• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.6.2016.tde-18042016-135549
Documento
Autor
Nombre completo
Luna Gonçalves da Silva
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2016
Director
Tribunal
Moreno, Claudia Roberta de Castro (Presidente)
Bógus, Claudia Maria
Cabral, Cristiane da Silva
Oliveira, Fabio de
Rotenberg, Lúcia
Título en portugués
Mulheres motoristas de caminhão: realidades, estereótipos e desafios
Palabras clave en portugués
Gênero
Motoristas de Caminhão
Saúde
Trabalho
Resumen en portugués
Introdução A presença de mulheres no transporte rodoviário de cargas tem sido cada vez mais crescente e as repercussões do trabalho na vida das motoristas de caminhão ainda são desconhecidas pela comunidade científica. Objetivo - Caracterizar e analisar o trabalho de mulheres motoristas de caminhão e suas repercussões sobre sua saúde, a partir do relato de homens e mulheres motoristas de caminhão. Metodologia - O estudo com abordagem qualitativa utilizou a técnica do grupo focal, entrevistas individuais e observação não participante. Os grupos focais foram realizados em uma empresa transportadora localizada no estado de São Paulo e as entrevistas individuais em evento realizado na cidade de Itupeva/SP. Em oito encontros, grupos de motoristas de caminhão, discutiram a temática trabalho e saúde conduzida por meio de questões semiabertas. As mesmas questões foram utilizadas para as entrevistas individuais. Os relatos foram gravados, sendo o conteúdo das gravações transcrito e analisado por meio da metodologia Análise de Conteúdo de Bardin. A partir dos dados obtidos, construíram-se as seguintes categorias: A trajetória profissional de motoristas de caminhão; As mulheres no Transporte Rodoviário de Cargas; O trabalho; Um momento inesquecível na profissão e A saúde das mulheres motoristas na estrada. Resultados Tornar-se motorista de caminhão, para a maioria das mulheres, ocorreu por acaso, ou devido à uma necessidade financeira, ou a falta de perspectiva de emprego. Para as mulheres no Transporte Rodoviário de Cargas, o cotidiano de trabalho das profissionais está atravessado por aspectos como: a força física; dúvidas e preconceitos quanto à sua orientação sexual; o desafio em conciliar a vida dentro e fora do caminhão; conflitos na vida conjugal decorrentes da vida profissional; a discriminação sexual e a necessidade do reconhecimento no trabalho, bem como a falta de infraestrutura dedicada às trabalhadoras nas empresas e postos de parada nas rodovias brasileiras. O momento inesquecível nesta profissão, considerado por homens e mulheres, foi a primeira viagem. Os impactos do trabalho sobre a saúde das trabalhadoras recaíram sobre dores lombares e na coluna; problemas relacionados ao sono; necessidade de recorrer ao uso de drogas como anfetaminas e cocaína para manterem-se acordadas durante o trabalho; estresse; infecção urinária e uso ininterrupto de anticoncepcionais. Conclusões - A inserção das mulheres no transporte rodoviário de cargas desafia empresas e a infraestrutura existente nas rodovias do país a acompanharem as transformações sociais no mundo do trabalho, incluindo as demandas de um novo perfil de trabalhadoras. Descritores: trabalho, gênero, saúde, motoristas de caminhão.
Título en inglés
Work and health: perspectives of male and female truck drivers
Palabras clave en inglés
Gender
Health
Truck Drivers
Work
Resumen en inglés
Background - Women in the trucking freight has been increasingly growing and the implications of work on her lives are still unknown by the scientific community. Aim - To characterize and analyze the nature of work among truck drivers women and its impact on their health, based on the report of men and women truck drivers. Methods - The qualitative approach of this study has used the technique of focus groups, individual interviews and non-participant observation. The focus groups and the individual interviews were conducted at a transportation company, and in an event, respectively, at an event, both in São Paulo state. In eight meetings, truck drivers groups, discussed the theme "Work and Health" conducted through a semi-structured questions. The same questions was used for individual interviews. The reports were recorded, and their contents analyzed using Bardin's methodology. From the data obtained, we constructed the following categories: "The professional career of truck drivers"; "Women in load road transport"; "The work"; "An unforgettable moment in the profession" and "Womens drivers health on the roads" Results - Become a truck driver, for most women, happened "by chance", or because of financial need, or lack of employment perspective. For women in load road transport, the daily work is crossed by aspects such as physical strength; doubts and prejudices about their sexual orientation; the challenge of reconciling the life on and off the truck; conflicts in married life arising from professional life; sex discrimination and the need to recognize the work and the lack of infrastructure dedicated to working in companies and stop stations on Brazilian highways. The unforgettable moment in this profession, considered by men and women, was the first. The workers reported back pain and spine; sleep-related problems; need to use drugs such as amphetamines and cocaine to keep themselves awake at work; stress; urinary tract infection and uninterrupted use of contraceptives. Conclusions - The participation of women in the trucking loads challenges carriers and the entire existing infrastructure in the country's highways to monitor social changes in the world of work, including the demands of a new job profile.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2016-06-01
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.