• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2013.tde-02042013-112909
Documento
Autor
Nome completo
Francine Leite
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Duarte, Yeda Aparecida de Oliveira (Presidente)
Andrade, Fabíola Bof de
Ferreira, Elizabeth Alves Gonçalves
Leme, Luiz Eugenio Garcez
Paschoal, Sergio Marcio Pacheco
Título em português
Impacto da doença articular referida na funcionalidade de idosos
Palavras-chave em português
Atividades Cotidianas
Doença Articular
Idosos
Limitação da Mobilidade
Resumo em português
Introdução: As doenças articulares, frequentes entre idosos, estão relacionadas ao comprometimento funcional. Objetivo: Avaliar o impacto da doença articular referida no comprometimento funcional em idosos residentes na área urbana do município de São Paulo no período entre 2000 e 2006. Métodos: Este trabalho é parte do Estudo Saúde, Bem-Estar Envelhecimento (SABE). Foram estudados 336 idosos residentes na zona urbana do município de São de Paulo, entrevistados em 2000 e em 2006, representando 162.913 idosos do município. A variável dependente do estudo foi o desenvolvimento de comprometimento funcional e a variável independente foi a doença articular referida entre 2000 e 2006, adicionalmente com as covariáveis sociodemográficas e de saúde. A relação entre as variáveis foi analisada pelo teste de Rao Scot, seguida pelo modelo de regressão logística multinomial e os cálculos do risco atribuível. Considerou-se nível de significância de 5 por cento e intervalos de confiança de 95 por cento . Resultados: No período de 6 anos, observou-se uma incidência de 47,8 por cento de dificuldade de mobilidade e 7,3 por cento de desempenhar atividades de vida diária (AVDs). A doença articular não foi associada ao comprometimento funcional. O sexo feminino foi associado à dificuldade de mobilidade e a idade avançada (70 anos ou mais) e a baixa escolaridade (até 3 anos de estudo) foram associados à dificuldade de desempenho das AVDs. Na população, 9,2 por cento do comprometimento funcional foi atribuído à doença articular. Ainda, entre os idosos que relataram a doença articular, 30,1 por cento do comprometimento funcional foi atribuído a ela. Conclusões: Apesar do impacto da doença articular no comprometimento funcional da população ser representativo, a doença articular não foi associada à incidência de comprometimento funcional nesse estudo
Título em inglês
The impact of referred joint disease to functionality in elderly
Palavras-chave em inglês
Elderly
Join Disease
Limitation Activities of Daily Living
Mobility
Resumo em inglês
Introduction: The joint disease, common among the elderly, are related to functional impairment. Objective: To evaluate the impact of referred joint disease to functional impairment among elderly living in the urban area of São Paulo between 2000 and 2006. Methods: This study is part of Health Well Being Aging Study (SABE study). We studied 336 elderly residents in the urban area of São Paulo, who were interviewed in 2000 and 2006, representing 162,913 seniors. The dependent variable was functional impairment and the independent variable was joint disease development between 2000 and 2006, in addition to the sociodemographic and health covariates. The association between variables was analyzed using Rao Scot test, followed by multinomial logistic regression model and attributable risk calculations. It was considered a significance level of 5 per cent and confidence interval of 95 per cent . Results: During the 6-year-period, the incidence of mobility impairment was 47.8 per cent and incidence of activities of daily living (ADLs) disability was 7.3 per cent . The joint disease was not associated with functional impairment. Being female was associated with difficulty in mobility difficulties and advanced age (up to 70 years old) and lower education (up to 3 years) were associated with difficulty in performing ADLs. Among population, 9.2 per cent of functional impairment was attributed to joint disease. Still, among the elderly who reported joint disease, 30.1 per cent of functional impairment was attributed to it. Conclusions: despite the expressive impact of joint disease on functional impairment, it was not associated with incidence of disability in this study.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
FrancineLeite.pdf (723.46 Kbytes)
Data de Publicação
2013-04-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.