• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
https://doi.org/10.11606/D.6.1977.tde-12052020-140820
Document
Author
Full name
Munira Samara
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
São Paulo, 1977
Supervisor
Committee
Souza, José Maria Pacheco de (President)
Barbosa, Jose
Qualifik, Paul
Title in Portuguese
Câncer da boca: incidência e mortalidade em residentes no município de São Paulo, período 1969-1971
Keywords in Portuguese
Mortalidade
Neoplasias Bucais
Pesquisa
Abstract in Portuguese
Foi feito um estudo epidemiológico, do tipo descritivo, com objetivo de conhecer a incidência e a mortalidade de câncer da boca em residentes no município de São Paulo, no período 1969-1971. Para tanto, foram utilizadas informações do Registro de Câncer de São Paulo, mediante seleção dos casos e óbitos, segundo critérios pré-estabelecidos, num total de 1.078 e 314, respectivamente. Os coeficientes de incidência foram 10,17 por 100.000 homens e 2,19 por 100.000 mulheres e os de mortalidade, 3,22 e 0,39, respectivamente. Foram calculados coeficientes específicos de incidência e mortalidade por grupos etários segundo sexo e localização do tumor. Verificou-se que as idades avançadas foram as mais atingidas. Na incidência, os tumores malignos mais frequentes foram do lábio (3,46 por 100.000 homens e 0,81 por 100.000 mulheres) e da língua (3,00 por 100.000 homens e 0,51 por 100.000 mulheres), na mortalidade, os tumores maligno e de língua, (1,33 por 100.000 homens e 0,13 por 100.000 mulheres) e de outras partes da boca e das não especificadas (0,78 por 100.000 homens e 0,11 por 100.000 mulheres). A existência de metástase foi informada em 4,7% dos casos e em 7,6% dos óbitos. A distribuição de incidência e mortalidade observada segundo nacionalidade foi diferente da distribuição por nacionalidade no Censo de 1970. O tipo histológico mais frequente foi o carcinoma espinocelular com 91,2% dos casos e 89,6% dos óbitos. As sublocalizações mais frequentes dentro de cada localização do tumor na boca foram: lábio inferior no sexo masculino (73,3% dos casos e 64,4% dos óbitos) e no sexo feminino (62,5% dos casos), parte nao especificada da lÍngua com proporções maiores de 60,0% dos casos e óbitos, em ambos os sexos; gengiva inferior no sexo masculino (48,9% dos casos e 53,0% dos Óbitos) e a nao especificada no sexo feminino (52,6% dos casos e 50,0% dos óbitos), mucosa bucal no sexo masculino (48,5% dos casos e 45,6% dos óbitos) e o palato no sexo feminino (55,6% dos casos e 50,0% dos óbitos); e somente o câncer da mandíbula em ambos os sexos. Os limites superiores das taxas de sobrevivência de um ano foram estimados em 76,8% e 91,2% para homens e mulheres, respectivamente.
Title in English
Oral cancer: incidence and mortality in residents of the city of São Paulo, 1969-1971
Keywords in English
Mortality
Mouth Neoplasms
Research
Abstract in English
In 7,6% of the deaths. The distribution of cancer cases and deaths according to the country origin the persons affected was different from the distribution of nationalities revealed by the census of the population of the city of São Paulo for 1970. The most frequent histological type was that of epidermoid carcinoma with 91,2% of the cases and 89,6% of the deaths. The most common subsites in each tumour located in the mouth were: lower lip in both men (73,3% of the cases and 64,4% of the deaths) and women (62,5 of the cases); unspecified areas of the tongue in both men and women with incidence and death ratio higher than 60,0%; lower gum in men (48,9% of the cases and 53,0% of the deaths) and unspecified areas of the gum in women (52,6% of the cases and 50,0% of the deaths); bucca mucosa in men (48,5% of the côses and 45,6% of the deaths) and the palate in women (55,6% of the cases and 50,0% of the deaths); just the lower jaw bane in both men and women. The upper limits for a survival period of one year were estimated at 76,8% and 91,2% respectively for men and women.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2021-07-01
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2021. All rights reserved.