• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.59.2020.tde-27072020-161423
Documento
Autor
Nome completo
Valéria Fernandes Turci
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2020
Orientador
Banca examinadora
Pacifico, Soraya Maria Romano (Presidente)
Câmara, Naiá Sadi
Dias, Cristiane Pereira
Sousa, Lucília Maria Abrahão e
Título em português
Da ponta do lápis às redes sociais: argumentação e autoria em discurso
Palavras-chave em português
Argumentação
Autoria
Discurso
Educacao
Espaço virtual
Resumo em português
Ao nos atentarmos para o fato de que os gêneros digitais ganham gradativamente mais destaque na comunicação e muitos adolescentes acessam canais de video no Youtube para visualizar resenhas de Booktubers sobre livros, propusemo-nos a inserir no contexto escolar essa nova prática de letramento, com o objetivo de investigar se as formulações produzidas pelos sujeitos-alunos ao recontar e indicar (ou não) a leitura de obras literárias, realizadas em sala de aula e para além dela, indiciam marcas de argumentação e autoria. Partindo desses pressupostos e considerando que as novas tecnologias, principalmente a internet, têm produzido mudanças na sociedade contemporânea e, portanto, na constituição dos sujeitos-alunos, decidimos investigar se o espaço virtual é um meio facilitador para o desenvolvimento da argumentação e se o discurso realizado nesse espaço virtual indicia marcas de autoria. Para estabelecermos um parâmetro com essa proposta, realizamos também debates orais em sala de aula a partir de pontos polêmicos do livro Capitães da Areia, de Jorge Amado, e a produção de vídeos a partir de temas relacionados ao papel da mulher na sociedade contemporânea. Para o desenvolvimento desta pesquisa, recorremos aos pressupostos teóricos da Analise de Discurso de "linha" francesa, cujo principal expoente é Michel Pêcheux. Nosso corpus está composto por transcrições dos debates orais realizados em sala de aula, pelos vídeos, constituídos por resenhas literárias elaboradas pelos alunos e publicados no canal Literatuber, criado para este fim, e por vídeos-minuto, elaborados a partir das discussões sobre o tema mulher e sociedade. A pesquisa foi realizada em três salas do 9o ano do ensino fundamental de uma escola pública de Ribeirão Preto/SP, no decorrer do ano letivo de 2018. Os resultados de nossas análises demonstram que o discurso dos sujeitos-alunos aponta marcas de autoria e argumentação quando as condições de produção para leitura e interpretação sustentam-se na autorização para a disputa dos sentidos, não desprezam a opacidade da linguagem; tampouco que assumir uma posição ou outra, no discurso, não é um ato neutro, seja qual for o espaço discursivo. Portanto, não é o espaço material que determina a prática da argumentação e autoria, mas sim o modo como sujeitos e sentidos se constituem.
Título em inglês
From the tip of the pencil to social networks: argumentation and autorship in discourse
Palavras-chave em inglês
Argumentation
Autorship
Discourse
Education
Virtual space
Resumo em inglês
As we pay attention to the fact that digital genres are gradually gaining more prominence in communication and many teenagers access video channels on Youtube to view booktubers' book reviews, we proposed to insert this new literacy practice in the school context. This was done in order to investigate whether the formulations produced by the subject-students when retelling and indicating (or not) literary works, read in and out of the classroom, indicates marks of argumentation and authorship. Based on these assumptions and considering that new technologies, mainly the internet, have produced changes in contemporary society and, therefore, in the constitution of student subjects, we decided to investigate whether the virtual space is a facilitator for the development of argumentation and whether the discourse in this virtual space indicates marks of authorship. To establish a parameter with this proposal, we also held oral debates in the classroom based on controversial points of the book Capitaes da Areia, by Jorge Amado, and the production of videos based on themes related to the role of women in contemporary society. For the development of this research, we used the theoretical assumptions of Discourse Analysis of the French "trend", whose main exponent is Michel Pecheux. Our corpus consists of transcripts of the oral debates held in the classroom; of videos of literary reviews prepared by the students and published on the Literatuber channel, created for this purpose; and of "minute-videos", elaborated from the discussions on the topic women and society. The research was carried out in three 9th grade classrooms of a public elementary school in Ribeirao Preto/SP, during the academic year of 2018. The results of our analyzes demonstrate that the discourse of the subject-students points to marks of authorship and argumentation when the conditions for reading and interpretation authorize the dispute of the senses and do not neglect the opacity of language, nor that assuming one position or another, in the discourse, is not a neutral act, whatever the discursive space is; therefore, it is not the material space that determines the practice of argumentation and authorship, but rather the way in which subjects and meanings are constituted.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-11-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.