• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2010.tde-12032012-150835
Documento
Autor
Nome completo
Eduardo Costa Sá
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Rocha, Lys Esther (Presidente)
Colacioppo, Sergio
Matayoshi, Suzana
Título em português
Fatores de risco para a síndrome visual associado ao uso do computador em operadores de duas centrais de teleatendimento em São Paulo, Brasil
Palavras-chave em português
Fadiga Visual
Fatores de Risco
Saúde do Trabalhador
Telemarketing
Resumo em português
A síndrome visual associada ao uso do computador (CVS) é um dos distúrbios oculares que vem sendo estudado atualmente por sua alta prevalência mundial e por ser cada vez mais frequente em determinadas profissões. O objetivo deste estudo é estimar a prevalência desta síndrome entre operadores de duas centrais de atendimento telefônico de São Paulo (n= 476), através de uma pesquisa quantitativa de estudo observacional transversal, com o uso de um questionário estruturado. As questões foram divididas em: sócio-demográficas, hábitos de estilo de vida, história ocupacional, situação de trabalho, fatores de satisfação, fatores de incômodo no trabalho e fatores psicossociais relacionados ao trabalho. A definição de caso foi dada a partir do conceito de Computer Vision Syndrome de Blehm et al. (2005), ou seja, pela presença de um ou mais sintomas oculares específicos verificados, com frequência maior ou igual à alternativa às vezes. A análise estatística foi realizada a partir do estudo das frequências absolutas e relativas e verificada a associação através do teste do chi-quadrado. Foi criado o modelo de regressão logística múltipla utilizando stepwise forward pelo método da razão de verossimilhanças com as variáveis que apresentaram níveis de significância nos testes bivariados inferiores a 20 por cento (p < 0,20) ou variáveis de suma importância clínica para explicação do distúrbio ocular. Permaneceram no modelo final as variáveis que apresentaram níveis descritivos inferiores a 5 por cento (p < 0,05). Os sintomas referidos foram: cansaço nas vistas (73,9 por cento ); peso nos olhos (68,2 por cento ), queimação nos olhos (54,6 por cento ), lacrimejamento (43,9 por cento ) e enfraquecimento da visão (43,5 por cento ). A prevalência da CVS foi de 54,6 por cento entre os operadores estudados. Foi verificada ainda associação entre: ser mulher (OR 2,6; IC95 por cento 1,6-4,1); falta de reconhecimento no trabalho (OR 1,4; IC95 por cento 1,11,8); organização do trabalho em teleatendimento (OR 1,4; IC95 por cento 1,1-1,7) e demanda de trabalho (OR 1,1; IC95 por cento 1,0-1,3). Neste estudo, concluiu-se pela importância das características da organização e dos fatores psicossociais no trabalho como associados à presença de CVS nos operadores de teleatendimento
Título em inglês
Risk factors for the syndrome associated with use of visual computer operators two telemarketing centers in San Paul
Palavras-chave em inglês
Computer Visual Syndrome
Occupational Health
Telemarketing
Visual Fatigue
Resumo em inglês
The visual syndrome associated with computer use (CVS) is an eye disorder that is currently being studied for its high prevalence worldwide and is becoming increasingly common in some professions. This study aimed to estimate the prevalence of this syndrome among operators from two call centers located in São Paulo (n = 476). A quantitative cross-sectional observational study was performed, by means of a questionnaire containing questions about: socio-demographics, lifestyle habits, occupational history, work status, satisfaction factors, discomfort factors at work and psychosocial factors related to work. The case definition was based on the concept of Computer Vision Syndrome from Blehm (2005), i.e. the presence of one or more ocular specific symptoms occurring in a frequency greater than or equal to "sometimes". Statistical analysis was performed for absolute and relative frequencies and examined the association by chi-square. The variables that showed p < 0.20 or which were described in the explanation of eye disorders were included in multiple regression analysis. In the final model remained variables that showed descriptive levels below 5 per cent (p < 0.05). The symptoms reported were: visual fatigue (73.9 per cent ), heaviness in the eyes (68.2 per cent ), burning eyes (54.6 per cent ), tearing (43.9 per cent ) and vision impairment (43.5 per cent ). The prevalence of CVS among operators was 54.6 per cent . Other associations found were: being female (OR 2.6, 95 per cent CI 1.6-4.1), lack of recognition during work (OR 1.4, 95 per cent CI 1.1 to 1.8); organization of work in telemarketing (OR 1.4, 95 per cent CI 1.1 to 1.7) and work demands (OR 1.1, 95 per cent CI 1.0 to 1.3).This study showed the importance of organizational characteristics and psychosocial factors at work as related to the presence of CVS in telemarketing operators
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
EduardoSa.pdf (3.37 Mbytes)
Data de Publicação
2012-03-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.