• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.59.2020.tde-15012021-094958
Documento
Autor
Nome completo
Letícia Melo de Paulo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2020
Orientador
Banca examinadora
Elias, Luciana Carla dos Santos (Presidente)
Lellis, Irani Lauer
Zanini, Marta Regina Gonçalves Correia
Título em português
Replicabilidade do programa Posso Pensar na educação infantil
Palavras-chave em português
Educação infantil
Habilidades sociais
Prevenção
Programa de intervenção
Solução de problemas
Resumo em português
As habilidades sociais (HS) são essenciais para o estabelecimento de relações duradouras e satisfatórias, as quais constituem processos fundamentais no desenvolvimento humano. A aprendizagem destas habilidades ocorre a partir das interações, portanto, desde a infância. As habilidades de solução de problemas interpessoais (HSPI) têm sido destacadas como essenciais ao desenvolvimento infantil, atuando como fator de proteção. Neste cenário, podem ser criadas condições para o aprendizado destas, na forma de programas de treinamento, que atuem como prevenção. O presente estudo teve por objetivo geral avaliar os efeitos de um treinamento de habilidades sociais, com ênfase em habilidades de solução de problemas interpessoais (Programa Posso Pensar), em um ensaio de campo, com alunos da Educação Infantil, de modo a verificar a replicabilidade dos resultados obtidos com alunos dos primeiros anos do Ensino Fundamental I (Elias & Marturano, 2016). Para responder ao objetivo geral, foram realizados três estudos. Buscando ampliar o conhecimento sobre o tema. O Estudo 1 teve como objetivo revisar sistematicamente a literatura acerca de programas de intervenção para o desenvolvimento de habilidades sociais na Educação Infantil, bem como identificar suas principais características, diferenças e semelhanças. Para tanto, foram consultadas as bases de dados SciELO, Lilacs, Psychinfo, Psycarticles e Web of Science, considerando artigos publicados de 2015 a 2019; utilizou-se o protocolo PRISMA e dois juízes verificaram os procedimentos de seleção e extração de forma independente. Foram encontrados oito artigos que cumpriram os critérios estabelecidos; observou-se que os estudos apontaram o aumento em habilidades sociais e diminuição de problema de comportamento nos participantes após passarem pelos programas; contudo, sinalizaram ressalvas nos ganhos em programas de prevenção universal para crianças com problemas de comportamento pré-existentes. O Estudo 2 teve como objetivo verificar os efeitos de um programa para o desenvolvimento de habilidades de solução de problemas interpessoais, em alunos da Educação Infantil, sobre as variáveis de habilidades sociais, habilidades de solução de problemas interpessoais e problemas de comportamento, realizando a comparação entre grupos (alunos expostos ao programa e alunos não expostos) antes e após a intervenção. Com relação à comparação entre os dois grupos investigada no estudo 2, foi observado que as crianças que participaram do grupo de intervenção continuaram apresentando problemas de comportamento significativamente maiores que o grupo de espera mesmo após o treinamento e este grupo, por sua vez, passou a apresentar escores relativos a habilidades sociais significativamente maiores que o grupo de intervenção. Infere-se que programas de prevenção universais não são efetivos para crianças pré-escolares que já apresentam problemas de comportamento e que a escola tem um importante papel no desenvolvimento de habilidades sociais. Por fim, o Estudo 3 buscou comparar as habilidades de solução de problemas interpessoais, total de habilidades sociais e problemas de comportamento antes e após a intervenção, verificando as mudanças intragrupo, comparando as variáveis de cada grupo com ele mesmo. Na comparação intragrupo, percebe-se que as crianças de ambos os grupos aumentaram significativamente a taxa de relevância de solução de problemas e as do grupo de intervenção diminuíram algumas variáveis de problema de comportamento em algumas variáveis investigadas segundo os pais. Nos Estudos 2 e 3, participaram 45 alunos, com idade de cinco anos, devidamente matriculados na rede pública de uma cidade do interior paulista, local onde o estudo foi desenvolvido; ambos tiveram recorte transversal, com medidas repetidas e desenho quase-experimental. Os instrumentos utilizados para avaliar as crianças foram Strengths and Difficulties Questionnaire (SDQ), Escala de Comportamento Social para Pré-Escolares PKBS-BR (PKBS) e Procedimento de Solução de Problemas Interpessoais em Pré-escolares (PIPS) e; para o treinamento das habilidades de solução de problemas interpessoais o Programa Posso Pensar. Conclui-se que o programa trouxe ganhos aos participantes, contudo, adaptações devem ser realizadas para o contexto da Educação Infantil, de forma a alcançar maior efetividade.
Título em inglês
Replicability of the program "I can think" at kindergarten
Palavras-chave em inglês
Intervention program
Preschool
Prevention
Social skills
Solving problems
Resumo em inglês
Social skills (SS) are essentials for the establishment of longlasting and satisfactory relationships, which are fundamental processes of human development. Learning this skills may occur thorugh intercations, therefore, since the childhood. The interpersonal solving problems skilss (ISPS) have been highlighted as essential to children development, acting as a protection fator. I this scenario, conditions can be created for the skills learning, in the format of training programs, which act as prevention. The general aim of this study was to evaluate the effects of a social skills training, wich enphasize interpersonal solving problems skills (I can think) in a field trial, kindergarten students, to verify the replicability os the results observed with elementar school students (Elias & Marturano, 2016). Targeting the general aim, three studies were conducted. In order to amplify the knowledge of the theme, the Study 1 aimed to revise sistematically the literature about intervention programs concerning the development of social skills at the kindergarten, as well as identify the main characteristics, diferences and resemblances between them. To acomplish this purpose, those data bases were consulted: SciELO, Lilacs, Psychinfo, Psycarticles and Web of Science. The articles considered were the ones published between 2015 and 2019. The Protocol PRISMA was used and two judges verified the procedures of selection and extraction, independently. Eight articles were considered to acomplish the criteria; it was observed that studies indicates a raise in social skills and a decrease of behavior problem after the intervention. However, diferences were found concerning gains in universal prevention programs directed to children who already had behavior problems. The study 2 had the aim to verify the effects of a program to develop interpersonal solving problems skills in the kindergarten, analyzing the variables social skills, interpersonal solving problems skills, behavior problem, comparing groups (students exposed to the program and students who weren´t exposed) before and after the intervention. Concerning the comparison between both groups invetigated in the study 2, it was observed that children who participated in the intervention group continued presenting behavior problems significantly higher than the waiting group eventhough after the training, and this group started to present significantly higher scores of social skills than the intervention group. It is infered that universal prevention programs are not effective to preschool children who already had behavior problems and that the shcool has a importante role in the social skills development. Ultimately, the Study 3 aimed to compare interpersonal solving problems skills, total of social skills and behavior problem before and after the intervention, verifying the chances intragroup, comparing the varibles of wich group with itself; doing this comparison, it was noted that children of both groups started to present significantly higher scores at relevance rate of solving problems and children of the intervention group had their scores decreased in some variables of behavior problems, investigated according to their parentes. The program evaluated in Study 2 and 3 was targeted at 45 five years-old students who were enrolled in public schools in the country side, where the research was developed; This reaserch was a cross-sectional, quasi-experimental study, with repeated measures design.The instruments used to assess the behavior of children were foram Strengths and Difficulties Questionnaire (SDQ), Escala de Comportamento Social para Pré-Escolares PKBS-BR (PKBS) and Procedimento de Solução de Problemas Interpessoais em Pré-escolares (PIPS). The intervention procedure used was Programa Posso Pensar. In Conlcusion, it was found that children who participated in the intervention, showed gains in some variables, according to their parents evaluation. To evaluate the children, the instruments used were Strengths and Difficulties Questionnaire (SDQ), Escala de Comportamento Social para Pré-Escolares PKBS-BR (PKBS), Procedimento de Solução de Problemas Interpessoais em Pré-escolares (PIPS) and Programa Posso Pensar- PPP for the training of interpersonal solving problems skills. In conclusion, this program brought benefits for the participants. However, adaptations have to be done for the kindergarten context in order to achieve greater effectiveness.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-01-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.