• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2006.tde-22052012-134532
Documento
Autor
Nome completo
Nelson Bedin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Westphal, Marcia Faria (Presidente)
Bógus, Claudia Maria
Chiesa, Anna Maria
Marsiglia, Regina Maria Giffoni
Zioni, Fabiola
Título em português
Agente comunitário de saúde e empoderamento: o caso da Coordenadoria de Saúde da Lapa
Palavras-chave em português
Agente Comunitário de Saúde
Empoderamento
Programa Saúde da Família
Promoção da Saúde
Resumo em português
Introdução: O presente trabalho procurou avaliar o potencial de empoderamento do Agente Comunitário de Saúde (ACS) do Programa Saúde da Família (PSF) da Coordenadoria de Saúde da Lapa, no município de São Paulo, implantado a partir de 2001. Tal objeto se justifica na medida em que o empoderamento de indivíduos, de grupos, da comunidade é fundamental para que se implantem ações de Promoção da Saúde, com vistas à transformação do modelo de atenção à saúde. O ACS, como elemento novo no conjunto de trabalhadores do sistema de atenção à saúde, tem entre suas atribuições a de atuar para que esse empoderamento se torne concreto. Objetivo: Avaliação do potencial de empoderamento do ACS do PSF da Coordenadoria de Saúde da Lapa, no município de São Paulo, com vistas à mudança do modelo de atenção. Método: Empregou-se a metodologia qualitativa de estudo de caso, utilizando-se diversas técnicas de apreensão do objeto: grupo focal, observação não-participante, entrevistas semi-estruturadas e análise documental. Resultados: A análise documental do material da capacitação do ACS revelou um conteúdo e uma metodologia que contribuiu para o seu empoderamento, permitindo-lhe incorporar o diálogo como sua principal ferramenta de trabalho. A observação de campo demonstrou que o ACS utiliza o diálogo em suas interações com a comunidade, em especial nos contatos interpessoais. Sua participação na atividade grupal ainda não se mostra expressiva, no entanto tem um papel significativo no empoderamento comunitário. Evidenciou-se que o ACS tem colaborado, com seu trabalho, para o advento de um novo modelo de atenção à saúde, que se contrapõe ao modelo hegemônico. Conclusão: O ACS é um elemento novo no sistema de atenção à saúde com grande potencial de empoderamento, merecendo, porém, uma maior atenção para o desenvolvimento completo de suas potencialidades.
Título em inglês
Communitarian Health Agent and Empowerment: the Lapa Health Coordination Case.
Palavras-chave em inglês
Communitarian Health Agent
Empowerment
Family Health Program
Health Promotion
Resumo em inglês
Presentation: This inquiry sought to evaluate the empowerment potential of Communitarian Health Agents (CHA) by the Family Health Program (FHP) of the Lapa Districts Health Coordination, in the city of Sao Paulo, Brazil, implemented in 2001. Such goal explains itself as far as the empowerment of individuals, groups, community is fundamental to implant actions for Health Promotion, aiming at the health care models transformation. The CHA, as a new element among the whole health care systems workers, have as their attributions those of acting for the concretization of that empowerment. Objective: Evaluation of the Lapa FHPCHAs empowerment potential with regard to health care models changing. Method: The qualitative case study methodology was employed, with utilization of several approaching techniques toward the object: focal group, non-participant observation, semistructurated questionaries, as well as documental analysis. Results: The documental analysis of CHAs capacitation material revealed both a content and a methodology that have contributed to their own empowerment, allowing them to incorporatig dialogue as their main operating tool. Field observation has demonstrated that the CHA use dialogue by their interactions with the community, especially in interpersonal contacts. The CHAs participation in group activity is not expressive yet, however, they have a significant role in communitarian empowerment. It became evident that the CHA have been collaborating, in their work, to the coming of a new health care model as a counterpart to the hegemonic model. Conclusion: The CHA is a new element inside the health care system with a big empowerment potential, deserving, nevertheless, more attention for the complete development of his or her potentialities.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
NelsonBedin.pdf (1.42 Mbytes)
Data de Publicação
2012-08-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.