• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.6.2014.tde-14052014-154459
Documento
Autor
Nombre completo
Hugo Macedo Ferraz e Souza Júnior
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2014
Director
Tribunal
Tanaka, Ana Cristina D'Andretta (Presidente)
Abreu, Luiz Carlos de
Ferreira, Jefferson Drezett
Monteiro, Carlos Bandeira de Mello
Reis, Alberto Olavo Advincula
Título en portugués
Invisibilidade do Sujeito na diversidade de olhares da assistência à adolescente grávida
Palabras clave en portugués
Assistência Centrada no Paciente
Cuidados Médicos
Educação Médica
Papel do Médico
Psicologia Médica
Relações Médico-Paciente
Resumen en portugués
O profissional de saúde ao visualizar a gravidez na adolescência como um problema de saúde a ser corrigido, torna invisível o paciente como sujeito de direitos e necessidades de cuidado. Há percepções de que as práticas no campo da Medicina estão descoladas da realidade e não atendem, ao que parece, às demandas dos usuários como sujeitos de direitos das ações em saúde. Os conhecimentos adquiridos, construídos e compartilhados foram incorporados à realidade da prática médica, porém a grande questão é saber e entender em que medida e de que forma acontece esse processo e como se relaciona com os demais envolvidos, ou seja, qual a percepção e o que prevalece ou torna-se invisível o sujeito paciente na abordagem médica às questões complexas da saúde dos indivíduos. Os objetivos desse trabalho foram desvelar as invisibilidades do sujeito paciente na questão da gravidez na adolescência sob os olhares do profissional da saúde e, consequentemente, caracterizar especificidades dos olhares do profissional da saúde na prática da assistência aos adolescentes com experiência de gravidez que os tornam invisíveis ao profissional. Para esse fim, foi adotado como procedimento metodológico a investigação cientifica da pesquisa descritiva de abordagem qualitativa, por meio da análise de conteúdo des entrevistas semi estruturadas, de aspecto geral sobre assuntos relacionados ao tema central gravidez na adolescência e a assistência médica, com perguntas comuns e consensuais que envolviam significados, ensino, a prática cotidiana e saúde pública com profissionais de saúde médicos, que trabalham com adolescentes grávidas, nos serviços da rede de saúde pública em município da Grande São Paulo, com vinculação acadêmica a Instituição de Ensino Superior. Desvelaram-se que as invisibilidades do sujeito paciente na questão da gravidez na adolescência são resultados da produção médica no cuidado ao paciente, nos valores e representações da lógica médica. Caracterizaram-se como especificidades dos olhares do profissional de saúde que invisibiliza o sujeito adolescente na prática assistencial a produção da ciência médica fundamentada na percepção de mundo para esses profissionais que conflitam com as percepções de mundo do adolescente na experiência da gravidez. A ciência médica voltada ao modelo biomédico e organicista, baseada numa tradição positivista, torna a arte médica um lugar de pouca reflexão estrutural e privilegia-se o saber instituído em detrimento de novas possibilidades do cuidado médico, onde as questões que envolvem dimensões humanas têm difícil inserção. O outro eixo está fundamentado nas percepções de modelo social de estrutura familiar tradicional e no poder em manter a ordem que a sociedade atribui ao médico.
Título en inglés
Invisibility of the subject in the diversity of perspectives of assistance to pregnant teenager.
Palabras clave en inglés
Medical Care
Medical Education
Patient-Centered Care
Physician's Role
Physician-Patient Relations
Psychology - Medical
Resumen en inglés
The health professional to show teenage pregnancy as a health problem to be corrected, makes invisible the patient as a subject of rights and care needs. There are perceptions that the practices in the medical field are detached from reality and does not meet, it seems, the demands of the users as subjects of rights of health actions. The knowledge acquired, built and shared were incorporated to the reality of medical practice, but the big question is to know and understand to what extent and in what way does this process and how it relates to others involved, therefore, what the perception and what prevails or becomes invisible subject patient in medical approach to the complex issues of the health of individuals. Among the most common health guidelines, some are eligible to potentially reach a greater degree of complexity to the care and become provocative assistance gaps, which in this study called the invisibility of the subject, and one of the staves, we work with teenage pregnancy, and the invisibility of this teenager in this important moment of your life that need care and support of the health professional. The objectives of this study were to reveal the invisibilities of fellow patient on the issue of teen pregnancy in the looks of the healthcare professional and, consequently, characterize specificities of the looks of the health professionals in the practice of assistance to adolescents with pregnancy experience that makes them invisible to the professional. For this purpose, was adopted as methodological procedure scientific research of qualitative research, through the analysis of semi structured interviews, General aspect on subjects related to the central theme teen pregnancy and medical assistance, with common questions and consensual involving meanings, teaching, daily practice and public health with medical health professionals, who work with pregnant adolescents services public health network in municipality of greater São Paulo, academic affiliation with the Medical Education Institution. Was unveiled that the invisibility of the subject patient issue of teenage pregnancy are the result of medical production in patient care, values and representations of medical logic. Were characterized as specific looks of the health professional that the adolescent subject rather invisible in healthcare practice the production of medical science based on the perception of the world for these professionals that conflict with the perceptions of the world of the adolescent experience of pregnancy. The focused on biomedical and medical science organicist model, based on a positivist tradition, makes the medical art a place of reflection and little structural knowledge is privileged at the expense of established new possibilities of medical care, where issues involving human dimensions are difficult insertion. The other axis is based on the perceptions of the social model of traditional family structure and power "in maintaining order" that society attaches to the doctor.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
HugoMacedo.pdf (1.77 Mbytes)
Fecha de Publicación
2014-06-03
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.