• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2012.tde-26102012-102123
Documento
Autor
Nome completo
Caroline Guinoza Matuda
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Frazão, Paulo (Presidente)
Martins, Cleide Lavieri
Pinto, Nicanor Rodrigues da Silva
Título em português
Cooperação interprofissional: percepções de profissionais da Estratégia Saúde da Família no município de São Paulo (SP)
Palavras-chave em português
Atenção Primária à Saúde
Comportamento Cooperativo
Relações Interprofissionais
Resumo em português
Pública, Universidade de São Paulo; 2012. O Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) é constituído por uma equipe multiprofissional e atua de forma conjunta com as equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF). Ambos configuram-se como um espaço favorável para o estudo da interação entre os profissionais, o grau de cooperação e a produção de cuidado. O objetivo deste trabalho foi identificar elementos facilitadores e barreiras para o trabalho compartilhado, no âmbito da ESF e NASF. Para tanto, foi realizada uma pesquisa qualitativa, que utilizou de entrevistas em profundidade como instrumento de coleta de dados. Participaram do estudo 15 profissionais da ESF/NASF do município de São Paulo. As entrevistas foram transcritas e analisadas segundo a técnica de análise do discurso. Os resultados evidenciaram três categorias: recursos de cooperação; modelo de cooperação interprofissional; e metas, carga horária e rotatividade. A cooperação interprofissional está relacionada aos sentidos e significados que os profissionais dão ao seu papel no trabalho compartilhado, à sua forma de atuação e às diretrizes de trabalho. A utilização dos recursos, a adequação ao modelo de cooperação e a forma como os profissionais lidam com as metas denotam a coexistência de diferentes modelos de produção do cuidado. Observou-se insuficiência de dispositivos organizacionais para apoiar o trabalho compartilhado na ESF. O estudo destaca a necessidade de se ampliar o conhecimento sobre os processos colaborativos na ESF, reconhecendo o seu potencial de contribuição no campo da gestão do trabalho e da reforma dos modelos de atenção
Título em inglês
Interprofessional collaboration: perceptions of Family Health Strategy´s professionals in São Paulo (SP)
Palavras-chave em inglês
Cooperative Behavior
Interprofessional Relations
Primary Health Care
Resumo em inglês
The Family Health Supporting Center (NASF) consists in multidisciplinary team which has principle to operate together with Family Health Strategy (ESF). Both of them are configured to a favorable space for the study of interaction between professionals, cooperation degrees and care. The aim of this study was to identify enablers and barriers of shared work in ESF/NASF. For this purpose a qualitative study was conducted. In-depth interviews were used for data collection. Fifteen São Paulo NASF/ESF professionals participated. The interviews were analyzed using discourse analysis technique. The results indicate the categories: collaboration resources, interprofessional collaboration model and goals, working hours, turnover. The interprofessional collaboration is related to the meanings that professionals give to their role in shared work, their way of acting and working guidelines. The use of resources, the cooperation model adequacy and how the professionals deal with the goals denote the coexistence of different models of care. There are insufficient organizational devices to support the shared work in the ESF. The study highlights the need to increase knowledge about the collaborative processes in the ESF, recognizing its potential contribution in the field of labor management and reform of health care models
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CarolineMatuda.pdf (3.85 Mbytes)
Data de Publicação
2012-11-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.