• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.6.2004.tde-10022021-150744
Documento
Autor
Nome completo
Maria Adelina da Cunha
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Cornetta, Vitória Kedy (Presidente)
Gaidzinski, Raquel Rapone
Gomes, Mara Helena de Andréa
Pirotta, Katia Cibelle Machado
Secoli, Silvia Regina
Título em português
Impasses da educação continuada: a visão dos trabalhadores da enfermagem sobre o processo de trabalho, as tecnologias e a aprendizagem no trabalho
Palavras-chave em português
Desenvolvimento Tecnológico
Educação Continuada em Enfermagem
Resumo em português
Introdução: No contexto da globalização, por meio da automação e da revolução eletrônica, a mão de obra vem sendo substituída pela máquina. A busca do lucro avança para o controle do trabalho intelectual e a capacidade intelectual passa a ser uma mercadoria capaz de agregar lucro aos produtos e serviços. Na área da saúde, esse processo revela-se na constante incorporação das novas tecnologias e nos pressupostos dos serviços da educação continuada. Objetivos: O presente estudo insere-se nesse debate, tendo como objetivos analisar a maneira como os trabalhadores da enfermagem, que atuam no cuidado direto vivenciam o processo de aprendizagem no dia-a-dia e analisar o sentido atribuído por esses trabalhadores à educação continuada. Metodologia: Para a realização desses objetivos, foram entrevistados em profundidade 25 trabalhadores das equipes de enfermagem, das categorias de auxiliares e técnicos, em setores onde o processo de trabalho envolve alta tecnologia. A pesquisa foi realizada em um hospital público e um hospital privado no Município de São Paulo, entre os meses de setembro de 2003 a abril de 2004. Resultados e Discussão: O processo da reestruturação produtiva acompanhada das novas tecnologias e da precarização no trabalho incide no próprio significado do trabalho da enfermagem. Emerge da fala dos sujeitos a centralidade do cuidado humanizado no processo de trabalho para a própria construção da identidade desses trabalhadores. Esse cuidado envolve o contato e a construção de uma relação de confiança com o usuário. Embora a importância do saber técnico não seja descartada nas suas falas, a central idade que as tecnologias vem ganhando no processo de trabalho é vista como um obstáculo ao cuidado humanizado. A educação continuada, nesse processo, não é reconhecida pelos trabalhadores no seu conjunto e não há uma concepção dessas atividades como um processo amplo. Esse fato indica que a educação continuada pode vir a ter um papel importante e mobilizador das potencialidades dos trabalhadores ao resgatar uma concepção mais ampla voltada para o desenvolvimento dos profissionais. Considerações Finais: A compreensão da experiência, da identidade e dos saberes dos trabalhadores da enfermagem contribui para a re-construção do próprio sentido da profissão. Nesse âmbito, a educação continuada pode configurar-se como um campo de reflexão sobre a assistência da enfermagem, suas contradições e ambivalências, em um mundo em transformação.
Título em inglês
Not available
Palavras-chave em inglês
Not available
Resumo em inglês
Introduction: In the context of globalization the machine has replaced manpower through automation and electronic revolution. The search for profit has taken over the control of intellectual work and intellectual capacity has become an asset capable of adding profit to goods and services. In the area of health such process reveals itself in the constant incorporation of new technology and the premises of continuing education services. Objectives: The present study in inscribed in this debate, alming at analyzing both the way the professionals in the nursing area that work with direct care experience on a day to day basis learning process and the meaning attributed by such workers to continuing education. Methodology: In order to achieve such objectives in-depth interviews were carried out with 25 workers of nursing teams in the categories auxiliaries and technicians of sectors were the working process involves high technology. The survey was conducted in a private and public hospital in the City of São Paulo between September 2003 and April 2004. Results and Discussion: The process of productive re-structuring along with the new technology and precarization at work befalls the very meaning of nursing work. From the discourse of subjects emerges the centrality of humanized care in the working process for the construction of identity of the workers itself. Such care involves the contact and construction of a trust relation with the user. Although the importance of the technical knowledge is not left aside in the discourse, the centrality technology has gained so far in the working process is seen as an obstacle to humanized care. The workers, in this context, perceive the continuing education in its entirety, and there is a lack of conception of those activities as an ample process. This fact indicates that continuing education may acquire an important and mobilizing role in the potentialities of the workers in regaining a broader conception geared to the development of the professionals. Final Considerations: The understanding of the experience, identity and knowledge of the nursing professionals contribute for the reconstruction of the sense of profession itself. In this scope continuing education may stand as a field for reflection on the assistance to nursing, its contradictions and ambivalence within a changing word.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DR_694_Cunha_2004.pdf (8.97 Mbytes)
Data de Publicação
2021-02-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2023. Todos os direitos reservados.