• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.59.2020.tde-07102019-080828
Documento
Autor
Nome completo
Renan Lopes Rodrigues
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Kohlsdorf, Tiana (Presidente)
Brasileiro, Cinthia Aguirre
Klein, Wilfried
Prado, Cynthia Peralta de Almeida
Título em português
Plasticidade fenotí­pica em representantes de dois gêneros de Anura: efeitos da temperatura durante o desenvolvimento larval
Palavras-chave em português
Anura
Desenvolvimento larval
Morfometria
Ontogenia
Sensibilidade térmica
Resumo em português
Parâmetros ambientais podem influenciar o estabelecimento de variáveis fenotípicas durante o desenvolvimento de um organismo. Em particular, a literatura vigente relata associações entre a temperatura do ambiente de desenvolvimento e a formação de diversas estruturas em vertebrados que apresentam uma fase larval aquática, como anuros. A sensibilidade térmica e os efeitos resultantes de variações na temperatura ambiental diferem entre espécies de Anura, e fatores ecológicos e filogenéticos podem explicar como o desenvolvimento larval é influenciado pelos regimes térmicos em girinos de determinadas espécies. O presente trabalho avaliou respostas morfológicas no desenvolvimento em diferentes regimes térmicos em 3 espécies de Rhinella (Rhinella schneideri, Rhinella icterica e Rhinella ornata) e 1 espécie de Leptodactylus (Leptodactylus labyrinthicus). Os girinos foram expostos a 5 ambientes térmicos de desenvolvimento diferentes, com o objetivo de avaliar a sensibilidade dos processos de desenvolvimento a temperatura nas espécies estudadas, inferindo acerca de possíveis relações com aspectos ecológicos e filogenéticos. Os resultados sugerem que espécies expostas a uma maior variação térmica sazonal em seu habitat natural (espécies exclusivas da mata atlântica - Rhinella icterica e Rhinella ornata) possuem maior sensibilidade, em relação ao desenvolvimento, crescimento e plasticidade morfológica, a variações térmicas no ambiente de desenvolvimento, enquanto espécies com ampla distribuição e que ocupam diferentes biomas (caatinga, cerrado e mata atlântica - Rhinella schneideri e Leptodactylus labyrinthicus) exibem respostas plásticas apenas nos regimes térmicos envolvendo diminuição gradual da temperatura. Este trabalho contribui para discussões acerca da sensibilidade dos processos de desenvolvimento a temperatura em espécies de Rhinella e Leptodactylus, disponibilizando informações que podem indicar a vulnerabilidade das espécies estudadas às mudanças climáticas relacionadas com o aquecimento global
Título em inglês
Phenotypic plasticity in representatives of two Anura genera: effects of temperature during larval development
Palavras-chave em inglês
Anura
Larval development
Morphometry
Ontogeny
Thermal sensitivity
Resumo em inglês
Environmental parameters may influence the establishment of phenotypic traits during the development of a given organism. More specifically, current literature provides evidence for associations between the thermal environment and the development of several traits in vertebrate animals exhibiting aquatic larval stages, such as anurans. The thermal sensitivity and associated effects elicited by variations in the environmental temperature differ among species of anurans, and ecological and phylogenetic factors may explain how larval development is affected by the thermal regimes in tadpoles of a given species. The present study evaluated morphological developmental responses to the thermal environment in 3 Rhinella species (Rhinella schneideri, Rhinella icterica and Rhinella ornata) and 1 species of Leptodactylus (Leptodactylus labyrinthicus). We raised tadpoles in 5 different developmental environments in order to evaluate the sensitivity of developmental processes to temperature in the studied species, inferring likely associations with phylogenetic and ecological aspects. Results suggest that species from thermal environments of greater sazonal thermal variation (species exclusive to the atlantic forest - Rhinella icterica and Rhinella ornata) are more sensitive, in relation to development, growth and morphological plasticity, to temperature variation in the developmental environments, whereas species having a wide distribution, which occupy several biomes (caatinga, cerrado and atlantic forest - Rhinella schneideri and Leptodactylus labyrinthicus), only exhibit plastic morphological responses when raised in developmental environments comprising temperature decreases. This study contributes for discussions regarding the sensitivity of developmental processes to temperature in species of Rhinella and Leptodactylus, and provides information that may access the vulnerability of the studied species to climatic changes derived from global warming
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Liberação
2021-10-06
Data de Publicação
2020-01-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.