• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.59.2022.tde-14032022-153035
Documento
Autor
Nome completo
Ariadne Dall'Acqua Ayres
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2022
Orientador
Banca examinadora
Fernandez, Fernanda da Rocha Brando (Presidente)
Antiqueira, Lia Maris Orth Ritter
Brondizio, Eduardo Sonnewend
Pinheiro, Niminon Suzel
Título em português
Os Kaingang do Paraná e a conservação da biodiversidade: conhecimentos, práticas e valores tradicionais
Palavras-chave em português
Acadêmicos indígenas
História ambiental
Populações indígenas
Relação ser humano-natureza
Resumo em português
O objetivo geral desta pesquisa foi elencar e entender as práticas, valores e conhecimentos tradicionais sobre os sistemas naturais e de seus elementos, incorporando a diversidade cultural, tendo em vista a conservação da biodiversidade. Também se pretendeu favorecer o registro e valorização da história Kaingang, suas tradições e conhecimentos; evidenciar as contribuições da incorporação de povos indígenas nas temáticas da agenda ambiental; discutir o papel da juventude indígena no resgate da cultura; e, colaborar com o entendimento da História Ambiental de uma dada região, a partir da incorporação das percepções desses povos. Na perspectiva da história oral, incorporando o jogo êmico-ético, foram realizadas entrevistas semiestruturadas remotas com acadêmicos indígenas que possuem vivências tanto dentro quanto fora das aldeias, seguindo os procedimentos éticos necessários. Os dados coletados foram organizados, categorizados e analisados seguindo a lógica do complexo kosmos-corpus-práxis e da história oral, permeando com referenciais teóricos pertinentes. A co-construção desta pesquisa com os sujeitos envolvidos, permitiu obter resultados relacionados ao contexto histórico dos Kaingang, no estado do Paraná, enfatizando a relação com os territórios que ocupam; e compreender o contexto em que estiveram submetidos dentro do cenário universitário, os desafios e vivências ao encarar diferentes sistemas educacionais. Discute-se as percepções sobre a construção e transmissão dos conhecimentos tradicionais, sobretudo aqueles relacionados com a natureza, adentrando práticas e valores que guardam relação com a biodiversidade, inclusive sobre a perspectiva da devastação ambiental de alguns territórios. A pesquisa evidencia a co-construção de estudos voltados às temáticas ambientais junto às comunidades locais, por meio da sinergia entre conhecimentos diversos em estratégias ambientais. Enfatiza-se a importância do registro constante dos conhecimentos e cultura Kaingang, visto os processos opressores a que foram/são submetidos, assim como ao incentivo à juventude para que se engaje no resgate de suas raízes. As percepções fornecidas revelam olhares amplos e contexto específico a respeito da biodiversidade local além de estratégias sustentáveis de uso e ocupação do solo, trazendo indícios de que ocorre a conservação. Neste contexto, é fundamental olhar para o longo período de tempo em que as comunidades ocupam os mesmos territórios, pois suas estratégias podem indicar também a continuidade do uso de recursos a longo prazo.
Título em inglês
The Kaingang of Paraná and biodiversity conservation: traditional knowledge, practices and values
Palavras-chave em inglês
Environmental history
Human-nature relationship
Indigenous academics
Indigenous peoples
Resumo em inglês
The general objective of this research was to list and understand the practices, values, and traditional knowledge about natural systems and their elements, incorporating cultural diversity to conserve biodiversity. It was also a goal to favor the registration and appreciation of Kaingang history, its traditions, and knowledge; highlight the contributions of the incorporation of indigenous peoples in the themes of the environmental agenda; discuss the role of indigenous youth in rescuing culture; and collaborate with the understanding of the Environmental History of a given region, based on the incorporation of the perceptions of these peoples. From the perspective of oral history, incorporating the emic-ethical game, the study applied remote semi-structured interviews with indigenous academics who have experienced both inside and outside the villages, following the necessary ethical procedures. The collected data were organized, categorized, and analyzed following the logic of the kosmos-corpus-praxis and oral history complex, permeating with relevant theoretical references. The co-construction of this research with the subjects involved allowed to obtain results related to the historical context of the Kaingang in the state of Paraná, emphasizing the relationship with the territories they occupy; and understanding the context of the university scenario, the challenges, and experiences in facing different educational systems. It discusses the perceptions about the construction and transmission of traditional knowledge, especially those related to nature, entering into practices and values that are related to biodiversity, including the perspective of environmental devastation in some territories. The research highlights the construction of research focused on environmental issues with local communities through the synergy between different knowledge in environmental strategies. The importance of Kaingang's knowledge and culture studies was emphasized. Due to oppressive processes that they live the encouragement of youth to engage in rescuing their roots is increasing. The insights provided reveal broad views and specific context regarding the local biodiversity. Also, a discussion about sustainable land use and occupation strategies, bringing evidence that conservation is taking place. In this context, it is essential to look at the long period in which communities occupy the same territories, as their strategies can also indicate the continued use of resources in the long term.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2024-03-07
Data de Publicação
2022-04-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.