• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.6.2007.tde-07052021-142313
Documento
Autor
Nome completo
Rui de Abrantes
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Assunção, João Vicente de (Presidente)
Silva, Carlos Sergio da
Bruns, Roy Edward
Nigro, Francisco Emilio Baccaro
Pesquero, Célia Regina
Título em português
Influência de combustíveis, aditivos e lubrificantes na emissão de dioxinas, furanos e hidrocarbonetos policíclicos aromáticos em veículos do ciclo Otto
Palavras-chave em português
Dioxinas
Emissões Veiculares
Furanos
Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos
PAHs
PCDD/Fs
Poluentes Tóxicos
Poluição do Ar
Resumo em português
Objetivo: Investigar as emissões de PCDD/Fs e PAHs considerados tóxicos à saúde humana em emissões de veículos leves de ignição por centelha. Avaliar a influência de combustíveis, aditivos de combustíveis e de lubrificantes na formação destes compostos. Estudar a mutagenicidade de algumas amostras coletadas. Método: Foram realizados ensaios padronizados em um veículo a gasool e outro a álcool, onde se variaram a qualidade dos combustíveis e o tipo de lubrificantes envelhecidos. A coleta e análise dos PCDD/Fs seguiram basicamente as recomendações do método 8290 da USEPA, enquanto que a coleta e análise dos PAHs seguiram basicamente as recomendações do método TO-13 da USEPA. Os testes de mutagenicidade foram feitos segundo o método KADO. Resultados: No veículo a gasool foram obtidos fatores de emissão de PCDD/Fs que variaram de não detectado a 0,08 pg I-TEQ/km, enquanto que no veículo a álcool foram observados fatores que variaram entre 0,01 I-TEQ/km e 0,18 I- TEQ/km. Quanto aos PAHs, foram observados fatores de emissão que variaram entre 0,01 μg TEQ/km e 4,61 μg TEQ/km no veículo a gasool e no veículo a álcool estes fatores variaram entre 0,01 μg TEQ/km e 0,02 μg TEQ/km. Em relação à mutagenicidade, somente um ensaio com ativação metabólica apresentou atividade mutagênica. Conclusões: Para o veículo a gasool, a aditivação diminuiu significativamente a emissão das OCDD e aumentou a emissão de naftaleno e fenantreno, quanto à adulteração da gasolina diminuiu a emissão de naftaleno e fenantreno. Para o veículo a álcool, não foi observada associação estatisticamente significativa entre as diversas variáveis e as emissões. Quanto a mutagênese, não foi possível chegar a uma conclusão, uma vez que as condições utilizadas prejudicaram a avaliação.
Título em inglês
Influence of fuels, lubricants oils and additives in the emission of dioxins, furans and aromatic polycyclic hydrocarbons in Otto cycle vehicles
Palavras-chave em inglês
Air Pollution
Dioxins
Furans
PAHs
PCDD/Fs
Polycyclic Aromatic Hydrocarbons
Toxic Pollutants
Vehicular Emissions
Resumo em inglês
Objective: To investigate the emission of dioxins, furans and PAHs considered toxic to human health, from spark ignition light duty vehicles. Evaluate the influence of fuels, additives of fuels and lubricant oils in the formation of these compounds. Assess the mutagenicity of some colleted samples. Method: Standard tests were realized in a gasohol vehicle and another alcohol vehicle, the quality of fuels and kind of aged lubricant oils were varied. The sample and analysis of PCDD/Fs follow basically the recommendations of 8290 method from USEPA, while the sample and analysis of PAHs follow basically the recommendations of TO-13 method from USEPA. The mutagenicity assays were done following method of Kado. Results: ln the gasohol vehicle were observed emission factors of PCDD/Fs that ranged between not detected and 0,08 pg I-TEQ/km, while in the alcohol vehicle were observed emission factors that ranged between 0,01 I-TEQ/km and 0,18 I- TEQ/km. Regarding PAHs, they were observed emission factors that ranged between 0,01 μg TEQ/km and 4,61 μg TEQ/km in the gasohol vehicle, and in the alcohol vehicle these factors ranged between 0,01 μg TEQ/km and 0,02 μg TEQ/km. Regarding mutagenicity, just one test with metabolic activation resented a mutagenic response. Conclusions: To the gasohol vehicles, the additives of fuels decreased significantly the emissions of OCDD and raised the emission of naphtalene and phenantrene, regarding the adulterated gasohol decreased the emission of naphthalene and phenantrene. To the alcohol vehicle, it was not observed significant association among variables and the emissions. Regarding mutagenic activity, it was not possible get a conclusion, once the used conditions prejudiced the essays.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-05-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.