• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.59.2020.tde-09032020-104345
Documento
Autor
Nome completo
Elaine Moreno Mendonça
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Andrade, Joana de Jesus de (Presidente)
Araujo, Elaine Sampaio
Favacho, Daniela Gonçalves de Abreu
Norberto, Ana Maria Queirós
Título em português
Desenvolvimento humano e medicalização no ambiente escolar: reflexões a partir da abordagem histórico-cultural
Palavras-chave em português
Desenvolvimento humano
Dificuldades de aprendizagem
Medicalização
Resumo em português
Tomando como ponto de partida a Abordagem Histórico-Cultural assume-se, de antemão, que a atividade humana não é conduzida apenas pelos preceitos biológicos, mas sim criados e recriados por pessoas que interagem entre si, com o meio e ao longo da história da humanidade. Por entender a interconstitutividade humana como fruto das inter-relações sociais, define-se que a relação entre as dificuldades de aprendizagem e a concepção de desenvolvimento humano, é o foco do presente trabalho. O objetivo principal desta pesquisa é analisar diferentes produções acadêmicas e estabelecer possíveis diálogos entre os autores que abordam o tema desenvolvimento humano aliado à dificuldade de aprendizagem escolar, destacando-se a reflexão sobre o uso de medicação no ambiente escolar. A metodologia utilizada foi bibliográfica e documental e os dados foram organizados em três unidades de análise. Os resultados têm como base a análise de 6 trabalhos que apresentam a medicalização infantil como ponto central para resolver os problemas de não aprendizagem na escola. Os diálogos apontaram para a necessidade de que os aspectos considerados biológicos sejam entendidos como esferas que se interconectam com as esferas pedagógicas das metodologias, dos currículos e das práticas diárias na relação professor-aluno. Apesar dos trabalhos analisados não adotarem a abordagem histórico cultural, eles se aproximam desta perspectiva, ou seja, como conclusão deste trabalho, entendemos que o conceito de Desenvolvimento Humano expresso nestes trabalhos está mais articulado com processo de vida, diferença, diversidade, subjetividade e relações sociais do que, necessariamente, evolução, progresso ou determinismos, sejam eles sociais ou biológicos.
Título em inglês
Human development and medicalization in the school environment: reflections from the historical cultural approach
Palavras-chave em inglês
Human development
Learning disabilities
Medicalization
Resumo em inglês
Taking as its starting point the Historic-Cultural Approach is assumed beforehand that human activity is not conducted only by biological principles, but rather created and recreated by people who interact with the environment and throughout the humanity history. By understanding human interconstituctivity as a result of social interrelations, it is defined that the relationship between learning disabilities and the conception of human development is the focus of the present work. The main objective of this research is to analyze different academic productions and establish possible dialogues between the authors that address the theme human development allied to the difficulty of school learning, highlighting the reflection on the use of medication in the school environment. The methodology used was bibliographic and documentary and the data were organized in three units of analysis. The results are based on the analysis of six papers that present child medicalization as a central point to solve the problems of non-learning in school. The dialogues pointed to the need for the aspects considered biological to be understood as spheres that interconnect with the pedagogical spheres of methodologies, curriculum and daily practices in the teacher-student relationship. Although the analyzed works do not adopt the historical cultural approach, they approach this perspective, that is, as a conclusion of this work, we understand that the concept of Human Development is more articulated with life process, difference, diversity, subjectivity and social relations, than, necessarily, evolution, progress or determinisms, whether social or biological.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DISSERTACAO.pdf (1.71 Mbytes)
Data de Publicação
2020-05-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.