• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2016.tde-13062016-133236
Documento
Autor
Nome completo
Ana Maria Barbieri Bedran Martins
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Philippi Junior, Arlindo (Presidente)
Giulio, Gabriela Marques di
Lemos, Maria Carmen de Mello
Sobral, Maria do Carmo Martins
Título em português
Avaliação dos impactos de políticas públicas de transferência de renda  na qualidade de vida no semiárido nordestino face às mudanças climáticas
Palavras-chave em português
Mudança Climática
Políticas Públicas
Qualidade de Vida
Seca
Transferência de Renda
Resumo em português
Introdução: Os impactos das alterações climáticas são e serão sentidos localmente, e irão variar de lugar para lugar. Nas regiões mais sensíveis à variabilidade climática, onde outros fatores e restrições afetam o desenvolvimento, a mudança climática terá um impacto significativamente maior. Uma da preocupações mais recentes da comunidade científica é que esses impactos negativos das alterações climáticas sobre a sociedade, saúde e o meio ambiente possa vir a restringir quaisquer ganhos realizados até o momento na melhora da qualidade de vida das populações, e em especial na região nordeste do Brasil. Neste contexto, as mudanças climáticas, bem como a variabilidade climática natural com seus extremos, podem vir a acentuar uma vulnerabilidade social já existente, fazendo com que a qualidade de vida das populações mais vulneráveis seja especialmente e desproporcionalmente afetada. Objetivo: Analisar como os impactos das políticas públicas de transferência de renda em especial o Programa Bolsa Família e a Aposentadoria Rural influênciam a qualidade de vida frente à variabilidade e mudanças climáticas de famílias pobres no nordeste brasileiro. Métodos: Fez-se uso de métodos qualitativos e quantitativos de coleta e análise de dados sobre as diferentes formas de pobreza e vulnerabilidade e a relação com a capacidade de adaptação à seca, e como isso afeta a percepção de qualidade de vida em famílias pobres rurais e urbanas em dois municípios do estado do Ceará (Parambu e Boa Viagem) sobre o estresse da seca. Realizou-se 221 entrevistas domiciliares (141 na zona rural e 80 na zona urbana). Complementarmente foram coletados dados qualitativos obtidos através de entrevistas semiestruturadas com informantes-chaves (gestores municipais e estaduais, chefes religiosos, presidentes de associações rurais e agentes de saúde). Os dados foram codificados e analisados com o auxílio do N-Vivo e do SPSS. Resultados: Os resultados foram separados e apresentados em formato de três manuscritos. Em geral, os resultados mostram que apesar dos programas de transferência de renda agirem positivamente na 16 melhora da qualidade de vida da famílias beneficiadas, durante o evento de seca as famílias não conseguem superar os fatores que as tornam vulneráveis, o que pode afetar sua percepção de bem-estar subjetivo. Ao mesmo tempo, devido às limitações e deficiências das intervenções políticas de intervenção de seca, as relações de dependência e clientelismo, característica da região, continuam a perpetuar. Conclusão: Os ganhos materiais na qualidade de vida, promovidos pelos programas sociais, como o Bolsa Família e a pensão rural, apesar de serem necessários, não são suficientes para promover uma transformação na vida dessas famílias
Título em inglês
Impact of cash transfer program in well-being in face of climate change in Northeast, Brazil
Palavras-chave em inglês
Cash Transfer Program
Climate Change
Drought
Public Policy
Well-Being
Resumo em inglês
Introduction: Most vulnerable areas and population will suffer different impacts from climate change and this impacts will be felt locally, and will vary from place to place One of the most concerns of scholars is that these negative impacts of climate change on society, health and the environment is likely to offset any gains made until now in improving quality of life in vulnerable areas, especially in Northeastern Brazil. In this context, climate change and natural climate variability could accentuate an existing social vulnerability, causing loss in their quality of life. Objective: Analyze how the impact of anti-poverty program (Bolsa Família Program and the Rural pension) has change through time poor households perception of subjective well-being. Methods: Qualitative and quantitative methods of data collection was used to capture and analysis the perception of quality of life in rural and urban poor families in two cities in the state of Ceará (Parambu and Boa Viagem) under a drought stress. Total of 221 household interviews was conducted (141 in rural households and 80 in urban households). In addition key informants interviews - at municipal and state level; religious leaders; rural associations and health workers was conducted through qualitative questionnaire. N-vivo and IBM SPSS 22 was used to organize and analyze the data. Results: Results was separated and presented in three different manuscript. Overall founding was despite the income transfer programs act positively improving overall quality of life during a drought event households are not being able to overcome from what make them vulnerable, and may affect their subjective well-being. At the same time, due to the limitations and shortcomings of drought policy intervention, the relationship of dependency and clientelism continues to perpetuate. Conclusion: All the material gains in quality of life promoted by social programs such as Bolsa Família and rural pension despite being necessary, are not sufficient to promote a positive transformation in the lives of these families.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Liberação
2018-06-14
Data de Publicação
2016-07-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.