• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2001.tde-29082014-153830
Documento
Autor
Nome completo
Claudia Patara Saraceni
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2001
Orientador
Banca examinadora
Waldman, Eliseu Alves (Presidente)
Alves, Venancio Avancini Ferreira
Luna, Expedito José de Albuquerque
Título em português
Vigilância das hepatites virais: a experiência de Vargem Grande Paulista, 1997 - 1999
Palavras-chave em português
Fatores de Risco
Hepatites Virais
Vigilância em Saúde Pública
Resumo em português
Não se tem conhecimento preciso da relevância e magnitude das hepatites em nosso país. Os poucos estudos epidemiológicos estão restritos à populações atendidas em serviços de saúde ou a grupos de risco para as hepatites. A vigilância é um instrumento de saúde pública que tem a capacidade de descrever o comportamento das hepatites virais, bem como identificar seus fatores de risco. Um sistema de vigilância das hepatites A, B, C e E foi implantado em Vargem Grande Paulista em abril de 1997 e mantido até setembro de 1999. O objetivo foi analisar aspectos da operacionalização de um sistema de vigilância nas atuais condições de trabalho da Rede Pública de Saúde e sua potencialidade em descrever o comportamento das hepatites nessa comunidade para oferecer subsídios para elaboração e aprimoramento de estratégias de controle. O sistema incluiu a análise de dados obtidos a partir de notificação de casos suspeitos hepatite A, B, C e E entre residentes no município, assim como dados de soroprevalência de marcadores de infecção para esses mesmos vírus numa população formada pelas gestantes inscritas no Serviço Pré-natal do Município. Considerou-se caso suspeito o indivíduo residente no município de Vargem Grande Paulista e para quem, por critérios clínicos, laboratoriais ou epidemiológicos, foi solicitada a determinação dos níveis de bilirrubinas e transaminases. A confirmação dos casos foi realizada pela identificação dos marcadores sorológicos das hepatites A, B, C e E. Foram identificados 125 casos suspeitos, dos quais 41 (32,8 por cento ) foram confirmados como hepatite A, B, C ou E. A incidência de hepatite A foi 21,1/100.000 hab., 69,3/100.000 hab. e 9,3/100.000 hab. para os anos de 1997, 1998 e 1999, respectivamente. Foi detectado um surto de hepatite A em um dos bairros do município envolvendo 18 casos, no primeiro semestre de 1998. A forma predominante de transmissão do vírus durante o surto foi pessoa a pessoa e a faixa etária mais atingida foi de 5 a 9 anos. A incidência de hepatite B foi de 3,5/100.000 hab. e 9,9/100.000 hab. para os anos de 1997 e 1998 respectivamente. Não foi identificado nenhum caso em 1999. A prevalência de hepatite C foi 3,5/100.000 hab. em 1997 e 9,9/100.000 hab. em 1998. Não foi calculada a incidência de hepatite C, porque não foi possível determinar se a infecção pelo VHC era recente ou não com os testes utilizados. A incidência de hepatite E foi 3,5/100.000 hab., 3,3/100.000 hab. e 3,1/100.000 hab. para 1997, 1998 e 1999. Entre as 793 gestantes que participaram do estudo, a prevalência de anti-VHA foi de 94,7 por cento , de anti-HBc 4,9 por cento , de HBsAg 0,1 por cento , de anti-VHC 0,6 por cento , e anti-VHE 0,8 por cento . Os resultados indicaram que Vargem Grande Paulista apresentou alta endemicidade para hepatite A e baixa endemicidade para hepatite B. A prevalência de hepatite C foi semelhante à encontrada em outros estudos. A prevalência e incidência da hepatite E mostrou que o vírus circulou na região. Os dados demonstraram que o sistema de vigilância pode contribuir com informações importantes no comportamento das hepatites virais no município, oferecendo subsídios para a elaboração de estratégia de prevenção e controle dessas infecções.
Título em inglês
Surveillance of viral hepatitis: the experience of Vargem Grande Paulista, 1997-1999
Palavras-chave em inglês
Hepatitis (Viral)
Public Health Surveillance
Risk Factors
Resumo em inglês
A surveillance system of the hepatitis A, B, C and E was implanted in Vargem Grande Paulista In April, 1997 and maintained to September, 1999. The present study was implanted in order to analyze aspects of the surveillance system operation in the current conditions of the Public Health Service and its potentiality in describing the behavior of the hepatitis in that community to be used for elaboration and improvement of control strategies. The system included the analysis of data obtained of the notification of hepatitis A, B, C and E cases among the residents of the Municipal District, as well data of seroprevalence markers in a population formed by the pregnants registered in the Prenatal Service. The system considered suspected case the resident in Vargem Grande Paulista for who was requested the determination of the bilirubin and aminotransferases levels, by clinical, laboratory or epidemiologic criteria. The confirmation of the cases was accomplished by the identification of the hepatitis A, B, C and E serologic markers. Of the 125 suspected cases identified, 41 (32.8 per cent ) were confirmed as hepatitis A, B, C or E. The incidence of hepatitis A was 21.1 per 100,000 population, 69.3 per 100,000 and 9.3 per 100,000 for the years of 1997, 1998 and 1999, respectively. In the first semester of 1998, it was detected a hepatitis A outbreak in one of the neighborhoods, involving 18 cases. The predominant form of transmission, during the outbreak, was person to person and the 5 to 9 age-group was the most affected. The hepatitis B incidence was 3.5 per 100,000 and 9.9 per 100,000 pop. for the years of 1997 and 1998, respectively. It was not identified any case in 1999. The hepatitis C prevalence was 3.5 per 100,000 in 1997 and 9.9 per 100,000 in 1998 and its incidence was not calculated because it was not possible to determine if the HCV infection was recent or not with the used tests. The hepatitis E incidence was 3.5 per 100,000, 3.3 per 100,000 and 3.1 per 100,000 for 1997, 1998 and 1999, respectively. Among the 793 pregnants, the anti-HAV prevalence was 94.7 per cent , anti-HBc 4.9 per cent , HBsAg 0.1 per cent , anti-HCV 0.6 per cent and anti-HEV 0.8 per cent . The results indicated that Vargem Grande Paulista presented high endemicity for hepatitis A and lower for hepatitis B. The hepatitis C prevalence was similar to other studies. The hepatitis E prevalence and incidence showed that the virus circulated in the area. The data demonstrate that the surveillance system can contribute with important information to understand the behavior of the viral hepatitis to the Municipal District, can be subsidies for the elaboration of prevention and control strategy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
sar001.pdf (669.24 Kbytes)
Data de Publicação
2014-08-29
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • SARACENI, C. P., et al. Hepatites virais em área da Região Metropolitana de São Paulo. I - Soroprevalência em adultos. In IX Encontro Nacional de Virologia, São Lourenço-MG, 1998. Virus Reviews & Research.São Paulo : Sociedade Brasileira de Virologia, 1998. Resumo.
  • SARACENI, C. P., et al. Hepatites virais em Região Metropolitana de São Paulo. II- Análise preliminar de dados de vigilância. In IX Encontro Nacional de Virologia, São Lourenço-MG, 1998. Virus Reviews & Research.São Paulo : Sociedade Brasielira de Virologia, 1998. Resumo.
  • SARACENI, C. P., et al. Seroprevalence of hepatitis A, B, C and E in metropolitan area of São Paulo. In XI Encontro Nacional de Virologia, São Lourenço-MG, 2000. Virus Reviews & Research.São Paulo : Sociedade Brasileira de Virologia, 2000. Resumo.
  • SARACENI, C. P., et al. Viral hepatitis in metroplitan area of São Paulo- Analysis of surveillance data. In XI Encontro nacional de Virologia e III- Encontro de Virologia do Cone-Sul., São Lourenço, 2000. Virus Reviews & Research.São Paulo : Sociedade Brasileira de Virologia, 2000. Resumo.
  • Menção Honrosa - Prêmio de Incentivo em Ciência e Tecnologia para o SUS, conferida a Dissertação "Vigilância das hepatites virais. A experiência de Vargem Grande Paulista" (aluna Claudia P Saraceni) - Orientador de Dissertação premiada pelo Secretaria de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.