• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.6.2006.tde-26092022-145611
Documento
Autor
Nome completo
Maria das Graças Rodrigues Pereira Lara
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Philippi Júnior, Arlindo (Presidente)
Malheiros, Tadeu Fabricio
Silva, Cilene Victor da
Título em português
A comunicação de indicadores por meio de relatório de sustentabilidade: estudo de caso de uma empresa
Palavras-chave em português
Comunicação
Indicadores de Sustentabilidade
Partes Interessadas
Saúde Pública
Resumo em português
Introdução: Destaca a importância de indicadores de sustentabilidade e a utilização do relatório de sustentabilidade como forma de comunicá-los a partes interessadas de uma empresa. Objetivo: Avaliar a capacidade de diálogo de uma empresa com partes interessadas por meio da análise do seu relatório de sustentabilidade. Metodologia: um estudo de caso, com abordagem metodológica descritiva, quantitativa e qualitativa, de uma empresa de energia. Alguns dos critérios utilizados para o estudo de caso foram se a empresa divulgava seus resultados por meio de um balanço social/relatório de sustentabilidade; se a empresa possuía alguma ferramenta de gestão ambiental, como ISO 14001, entre outras; sua relevância da atuação e representatividade no setor em termos de receita e número de funcionários; produção efetiva de indicadores de sustentabilidade e disponibilização destes indicadores por meio do relatório. A análise dos dados foi feita utilizando o Método de Análise de Conteúdo de Bardin (1995). A empresa escolhida como Estudo de Caso é uma das maiores e mais importantes concessionárias de energia elétrica do Brasil. A empresa possui várias usinas em operação, cinco delas em sistema de parcerias com grupos empresariais, com base predominantemente hidrelétrica, que produzem energia para atender a mais de 17 milhões de pessoas. Resultados: A empresa utiliza como modelo de relatório o Ibase, que possui entre outros indicadores, o número total de acidentes de trabalho; projetos sociais e ambientais desenvolvidos, participação de empregados (as) em programas de trabalho voluntário e Distribuição do Valor Adicionado (DVA). Entre os fatores constatados como facilitadores da promoção do diálogo da empresa com as partes interessadas destacam-se: a facilidade de compreensão dos indicadores de sustentabilidade; o fato de as partes interessadas se virem representadas por meio do relatório; o interesse no acesso às informações contidas no relatório. Metade dos entrevistados avaliou que as informações contidas no relatório podem, de alguma forma, sugerir que a empresa caminha rumo à sustentabilidade; 75% dos pesquisados acreditam que a empresa conseguiu mostrar avanços nos seus indicadores em relação a resultados apresentados anteriormente; 75% dos pesquisados responderam que suas opiniões sobre a empresa melhoraram a partir do acesso ao relatório. Conclusões: Apesar do relatório de sustentabilidade apresentar pontos positivos em relação à sua capacidade de promover o diálogo com partes interessadas é importante rever a estratégia da empresa na definição do grupo e/ou grupos de stakeholders que têm acesso ao relatório de sustentabilidade. Além disso, será necessária uma análise mais profunda por parte da empresa sobre o modelo utilizado atualmente como referência para a confecção do relatório. É possível concluir também que a utilização do relatório de sustentabilidade deve incluir um amplo planejamento estratégico, para que ele possa ser utilizado efetivamente como um meio de comunicação com todas as partes interessadas, bem como ser um instrumento, que vai contribuir para construir a confiança da empresa com a sociedade, por meio da transparência e diálogo aberto sobre desempenho, prioridades, e sustentabilidade.
Título em inglês
Publishing indicators through sustainability report: case study of a company
Palavras-chave em inglês
Communication
Public Health
Stakeholder
Sustainability Indicators
Resumo em inglês
Introduction: The present work aims to highlight the importance of sustainability indicators and the use of sustainability reports as a way to communicate them to the stakeholder. Purpose: To evaluate the compatibility of communication between an company and it's stakeholder by analyzing it's sustainability report. Methodology: A case study about an electric company with a descriptive, quantitative and qualitative methodology approach. Some aspects analyzed: whether the company published or not it's results through a social balance sheet or a sustainability report; if the company owned any environmental management tools, such as ISO 14001; the company's taxes and number of employees rates; the production of sustainability indicators and it's availability via report. Data analysis was based on Bardin's Content Analysis Technique (1995). The Case Study analyzed one of Brasil's major electric companies. It owns many operating plants, mainly hydroelectric, that provide energy for more than 17 million people, five of which work in partnership with company groups. Results: The company uses Ibase as a report model, which has, along with other indicators, the total number of occupational injuries, social and environmental projects, the participation of employees in volunteer programs and Distribution of Value Added (DV A). Among the aspects that ease the communication between the company and the stakeholder are: the ability to understand sustainability indicators; the fact that the stakeholder identifies the report as a representation of it's interests; the interest on accessing the report information. Half of those who were interviewed believe the information presented in the report show the company's progress towards sustainability; 75% believe the company's indicators show a progress when compared to previous results; 75% admitted to have a more positive opinion about their company since they had access to the report. Conclusions: Although the sustainability report has positive points in promoting the communication with the stakeholder it is important to reevaluate the strategy used by the company to select stakeholders to gain access to the sustainable report. Besides, it is necessary to conduct deeper analysis on the model used by the company as a reference to build the report. We must also agree that the implementation of sustainability report should include extensive strategic planning in order to use it as a mean of communication with the stakeholder and as a tool to raise the company's reliability through transparency and dialog about performance, priorities and sustainability.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-09-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.