• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.6.2003.tde-23122020-162818
Documento
Autor
Nome completo
Tecia Daltro Borges Alves
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2003
Orientador
Banca examinadora
Sá, Evelin Naked de Castro (Presidente)
Gomes Filho, Isaac Suzart
Gotlieb, Sabina Léa Davidson
Narvai, Paulo Capel
Silva, Milton Fernando de Andrade
Título em português
Saúde bucal de escolares com doze anos de idade do município de Feira de Santana / Bahia - zona urbana
Palavras-chave em português
Escolares
Levantamento Epidemiológico
Saúde Bucal
Resumo em português
Objetivo. O estudo objetivou analisar a saúde bucal de escolares com doze anos de idade na área urbana do município de Feira de Santana - BA. Métodos. Após exames bucais em escolares com doze anos de idade das escolas estaduais(n=318), municipais(n=334) e particulares(n=319) estimou-se a prevalência da cárie dentária, doença periodontal, oclusopatias e fluorose dentária segundo os índices da Organização Mundial de Saúde (1997). Na análise, investigou-se as diferenças segundo o tipo de escola, sexo e etnia (α = 0,05). Resultados. O índice CPOD médio dos escolares (Estaduais: 1,89, Municipais: 2,17 e Particulares: 2,39) não apresentou diferenças estatísticas entre as escolas. No CPOD ocorreu uma maior participação do componente cariado nas escolas públicas e obturado nas particulares (X² = 535,52; P = 0,000). Condições periodontais mais favoráveis e significativas ocorreram nas escolas particulares (X² = 105,16; P = 0,000). A prevalência de oclusopatias (Estaduais: 55,2%, Municipais: 47,7% e Particulares: 48,0%) não apresentou diferença estatística entre as escolas. A prevalência de fluorose dentária (Estaduais: 45,6%, Municipais: 36,5% e Particulares: 34,0%) mostrou diferenças entre as escolas (X² = 46,89; P = 0,000). Sobre o sexo e etnia, registrou-se diferenças significativas somente nas escolas municipais nas condições periodontais e oclusopatias, respectivamente. Conclusão. De acordo com o tipo de escola, os escolares de doze anos, possuem baixas prevalências de cárie e doença periodontal e altas prevalências de fluorose dentária e oclusopatias. O quadro de saúde bucal apresentado evidenciou a necessidade de novos estudos e da formulação de políticas de atenção ao escolar no município.
Título em inglês
Twelve years-old children oral health of Feira de Santana/Bahia - urban area
Palavras-chave em inglês
Oral Health
Schoolchildren
Survey
Resumo em inglês
Objective. The purpose of the study was analyse the oral health of the twelve years old schoolchildren on urban área in the Feira de Santana-BA city, Brazil. Methods. After oral examinations in twelve years old schoolchildren of state schools (n=318), municipal (n=334) and private (n=319) it as estimated the prevalence of dental caries, periodontal disease, malocclusion and dental fluorosis according to the World Health Organization(1997) indexes. In the analysis, the differences among school type, sex and ethnic were investigated (α = 0.05). Results. The mean OMFT of the schoolchildren (State: 1.89, Municipal: 2.17 and Private: 2.39) were not statistically significant between schools. In OMFT, it was observed a higher participation of the decayed component in public schools and the filled in private (X² = 535.52; p=0.000). Periodontal conditions most favorable and significant occurred on private schools (X² = 105.16; p=0.000). The malocclusion prevalence (State: 55.2%, Municipal: 47.7% and Private: 48.0%) showed no statistical difference among schools. The dental fluorosis prevalence (State: 45.6%, Municipal: 36.5% and Private: 34.0%) showed differences between schools (X² = 46.89; p=0.000). In relation to sex and ethnic, were registered statistical differences only in municipal schools on the periodontal conditions and malocclusion, respectively. Conclusion. According to the school type, the twelve years old schoolchildren, have low caries and periodontal disease prevalences and high dental fluorosis and malocclusion prevalences. The showed oral health status evidenced the need of new studies and formulation of care policies in the city.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DR_611_Alves_2011.pdf (10.75 Mbytes)
Data de Publicação
2020-12-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.