• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.59.2018.tde-14102020-111706
Documento
Autor
Nombre completo
Doane Sabio Servidone
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Ribeirão Preto, 2018
Director
Tribunal
Linhares, Maria Beatriz Martins (Presidente)
Paula, Kely Maria Pereira de
Loureiro, Sonia Regina
Padovani, Flávia Helena Pereira
Título en portugués
Indicadores cognitivos, de atenção, de comportamento e desempenho escolar em crianças nascidas pré-termo na trajetória do desenvolvimento
Palabras clave en portugués
Atenção
Cognição
Comportamento
Hiperatividade
Prematuridade
Resumen en portugués
O objetivo foi caracterizar os indicadores cognitivos, de atenção e de comportamento em crianças nascidas pré-termo e comparar em dois momentos: aos 6-7 anos e aos 9-11 anos de idade. Objetivos específicos: a) comparar os indicadores cognitivos, de atenção e comportamentais em sub-grupos de acordo com o nível de prematuridade (extrema/ muito pré-termo [EMPT], ou pré termo moderado/ tardio [MTPT]); b) comparar os indicadores cognitivos, de atenção e comportamentais em sub-grupos divididos pela presença (PTH) ou ausência (PTNH) de indicadores de hiperatividade; c) caracterizar o desempenho escolar das crianças aos 9-11 anos e examinar as associações deste com indicadores cognitivos e de atenção. A amostra foi composta por 32 crianças nascidas pré-termo e seus respectivos cuidadores, aos 9 a 11 anos de idade, que participaram do primeiro momento deste estudo aos 6-7 anos de idade. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto/ FMRPUSP. A coleta de dados aos 9-11 anos foi realizada com as crianças e seus cuidadores nas salas de atendimento do LAPREDES em um único encontro. As áreas do desenvolvimento das crianças avaliadas foram: cognição, pela Escala Wechsler de Inteligência para Crianças - WISC IV; o comportamento, pelo Strengths and Difficulties Questionnaire- SDQ por meio de entrevista com os responsáveis; a atenção, pelo Teste de Atenção por Cancelamento e o desempenho escolar das crianças, pelo Teste de Desempenho Escolar - TDE. Foi aplicado um questionário de caracterização sociodemográfica da amostra e o Critério de Classificação Econômica Brasil da Associação Brasileira de Empresas e Pesquisa para avaliação do nível socioeconômico. Os prontuários médicos foram consultados para coleta de dados sobre a evolução clínica das crianças. Foram realizadas análises estatísticas descritiva e inferencial. Para a comparação entre grupos foram utilizados os testes t-independente de Student para as variáveis contínuas e Qui-Quadrado para as variáveis categóricas. Para a comparação intragrupo utilizou-se teste t para amostras pareadas no caso de variáveis contínuas e o teste de MacNemar para variáveis categóricas. Para análise de associação entre as variáveis foi utilizado o coeficiente de correlação de Pearson. Por fim, foram realizadas análises de regressão linear múltiplas. Os dados foram analisados pelo Statistical Package for Social Sciences (versão 25.0, Chicago, Il, USA). O nível de significância adotado foi de p ≤ 0,05 para todos os testes do estudo. Os resultados mostraram as crianças apresentaram mais sintomas emocionais e menores escores para atenção seletiva aos 9-11 anos em comparação com a avaliação realizada aos 6-7 anos de idade. Não houveram diferenças estatisticamente significativas entre os grupos de prematuros diferenciados pelo nível de prematuridade. O grupo de crianças diferenciados pelos indicadores de hiperatividade aos 9-11 anos apresentaram mais problemas de comportamento, menores escores para atenção alternada e para cognição avaliada pela WISC-IV quando comparadas as crianças que não apresentaram os indicadores de hiperatividade. Houve associações positivas entre os escores obtidos pela avaliação cognitiva com o WISC-III aos 6- 7 anos e o WISC-IV aos 9-11 anos de idade. Por sua vez, o melhor desempenho escolar foi predito por melhores escores de QI total avaliado pela WISC-III aos seis anos de idade, ser do sexo feminino e não possuir indicadores de hiperatividade.
Título en inglés
Cognitive, attention, behavioral and school performance indicators in children born preterm in the developmental trajectory
Palabras clave en inglés
Attention
Behavior
Cognition
Hyperactivity
Prematurity
Resumen en inglés
The objective was to characterize the cognitive, attention and behavioral indicators in preterm infants and compare them in two moments: at 6-7 years and at 9-11 years of age. Specific objectives: a) to compare cognitive, attention and behavioral indicators in subgroups according to the level of prematurity (extreme / very preterm [EMPT], or pre-term moderate / late [MTPT]); b) compare cognitive, attention and behavioral indicators in subgroups divided by the presence (PTH) or absence (NHL) of indicators of hyperactivity; c) characterize the school performance of children at 9-11 years and examine their associations with cognitive and attention indicators. The sample consisted of 32 preterm infants and their respective caregivers, 9 to 11 years of age, who participated in the first moment of this study at 6-7 years of age. The project was approved by the Research Ethics Committee of the Hospital das Clínicas of Ribeirão Preto / FMRPUSP. Data collection at 9-11 years was performed with the children and their caregivers in the LAPREDES meeting rooms in a single meeting. The areas of development of children evaluated were: cognition, by the Wechsler Intelligence Scale for Children - WISC IV; the behavior, through the Strengths and Difficulties Questionnaire-SDQ through an interview with those responsible; Attention, by the Cancellation Attention Test and the school performance of the children, by the School Performance Test - TDE. A sociodemographic characterization questionnaire was applied to the sample and the Brazilian Economic Classification Criteria of the Brazilian Association of Companies and Research to assess the socioeconomic level. The medical charts were consulted for data collection on the clinical evolution of the children. Descriptive and inferential statistical analyzes were performed. For the comparison between groups, Student's t-independent tests were used for the continuous variables and Chi-Square for the categorical variables. For the intragroup comparison t-test was used for paired samples in the case of continuous variables and the MacNemar test for categorical variables. Pearson's correlation coefficient was used to analyze the association between the variables. Finally, multiple linear regression analyzes were performed. The data were analyzed by the Statistical Package for Social Sciences (version 25.0, Chicago, Il, USA). The significance level adopted was p ≤ 0.05 for all study tests. The results showed the children had more emotional symptoms and lower scores for selective attention at 9-11 years compared to the evaluation performed at 6-7 years of age. There were no statistically significant differences between the groups of preterm infants differentiated by the level of prematurity. The group of children differentiated by indicators of hyperactivity at 9-11 years presented more behavioral problems, lower scores for alternating attention and for cognition assessed by WISC-IV when compared to children who did not present hyperactivity indicators. There were positive associations between the scores obtained by cognitive evaluation with WISC-III at 6-7 years and WISC-IV at 9-11 years of age. On the other hand, the best school performance was predicted by better scores of total IQ assessed by the WISCIII at six years of age, being female and not having indicators of hyperactivity.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
DOANE_simplificada.pdf (909.39 Kbytes)
Fecha de Liberación
2022-10-14
Fecha de Publicación
2020-11-23
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.