• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.6.2003.tde-22122020-131239
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Carvalho Bezerra de Menezes
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2003
Orientador
Banca examinadora
Beyruth, Zuleika (Presidente)
Silva, Carlos Celso do Amaral e
Brandimarte, Ana Lucia
Mucci, José Luiz Negrão
Shimizu, Gisela Yuka
Título em português
Estudo ecológico-sanitário do rio Embu-Mirim (SP): utilização de macroinvertebrados bentônicos como bioindicadores
Palavras-chave em português
Biomarcadores Ambientais
Fauna Bentônica
Poluição de Rios
Resumo em português
Este trabalho foi desenvolvido no rio Embú-mirim, um dos principais tributários da represa do Guarapiranga (SP). Aspectos da macrofauna bentônica foram discutidos visando caracterizar as condições ecológicas e sanitárias deste rio e utilizar estes organismos como indicadores da qualidade ambiental (água e sedimento). Foram realizadas 4 coletas nos meses de abril, julho e outubro de 1999 e janeiro de 2000, em treze pontos distribuídos ao longo do rio, com o intuito de avaliar a variação sazonal e espacial dos macroinvertebrados. Além da coleta da fauna bentônica, com pegador do tipo Eckman-Birge e tubo de PVC, com posterior lavagem em rede de malha de 250 11m, obteve-se amostras de água e de sedimento para caracterização físico-química do ambiente e coletou-se material para determinação de coliformes totais e fecais. O tratamento dos dados biológicos relativos ao bentos foi realizado através da comparação dos descritores estruturais da comunidade bentônica (densidade, densidade total, índice de diversidade de Shannon-Wiener, índice de riqueza de taxa, uniformidade e abundância relativa) com os resultados das variáveis ambientais. Utilizou-se o teste de correlação não paramétrico de Spearman, Análise de Agrupamento e Análise de Componentes Principais (PCA) para verificar possíveis similaridades entre os pontos amostrados ao longo do rio e quais variáveis ambientais determinaram o padrão de distribuição da comunidade bentônica. Também foram utilizadas como medidas bioindicadoras da qualidade ambiental: a razão O/C (Oligochaeta/Chironomidae) e Tt/Chir (Tanytarsini / Chironomidae), a densidade total e abundância relativa de Oligochaeta, além da metodologia de avaliação da qualidade das águas do "Biological Monitoring Working Party Score System - BMWP" adaptado pelo CETEC-MG/Brasil. Os resultados tanto físicos e químicos quanto biológicos demonstraram a nítida divisão do rio em duas partes: uma de maior inclinação e pouco impactada pela ação antrópica (região de cabeceira-pontos 1, 2 e 3) e outra bastante impactada (região de planície pontos 5 à 13), sendo que o ponto 4, já na planície e que não recebe aportes poluentes consideráveis, apresentou condições intermediárias. As variáveis físicas e químicas permitiram constatar que a principal fonte de poluição é o ingresso de efluentes de esgotos domésticos e da indústria de papel e celulose - RIPASA, portanto a poluição orgânica foi o principal impacto determinado neste ambiente. Quanto à utilização dos organismos bentônicos como bioindicadores estes demonstraram ser bastante eficientes na avaliação da qualidade ambiental, responderam de maneira satisfatória às mudanças ocorridas no meio alterando significativamente a composição de sua comunidade, dos pontos pouco impactados pela ação antrópica para os pontos bastante impactados. Todas as métricas utilizadas responderam de maneira satisfatória, com exceção do índice de abundância relativa de Oligochaeta, densidade total de Oligochaeta e BMWP, confirmando a eficácia dos organismos bentônicos como bioindicadores.
Título em inglês
Not available
Palavras-chave em inglês
Not available
Resumo em inglês
This research was developed at Embú-Mirim River, one of Guarapiranga reservoir' s main tributary. Subjects of benthic macroinvertebrates were discussed purposing the characterization of ecological and sanitary conditions and the utilization of these organisms as water quality indicators (water and sediment). Samples were collected in the months of April, June and October of 1999 and January of 2000 in thirteen different sampling sites in the river, purposing evaluate seasonal and spatial variations of the macroinvertebrates. Besides the benthic fauna samples, coIlected with Eckman-birge and a type of core, washed using a mesh of 250!lm, water and sediment samples were also collected for physic and chemistry environmental characterization; there were also collected material to total and faecal coliforms characterization. Biological data treatment related to benthos was made by comparison of benthic community structure (numeric and total densities, Shannon-Wiener diversity, richness, equitativity and relative abundances) with the results of biotic and abiotic variables. Spearman's non-parametric correlation, Cluster analysis and Principal Components Analysis: biplots (PCA) was applied to check possible similarities among the samples and wich environmental variables shows the patterns of variation in community structure. For water quality bioindication, were also used the ratio Oligochaeta/Chironomidae and Tanytarsini/Chironomidae, Oligochaeta total density and abundances of Oligochaeta, besides "Biological Monitoring Working Party Score System - BMWP", adapted by CETEC-MG / Brazil. Physico, chemical and biological results show a c1ear division in the river in two parts: one less impacted by antropogenic alterations (sampling sites 1, 2 and 3 - upstream ) and other much impacted (sampling sites 5 to 13 - downstream). The sampling site 4, in the downstream, which doesn't receive significant poluents enrichment, showed intermediaries conditions. The physical and chemical parameters showed that the principal pollution source is domestic and industrial sewage (paper and cellulose effluents -RlPASA), so the organic pollution was the principal impact determinated in this environment. The benthic organisms confirmed to be a very efficient tool as bioindicators of the water quality, answering satisfactory to the changes in the environment, changing in a expressive way the composition of this community, from the sample sites which suffered slow impact to the sample sites that suffered strong impact. All the metrics applied answered in a satisfactory way, Oligochaeta total density, abundances of Oligochaeta and "Biological Monitoring Working Party Score System - BMWP was exceptions, confirming the efficiency of benthic macroinvertebrates like bioindicators.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-12-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.