cuidado
Educação Infantil
Representações Sociais
Saúde da Criança
Resumo em português
O estudo teve como objetivo analisar as confluências de sentido presentes nas falas dos profissionais das equipes técnicas que atuam nas creches da USP acerca do cuidado à criança. O referencial adotado foi a Teoria das Representações Sociais. O estudo abrangeu as cinco unidades das creches da USP - três unidades em São Paulo, uma unidade em São Carlos e uma unidade em Ribeirão Preto. Foram entrevistados trinta e dois profissionais. As entrevistas foram gravadas e o conteúdo das falas foi transcrito na íntegra e submetido à análise temáticocategorial proposta por Bardin. As categorias foram transformadas em variáveis e processadas pelo software Classification Hiérarchique Classificatoire et Cohésitive (CHIC®), que gerou árvores hierárquicas de similaridade e vetores de força associativa entre as variáveis analisadas. Foram constituídas trinta e quatro unidades de significação, sendo dezoito compartilhadas por pelo menos metade do total das categorias entrevistadas. Foi possível identificar cinco unidades de significação consensualmente partilhadas pelo total das categorias: (a) ações de cuidado promovendo o desenvolvimento da autonomia da criança; (b) o binômio cuidar-educar; (c) o reconhecimento das necessidades ou demandas individuais de cada criança; (d) cuidar do espaço onde o profissional está zelando pelo bem-estar e segurança da criança; e (e) o reconhecimento do valor da equipe de profissionais que busca satisfazer as diferentes necessidades da criança. O reposicionamento dinâmico das unidades de significação nas sessenta e uma relações hierarquizadas sugere que cada categoria contribui de forma heterogênea enquanto forma de salientar particularidades acerca de suas concepções nos diferentes cuidados que a criança demanda. Foi possível encontrar unidades de significação presentes na interface de saberes ligados à saúde e à educação no total de profissionais entrevistados, o que parece indicar que as representações do cuidar de crianças nas creches da USP para os profissionais das equipes técnicas advêm tanto da apropriação que os profissionais relatam sobre as ações de cuidado ancoradas no saber disciplinar e significação das vivências com a criança, como pelo que é consensualmente compartilhado na instituição em que a representação do cuidado é objetivada pelo campo epistêmico da Educação
Título em inglês
Social representations of the technical staff of the care of children in day care centers of the Universidade de São Paulo (USP)
Palavras-chave em inglês
Child Care
Daycare Centers
Education
Health Care
Social Representations
Resumo em inglês
The study sought to analyze the convergence of meanings present in the speech of professional technical staff working with children in the daycare centers of USP. The benchmark used was the Social Representation Theory. The study included the universitys five daycare units three of them in São Paulo, one each in the cities of São Carlos and Ribeirão Preto. Thirty-two professionals were interviewed. The interviews were recorded and were transcribed in their entirety and the content of the discourse subjected to the thematiccategorical analysis proposed by Bardin. The categories were transformed into variables and processed by the Classification Hiérarchique Classificatoire et Cohésitive (CHIC®) software, that generated a hierarchical tree of similarity and associative force vectors between the variables analyzed. Thirty-five units of meaning, eighteen of which were shared by at least half of all the categories surveyed, were established. It was possible to identify five units of meaning consensually shared by all of the categories: (a) care actions promoting the development of the childs autonomy; (b) the binomial care-education; (c) recognition of the childs individual needs or desires; (d) care and safety of the place where the professional is caring for the childrens welfare and safety; and (e) the recognition of the value of the professional team which seeks to satisfy the childrens various needs. The dynamic repositioning of the units of meaning into sixty-one hierarchical relationships suggests that each category makes a specific contribution in such a way as to emphasize its particular views on child care. All the professional categories present common units of meaning regarding the interface of the knowledge related to health and education, which indicates that the professional technical staffs representations of caring for children arise from the appropriation that professionals report of the actions of care grounded in their specific technical knowledge and the significance of their experiences with the children. This conclusion is widely shared in the institution where the care is regarded as the objectified representations of the epistemological field of Education
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
VicenteSarubbi.pdf (2.48 Mbytes)
Data de Publicação
2012-11-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.