• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2013.tde-18042013-200659
Documento
Autor
Nome completo
Luiz Felipe Scabar
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Frazão, Paulo (Presidente)
Armonia, Paschoal Laercio
Manfredini, Marco Antonio
Narvai, Paulo Capel
Villar, Betzabeth Slater
Título em português
Validade de medidas autoaplicáveis para estimar a frequência de escovação e ingestão de água e bebidas
Palavras-chave em português
Adolescente
Creme Dental
Dentifrício
Ingestão de Água e Bebidas
Saúde Pública
Resumo em português
Introdução - O uso do creme dental, da escova dental, a frequência de escovação e ingestão de água e bebidas representam exposições relacionadas à saúde bucal. Essa frequência em populações tem sido estimada por meio de medidas indiretas; entretanto, a validade dessa forma de mensuração não é conhecida e há carência de instrumentos para sua mensuração em nível populacional. Objetivos - Revisar as evidências empíricas sobre a relação entre a frequência de uso de creme dental e os diferentes níveis de renda e escolaridade. Determinar a validade da medida indireta da quantidade de creme dental utilizado, do tamanho da cabeça da escova e da frequência de escovação com creme dental. Comparar uma medida autoaplicável sobre ingestão de água e bebidas por adolescentes com Recordatórios de 24 horas. Procedimentos Metodológicos - Uma revisão sistemática da literatura foi realizada utilizando-se as bases de dados Pubmed e Embase, buscando evidências empíricas sobre a relação entre a frequência de uso de creme dental e os diferentes níveis de renda e escolaridade. Uma subamostra de escolares na faixa etária de 13 a 16 anos de idade, em 2011, residentes no município de Piracicaba (SP), foi selecionada a partir de uma amostra representativa da população que participou de um estudo transversal sobre risco de obesidade em adolescentes (FAPESP 06/61085-0). Com este procedimento assegurou-se as mesmas características da amostra na subamostra de adolescentes participantes do estudo de validade. Após pré-teste dos instrumentos, um estudo de validação dividido em três momentos em intervalos de 15 dias foi conduzido com cada sujeito da pesquisa. No primeiro momento foram coletados os dados de peso/estatura, foi entregue um tubo de creme dental e também foi aferida a quantidade de creme dental habitualmente colocada na escova. No segundo momento, o tubo de creme dental usado foi recolhido e foi aferida pela segunda vez a quantidade de creme dental colocada na escova. No terceiro momento, uma medida com perguntas foi aplicada. Nos três momentos foram aplicados Recordatórios de 24 horas (R24h). Os dados obtidos a partir das perguntas contidas na medida indireta, R24h, e medidas diretas relacionadas ao consumo de creme dental foram comparados. Para isso, foram calculados os valores ponderados da estatística Kappa. Resultados - Os dados obtidos a partir das perguntas contidas na medida indireta foram comparados com as estimativas produzidas pela medida direta. Frequência de escovação correspondente a três ou mais vezes ao dia, aferida por meio da medida indireta, foi indicada por 73,7 por cento dos adolescentes, enquanto por meio da medida direta, 55,3 por cento dos adolescentes foram incluídos nessa categoria, uma estimativa 18,4 por cento menor. Por meio dos dados coletados em três R24h, verificou-se que o líquido mais ingerido entre os adolescentes foi a água, seguido respectivamente de refrigerante, leite, suco/bebida artificial, chá/café e o suco natural. Tanto para a água quanto para o refrigerante, observou-se ligeira concordância e uma nítida tendência de superestimação da ingestão aferida pela medida autoaplicável de seis itens. Conclusões - Pode-se afirmar que as evidências empíricas sustentam a hipótese de que a frequência de uso de creme dental depende do nível de escolaridade de um dos pais ou de ambos, e a maior porcentagem dos usuários de creme dental fluoretado pertence a um grupo socioeconomicamente mais favorecido. A medida indireta pode levar a uma superestimação dos valores de frequência de escovação e valores de água e bebidas ingeridas. Recomenda-se que as estimativas produzidas por medida indireta semelhante à testada neste estudo sejam consideradas com cautela
Título em inglês
Validity of self-administered instruments used to estimate the frequency of toothbrushing, water and beverage intake.
Palavras-chave em inglês
Adolescent
Dentifrice
Intake of Water and Beverages
Public Health
Toothpaste
Resumo em inglês
Background - The use of toothpaste, toothbrush, toothbrushing frequency, water and beverage intake represent exposures to oral health. This frequency has been estimated at population level by means of indirect assessment instruments, however, their validity is not known, and there is a lack of instruments. Objective - To analyze the empirical evidence found on the association between the frequency of toothpaste use and the different levels of income and education; to determine the validity of indirect instruments of the amount of toothpaste used, the size of the brush head and the toothbrushing frequency using toothpaste; to compare a self-administered instrument used to measure water and beverage intake by teenagers with 24-hour dietary recalls. Methods - A systematic review of the literature was conducted using the PubMed and Embase databases looking for empirical evidence on the association between the frequency of toothpaste usage and the different levels of income and education. In 2011, a sub-sample of school teenagers between the ages of 13 to 16 years, residents in the city of Piracicaba (SP), was selected from a representative sample of the population that participated in a cross-sectional study on the risk of obesity in adolescents (FAPESP 06/61085-0). This procedure ensured the same characteristics of the sample for the sub-sample of teenagers participating in the study. After pre-testing the instruments, a validation study, divided into three time periods at 15 day intervals, was conducted with each participant. Firstly, weight and height data were collected, participants received a tube of toothpaste and the amount of toothpaste usually placed on the brush was measured. Secondly, the toothpaste tube was collected and the amount of toothpaste on the brush was measured again. Thirdly, a questionnaire was used. During these time periods, 24-hour dietary recalls were applied. Data obtained from both direct and indirect instruments were compared. To do so, the values of weighted Kappa were calculated. Results - Data provided by the questions contained in the indirect instrument were compared to those produced by the direct instrument. Frequency of toothbrushing three or more times a day calculated by an indirect instrument was referred to by 73.7 per cent of teenagers; 55.3 per cent of teenagers were included in this category using an indirect instrument (18.4 per cent lower). Data provided by the three 24-hour recalls showed that water was the most ingested liquid among teenagers, followed by milk, juice/soft drinks, tea/coffee and natural juices. For both water and soft drinks, there was a slight agreement and a significant trend for overestimation of intake calculated by a 6-item self-administered instrument. Conclusion - The empirical evidence supports the hypothesis that the frequency of toothpaste usage depends on the level of education of one parent or both, and the highest percentage of fluoride toothpaste users belong to those groups with the highest socioeconomic status. An indirect instrument can overestimate the values of toothbrushing frequency and those of water and drink intake. The estimates provided by the indirect instrument, similar to that tested in this study, should be considered with caution
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-05-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.