• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.6.2013.tde-23052013-142041
Documento
Autor
Nombre completo
Erika Flauzino da Silva
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2013
Director
Tribunal
Cardoso, Maria Regina Alves (Presidente)
Abdo, Carmita Helena Najjar
Schmitt, Ana Carolina Basso
Título en portugués
Avaliação da função sexual durante a transição menopausal e pós-menopausa das mulheres participantes do PROSAPIN - Projeto de Saúde de Pindamonhangaba
Palabras clave en portugués
Climatério
Função sexual
Mulher
Sexualidade
Resumen en portugués
Introdução: Durante a transição menopausal, as mulheres podem sofrer alterações na atividade sexual, devido à diminuição dos níveis plasmáticos de estrogênio e androgênio. Além disso, fatores como a idade, o tempo de relacionamento e o aumento de morbidades que causam diminuição do bemestar podem levar à redução da atividade sexual. Objetivo: Estimar a prevalência da disfunção sexual em mulheres no período da transição menopausal e pós-menopausa e identificar potenciais fatores de risco. Método: estudo transversal que incluiu 756 mulheres de 35 a 65 anos cadastradas na Saúde da Família de Pindamonhangaba. Para avaliar a função sexual, foi utilizado o Female Sexual Function Index (FSFI), questionário composto por 19 perguntas referentes às últimas quatro semanas, que abrange seis domínios: desejo, excitação, lubrificação, satisfação, orgasmo e dor. Foi realizado um modelo de regressão múltipla de Poisson, no programa Stata 11. Resultados: A prevalência de disfunção sexual foi de 57,7 por cento (IC95 por cento : 54,0 por cento 61,4 por cento). Quando consideradas apenas as mulheres sexualmente ativas, foi de 39,8 por cento (IC95 por cento : 35,4 por cento 44,2 por cento). A disfunção sexual associou-se positivamente a idade (p<0,001), ao estado civil (p<0,001), a religião (p=0,003), a depressão (p<0,001) e a diabetes (p=0,013). Dentre as mulheres sexualmente ativas, a disfunção sexual associou-se positivamente também com a idade (p<0,001), a depressão (p<0,001) além do uso de medicamento ansiolítico (p=0,011). Conclusão: Houve alta prevalência de disfunção sexual entre as mulheres participantes do PROSAPIN, e os fatores associados foram: idade, o estado civil, a religião, a depressão, diabetes e uso de medicamento ansiolítico
Título en inglés
Evaluation of Sexual Function during the Transition Menopausal and Post-Menopausal Women Participants PROSAPIN - Health Project Pindamonhangaba
Palabras clave en inglés
Menopause
Sexual function
Sexuality
Women
Resumen en inglés
Introduction: During the menopausal transition women may experience changes in sexual activity due to decreased plasma levels of estrogen and androgen. Beyond that, factors such as age, length of relationship and increased morbidities that cause decreased well-being can lead to reduced sexual activity. Objective: To estimate the prevalence of sexual dysfunction in women during the menopausal transition and postmenopausal women and to identify potential risk factors. Method: A cross-sectional study that included 756 women from 35 to 65 years indexed in the program Saúde da Família in Pindamonhangaba. To evaluate sexual function, we used the Female Sexual Function Index (FSFI) questionnaire consisting of 19 questions concerning the last four weeks, covering six domains: desire, arousal, lubrication, satisfaction, orgasm and pain. We performed a multiple regression model the Poisson in the Stata 11. Results: The prevalence of sexual dysfunction was 57.7 per cent (95 per cent CI: 54.0 per cent - 61.4 per cent). When considered only sexually active women, was 39.8 per cent (95 per cent CI: 35.4 per cent - 44.2 per cent). Sexual dysfunction was positively associated with age (p <0.001), marital status (p <0.001), religion (p = 0.003), depression (p <0.001) and diabetes (p = 0.013). Among sexually active women, sexual dysfunction also was positively associated with age (p <0.001), depression (p <0.001) and the use of anxiolytic medication (p = 0.011). Conclusion: there is a high prevalence of sexual dysfunction among women participants PROSAPIN, and associated factors were: age, marital status, religion, depression, diabetes and use of anxiolytic medication
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
ErikaFlauzino.pdf (1.98 Mbytes)
Fecha de Publicación
2013-06-11
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.