• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-26032020-130232
Documento
Autor
Nome completo
Sílvia Reis dos Santos
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2001
Orientador
Banca examinadora
Schor, Néia (Presidente)
Cunha, Antonio José Ledo Alves da
França Junior, Ivan
Pereira, Julio Cesar Rodrigues
Stricklin, Michael
Título em português
As vivências da maternidade na adolescência menor
Palavras-chave em português
Adolescência
Gravidez na Adolescência
Q-sort
Resumo em português
Objetivo. Embora pouco estudada em nosso meio, a maternidade na adolescência de 10 a 14 anos é considerada não desejada e problema de Saúde Pública. A maior parte dos estudos tem o conceitual crono-biomédico como marco teórico, e poucos abordam esta questão a partir do olhar do sujeito. Este estudo teve por objetivo explorar padrões e desvendar as diferentes formas de vivenciar a maternidade na adolescência menor a partir da subjetividade da própria adolescente. Métodos. Utilizou-se a Metodologia Q de William Stephenson. Captadas em dois serviços públicos de saúde materno-infantil no Município do Rio de Janeiro, vinte adolescentes que ficaram grávidas entre 10 e 14 anos de idade foram estudadas em período de seis a 24 meses após o nascimento de seus respectivos filhos. Os Q-sorts foram submetidos a análise fatorial, e os fatores obtidos foram interpretados. Resultados. Foram revelados quatro padrões de percepção, qualitativa e estatisticamente diferentes (P<0,01). Dois fatores foram bem definidos: Fator 1- Satisfeita com a maternidade I Dependente do afeto do filho: a maternidade como uma vivência positiva e enriquecedora e Fator II-Deprimida/Estressada: visão negativa e fragilizante. Outros dois fatores, ainda incipientes, necessitam confirmação em estudo posterior com amostra mais numerosa: Fator 111 -Adaptada I Dependente da família: a maternidade como experiência positiva de estreitamento de vínculos familiares; e Fator IV -Contraditória I Em busca de identidade e apoio: vivência em conflito com os valores sociais. Conclusões. A partir da subjetividade da própria adolescente, foi possível observar que a vivência da maternidade não é única nem homogênea. Para algumas adolescentes, ser mãe pode ser uma experiência gratificante.
Título em inglês
Experiences of motherhood in early adolescence
Palavras-chave em inglês
Adolescence
Pregnancy in Adolescence
Q-sort
Resumo em inglês
Objective. Although considered unwanted and an important Public Health issue, motherhood in early adolescency is still little studied. Most investigations are based on the biomedical paradigm and few take into consideration the adolescent point-of-view. This study aimed to explore different patterns of experiencing motherhood from the adolescent own subjectivity. Methods. William Stephenson's Q Methodology was used. ldentified at two public mother and child health units in Rio de Janeiro, Brazil, twenty adolescents who became pregnant at the age of 10 to 14 years were studied in a period of time from six to 24 months after the child's birth. Q-sorts were factor analyzed and factors interpreted. Results. Four qualitatively and statistically (P<0,01) different patterns of perceptions were revealed. Two factors were well defined: Factor 1- Satisfied with motherhood I Dependent on the chíld's affection: motherhood is a positive and rich experience and Factor II - Depressed I Stressed: motherhood is a negative and stressful experience. Other two possible factors need confirmation in further studies with expanded samples: Fator III - Well adapted I Family oriented: motherhood is a positive experíence that reinforces family bonds and Fator IV - Contradictorv I Searching identity: conflicts with social values. Conclusions. From the adolescents' own points-of-view, it was possible to observe that the experience of motherhood is diverse and heterogeneous. For some adolescents, motherhood can be a positive experience.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-03-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.