• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.6.2006.tde-07102021-181651
Documento
Autor
Nome completo
Vanessa Kristinne Illison
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Rondó, Patricia Helen de Carvalho (Presidente)
D'Abronzo, Francisco Homero
Martins, Ignez Salas
Título em português
Determinação das concentrações séricas de α- tocoferol em pacientes portadores e não portadores de diabetes mellitus do tipo 2 do município de Jundiaí - SP
Palavras-chave em português
α- tocoferol
Diabetes Mellitus 2
Estresse Oxidativo
Resumo em português
Objetivo: Este estudo investigou 1) as concentrações séricas de α- tocoferol em pacientes com DM2 e em pessoas não diabéticas 2) a relação entre a concentração sérica deste antioxidante e o consumo de vitamina E da dieta em pacientes com DM2 e em pessoas não diabéticas. Metodologia: Estudo do tipo caso- controle envolvendo 58 pessoas portadoras de DM2 e 58 pessoas não portadoras de DM2 realizado no município de Jundiaí - SP, em Setembro e Outubro de 2005. As concentrações séricas de α- tocoferol foram determinados por HPLC e os níveis plasmáticos de glicose, colesterol total e frações e triglicérides por método enzimático colorimétrico. Foram considerados normais, concentrações séricas de α- tocoferol > 11,6 µmol/L e deficientes ≤ 11,6 µmol/L. O consumo de alimentos fonte em vitamina E, foi avaliado por questionário de freqüência alimentar, utilizando-se escores. Análise de ANCOVA foi utilizada na comparação das médias das concentrações séricas de α- tocoferol entre os grupos ajustadas por covariáveis. Análises de regressão linear multivariada investigaram a relação das concentrações séricas de α- tocoferol em pacientes com e sem DM2 ajustadas pelas variáveis de confusão. Resultados: A média de covariância para o α- tocoferol nos pacientes caso foi 13,20 μmol/L [IC(95%): 12,16 - 14,23 μmol/L] e nos pacientes controle foi 13,52 μmol/L [IC(95%): 12,48 - 14,56 μmol/L]. Não houve diferença estatística significante entre os grupos na deficiência de α- tocoferol (p > 0,05; P = 0,698). O modelo final de regressão linear para o grupo caso mostrou associação estatística significante entre concentrações séricas de α- tocoferol e colesterol total (β = 0,0288; p < 0,05) e triglicérides (β = 0,01849; p< 0,01) e entre concentrações séricas de α- tocoferol e colesterol total plasmático (β = 0,04071; p < 0,05) e IMC (β = 0,248; P < 0,05) para o grupo controle. Não houve associação estatística entre níveis séricos de α- tocoferol e vitamina E consumida da dieta em nenhum dos grupos (p > 0,05). Conclusão: A prevalência de deficiência de α- tocoferol mostrou-se elevada nos dois grupos do estudo, não havendo diferença estatística entre os mesmos. O DM2 não acarretou muito impacto nas concentrações α- tocoferol, provavelmente pelo fato da dieta apresentar baixo consumo para os dois grupos estudados.
Título em inglês
Serum alpha-tocopherol status in diabetes mellitus 2 and healthy patients in Jundiaí city - SP
Palavras-chave em inglês
α- tocopherol
Diabetes Mellitus 2
Oxidative stress
Resumo em inglês
Objectives: This study investigated 1) the serum concentrations of α- tocopherol in patients with diabetes mellitus 2 (DM2) and healthy individuals; 2) the relationship between concentrations of vitamin E in blood and in the diet of patients with DM2 and healthy individuals. Methods: Case- Control study involving 58 DM2 and 58 healthy individuals in Jundiaí city - SP, from September to October 2005. The α- tocopherol concentrations were measured using High Performance Liquid Chromatography. Glucose, total cholesterol and triglycerides were measured by means of an enzymatic assay. Serum vitamin E concentrations higher than 11,6 µmol/L are considered as normal concentrations. The frequency of ingestion of foods rich in vitamin E was measured using a questionnaire categorized into scores. ANCOVA analysis was utilized to compare mean concentrations of α- tocopherol between cases and controls, adjusting for several variables. Multivariater linear regression analysis was carried out to evaluate the predictors of the a α- tocopherol concentrations adjusting for confounding variables in the DM2 and healthy individuals. Results: The α- tocopherol covariance mean in the case group was 13,20 μmol/L [IC(95%): 12,16 - 14,23 μmol/L] and in the control group was 13,52 μmol/L [ IC(95%): 12,48 - 14,56 μmol/L]. There was no difference between mean α- tocopherol concentrations in the case and control groups (p > 0,05; p = 0,698). The final multiple linear regression model for α- tocopherol in the case group showed statistical association between serum α- tocopherol concentrations and total cholesterol (β = 0,0288; p < 0,05) and triglycerides (β = 0,01849; p< 0,01). The control group showed statistical association between serum α- tocopherol concentrations and total cholesterol (β = 0,04071; p < 0,05) and body mass index (BMI) (β = 0,248; p < 0,05). There was no difference between serum α- tocopherol concentration and dietary vitamin E in both groups (p > 0,05). Conclusion: The prevalence of low serum α- tocopherol concentrations in this study showed higher in both group without statistical difference. The DM2 did not cart many impact in serum α- tocopherol concentrations probably the low dietary intake vitamin E in both groups.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-10-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.