• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2010.tde-08112010-100604
Documento
Autor
Nome completo
Alice Maria Correia Pequeno Marinho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Marques, Maria Cristina da Costa (Presidente)
Minhoto, Laurindo Dias
Rigotto, Raquel Maria
Souza, Ana Maria Azevedo Figueiredo de
Zioni, Fabiola
Título em português
Contextos e contornos da modernização agrícola em municípios do Baixo-Jaguaribe-CE: o espelho do (des)envolvimento e seus reflexos na saúde, trabalho e ambiente
Palavras-chave em português
Agronegócio
Agrotóxicos
Impacto Ambiental
Modernização Agrícola
Riscos
Saúde Ambiental
Saúde do Trabalhador
Resumo em português
Introdução: O modelo de desenvolvimento agrícola implantado no Ceará tem causado importantes transformações no território, com significativos impactos socioambientais, marcado pela intensa utilização de agrotóxicos na produção da fruticultura irrigada por empresas do agronegócio. Fortemente relacionadas ao processo de apropriação capitalista em terrenos anteriormente explorados pela agricultura familiar e de sequeiro, são visíveis as transformações nos processos de vida e de trabalho das comunidades. Objetivo: Caracterizar dimensões dos contextos de risco delineados pelo processo de modernização agrícola para trabalhadores e comunidades envolvidas nos diferentes modelos de produção nos municípios de Limoeiro do Norte, Russas e Quixeré, no baixo Jaguaribe-Ce. Método: Adotou-se o referencial metodológico da Hermenêutica de Profundidade para pesquisa com abordagem qualitativa e quantitativa, cujos sujeitos foram trabalhadores, membros das comunidades e atores sociais, com a realização de grupos focais, entrevistas abertas e oficina de mapeamento de vulnerabilidades ambientais, registro fotográfico e diário de campo. Analisou-se presença de agrotóxicos em água que abastece as comunidades. Para a interpretação do material utilizou-se a Análise do Discurso. Resultados: A modernização ocorreu de modo excludente e concentrador, evidenciando impactos na distribuição e acesso a terra, nos processos de trabalho, nas relações de emprego, na vulnerabilidade e na percepção do risco a que estão expostos os trabalhadores e comunidades do entorno dos empreendimentos agrícolas, fragilizando os vínculos de identidade com o território, induzindo processos migratórios e desterritorialização. O contexto de risco é bastante diferenciado entre os segmentos sociais, incidindo diversamente não só sobre o processo saúde-doença do grupo mais vulnerável, agravado pela poluição dos compartimentos ambientais pela pulverização aérea e da água de consumo humano por múltiplos agrotóxicos, aflorando as lacunas do conhecimento, a fragilidade do Estado e o desalinhamento das políticas públicas que não conseguem vigiar, controlar nem prevenir os riscos à saúde e ambiente. Conclusão: Os problemas elencados exigem estratégias de enfrentamento que considerem a complexidade da vigilância do desenvolvimento pautada na articulação de saberes da saúde ambiental e do trabalhador na atenção básica, no reconhecimento das dinâmicas que conformam e transformam o território e na visibilização dos riscos e na sustentabilidade da vida
Título em inglês
Contexts and outlines of agricultural modernization in municipalities of the Baixo Jaguaribe-Ce: The mirror of (un) development and its effects on health, labor and environment
Palavras-chave em inglês
Agribusiness
Agricultural Modernization
Environmental Health
Environmental Impact
Occupational Health
Pesticides
Risks
Resumo em inglês
Introduction: The agricultural development model implemented in Ceará has caused major changes in the territory, with significant social and environmental impacts, characterized by intensive use of pesticides in the production of irrigated horticulture by agribusiness companies. Closely related to the process of capitalist appropriation of land formerly operated by people who plants in a drying cycle, are visible changes in the processes of living and working communities. Aims: To characterize dimensions of risk contexts outlined by agricultural modernization process for workers and communities involved in the different models of production in the municipalities of Limoeiro do Norte, Russas and Quixeré in Baixo Jaguaribe-Ce. Methods: We adopted the methodological framework Depth Hermeneutics for research with qualitative and quantitative approach, whose people were workers, community members and social actors, with the completion of focus groups, interviews and workshop open mapping vulnerabilities environmental record photographic and field journal. We analyzed presence of pesticides in water supply of communities. The interpretation of the material was made based on Discourse Analysis. Results: The modernization was so exclusionary and concentrator, showing impacts on the distribution and access to land, work processes, in employment relationships, vulnerability and perception of risk to which workers are exposed to the surrounding communities and agricultural enterprises , causing a loss of identity, inducing migration processes and deterritorialization. The context of risk is very different between social groups, variously focusing not only on the health-disease of the most vulnerable group, compounded by pollution of the environmental compartments by aerial spraying and human use by multiple pesticides, emerging gaps of knowledge, State fragility and misalignment of policies that fail to monitor, control or eliminate hazards to health and environment. Conclusion: The problems listed require new strategies for coping with problems of a complex nature to consider the monitoring of development based in the articulation of knowledge of environmental health and worker's primary care, recognition of the land and visualization of risk and the sustainability oflife
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AlicePequeno.pdf (22.97 Mbytes)
Data de Publicação
2010-11-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.