• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Doctoral Thesis
DOI
10.11606/T.6.2017.tde-19122017-114246
Document
Author
Full name
Antonio Nader Filho
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
São Paulo, 1983
Supervisor
Committee
Wilson, Donald (President)
Campos, Maria Lucia Cerqueira
Iaria, Sebastiao Timo
Panetta, José Cezar
Schocken-iturrino, Ruben Pablo
Title in Portuguese
Prevalência da mastite bovina: estudo comparativo de métodos para sua detecção e do comportamento de vários agentes etiológicos frente à prova da redução do azul de metileno
Keywords in Portuguese
Agentes Etiológicos
Mastite Bovina
Métodos de Diagnóstico
Abstract in Portuguese
Foram submetidas a prova do "California Mastitis Test"(CMT), 468 vacas leiteiras pertencentes a seis propiedades rurais produtoras de leite tipo B, localizadas na região do Município de Barretos, SP. Das 56 (12,0 por cento ) fêmeas reagentes a esta prova, 48 (1O,3 por cento ) foram confirmadas através do isolamento e identificação do agente etiológico. A elevada concordância (85,71 por cento ) verificada entre, a prova do CMT e o exame bacteriológico, confirma a eficiência desta prova na detecção de transtôrnos da glândula mamária não perceptíveis clínicamente, uma vez que nenhuma das fêmeas analisadas apresentou sinais da enfermidade. A contagem leucocitária e a pesquisa do teor de cloretos efetuadas nas 56 fêmeas reagentes a prova do CMT, apresentaram concordâncias de 87,5 por cento e 50,0 por cento , respectivamente, em relação ao exame bacteriológico. O Staphylococcus aureus foi o agente etiológico mais frequente (52,08 por cento ) nos casos de mastite bovina. O estudo comparativo entre a contagem padrão em placas e a prova da redução do azul de metileno, efetuado nas 56 amostras reagentes a prova do CMT, revelou que 30 (53,57 por cento ) amostras apresentaram tempo de redução não condizente com o número de microrganismos determinado, isto é, tempo de redução menor que 3 l/2 horas e contagem total de microrganismos inferior a 500.000 microrg/ml. Observou-se, ainda, que destas 30 amostras, 26 (86,67 por cento ) apreesentaram contagens leucocitárias superiores a 2.500.000 leucócitos/ml., sugerindo deste modo, uma provável interferência dos leucócitos quando em número elevado, na prova da redução do azul de metileno. O estudo comparativo entre a contagem padrão em placas e a prova da redução do azul de metileno, efetuado nas 30 amostras negativas a prova do CMT, revelou que 27 (90,0 por cento ) amostras apresentaram o tempo de redução condizente com o número de microrganismos determinado, o que confirma a importância de sua utilização na rotina do Serviço de Inspeção. A provãvel interferência dos leucócitos não compromete a eficiência desta prova, pois as variações observadas ocorrem no sentido de abreviar o tempo de redução, sendo muito pequena a probabilidade de aceitação de um produto com o número de microrganismos superior ao permitido pelo Ministério da Agricultura. Dentre as provas utilizadas pelo Serviço de Inspeção na detecção da mastite bovina a nível de Estabelecimentos Industriais a prova de Whiteside foi a que apresentou maior sensibilidade e especificidade, capaz de revelar a presença de leite anormal em rebanhos cuja prevalência desta doença foi igual ou superior a 7,0 por cento das fêmeas ou 1,4 por cento dos quartos analisados. A pesquisa do teor de cloretos apresentou menor sensibilidade e especificidade, incapaz de revelar a presença de leite anormal em todos os rebanhos analisados. Entretanto, este fato não invalida a utilidade de sua aplicação, pois esta prova pode ser de fundamental importância na detecção de fraudes no leite. A prevalência da mastite bovina em até 20,0 por cento das fêmeas leiteiras ou em ate 5,0 por cento dos quartos examinados, não foi suficiente para colocar os quesitos analisados nas amostras de leite, fora dos padrões normais. Acredita-se que estes padrões devam ser objeto de estudos posteriores.
Title in English
Prevalence of bovine mastitis: a comparative study of methods for its detection and the behavior of several etiological agents against the test of reduction of methylene blue
Keywords in English
Bovine Mastitis
Diagnostic Methods
Etiologic Agents
Abstract in English
Four-hundred and sixty-eigth milk cows, belonging to six type B milk producing dayry farms, located in the region of Barretos, SP, Brazil were submitted to "California Mastitis Test", of the fifty-six (12,0 per cent ) cows positive to the mentioned test, forty eigth (10,31) had the diagnosis confirmed throght isolation and identification of the etiologic agent. High agreement (85,7 per cent ) was obtained between CMT and bacteriologic examination, which confirms the efficiency of CMT in the detection of diseases of the mammary glands, not perceptible by clinical examination, as none the animals examined presented signs of disease. Leucocyte count and determination of chloride level performed on the fifty-six reactors presented agreement of 87,5 per cent and 50,0 per cent , respectively, with bacteriological examination. Staphylococcus aureus was the most frequently isolated bacterium (52,08 per cent of cases). Comparison between total plate count and reductase test, performed on thirty samples negative to CMT, showed that twenty-seven samples (90,0 per cent ) presented a reduction time compatible with the number of microorganisms present, confirming the importance of reductase test regarding inspection. The theoretical interference of leucocytes was not important in practice, as variations observed were abreviation of reduction time, rendering the propability of accepting a product with a number of microorganisms over legal limits very small. Considering tests used by the Inspection Service for detection of bovine mastitis, the Whiteside test presented highest sensivity and specificity, as it was capable of reveling abnormal milk when prevalence was 7,0 per cent and over, considering animals and 1,1 per cent considering quarters. Chloride level presented lower sensitivity and specificity as it was unable to detect abnormal milk in all dairy farms. However it is very important in the detection of frauds. Prevalence of mastitis of up to 20,0 per cent of animals or of 5,0 per cent of quarters was not sufficient to bring the total milk produced below standards.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2017-12-19
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2021. All rights reserved.