• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.59.2020.tde-16022020-182536
Documento
Autor
Nome completo
Luiz Gabriel Masson Beloti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2020
Orientador
Banca examinadora
Nassur, Maria Eugenia Queiroz (Presidente)
Augusto, Fabio
Oliveira, Marcelo Firmino de
Paschoal, Jonas Augusto Rizzato
Título em português
Desenvolvimento do método in-tube SPME-UHPLC-MS/MS para a determinação de antipsicóticos e seus metabólitos em amostras de plasma de pacientes esquizofrênicos
Palavras-chave em português
Amostras de plasma
Antipsicóticos
In-tube SPME
Monolitos orgânicos
Pacientes esquizofrênicos
UHPLC-MS/MS
Resumo em português
A esquizofrenia, doença crônica e debilitante, tem sido caracterizada principalmente pela diminuição das capacidades mentais (embotamento emocional), alucinações (percepções irreais, sobretudo auditivas) e delírios. Os antipsicóticos são prescritos na psiquiatria clínica como tratamento de primeira linha, tanto na fase aguda da esquizofrenia, quanto na fase da manutenção para a prevenção de possíveis recaídas. Tendo como base os intervalos terapêuticos, a determinação das concentrações de antipsicóticos e seus metabólitos em amostras de plasma permite o ajuste das doses administradas, favorecendo a eficácia do tratamento e efeitos adversos mais brandos. A cromatografia líquida de alta eficiência acoplada à espectrometria de massas em tandem (LC-MS/MS) tem sido considerada a técnica analítica de referência para a determinação de fármacos em fluidos biológicos. A etapa de preparo de amostras tem sido requerida no desenvolvimento de métodos cromatográficos para eliminar grande parte dos componentes endógenos e pré-concentrar os fármacos, quase sempre presentes em níveis de traços em amostras biológicas. Dentre os recentes avanços das técnicas de preparo de amostras, destacamos a miniaturização dos sistemas analíticos, o acoplamento on-line com sistemas cromatográficos e o desenvolvimento de fases extratoras seletivas. Neste contexto, o método de microextração em fase sólida no capilar acoplada à cromatografia líquida de ultra-eficiência com o sistema de espectrometria de massas em tandem (in-tube SPME-UHPLCMS/MS) foi desenvolvido para a determinação dos fármacos (clozapina, clorpromazina, olanzapina e quetiapina) e metabólitos (N-desmetilclozapina, desmetilclorpromazina, 7-hidroxi-clorpromazina, N-desmetilolanzapina e norquetiapina) em amostras de plasma de pacientes esquizofrênicos para fins de monitorização terapêutica. O capilar à base de monolito orgânico poli(butil metacrilato-co-etilenoglicol dimetacrilato) foi desenvolvido para a pré-concentração seletiva dos analitos. Esta fase inovadora foi caracterizada química e morfologicamente através das técnicas de Espectroscopia vibracional na região do infravermelho por transformada de Fourrirer (FTIR) e por Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV). Os resultados obtidos indicaram a incorporação dos grupos funcionais na estrutura característica de monolito, constituído de macro, meso e micro poros. O método in-tube SPME-UHPLC-MS/MS desenvolvido apresentou linearidade adequada para todos os antipsicóticos e metabólitos estudados com coeficiente de determinação (R2) maiores que 0,9975, com limite inferior de quantificação (LIQ) de 10 ng mL-1 para todos os analitos. Os valores de precisão apresentaram valores de coeficiente de variação menores que 14,2% e exatidão com valores de erro padrão relativos variando de -13,5% a 14,6% com exceção para os valores de LIQ. O método desenvolvido foi aplicado com sucesso para a determinação de antipsicóticos e seus metabólitos em amostra de plasma de pacientes esquizofrênicos.
Título em inglês
Development of the in-tube SPME-UHPLC-MS/MS method for the determination of antipsychotics and their metabolities in plasma samples of schizophrenic patients
Palavras-chave em inglês
Antipsychotics
In-tube SPME
Organic monoliths
Plasma samples
Schizophrenic patients
UHPLC-MS/MS
Resumo em inglês
Schizophrenia, a chronic and debilitating disease, has been characterized mainly by decreased mental abilities (emotional dullness), hallucinations (unreal perceptions, especially auditory) and delusions. Antipsychotics are prescribed in clinical psychiatry as first-line treatment, both in the acute phase of schizophrenia and in the maintenance phase to prevent possible relapses. Based on therapeutic intervals, the determination of antipsychotic concentrations and their metabolites in plasma samples allows adjustment of the administered doses, favoring treatment efficacy and milder adverse effects. High performance liquid chromatography coupled with tandem mass spectrometry (LC-MS/MS) has been considered the reference analytical technique for the determination of drugs in biological fluids. The sample preparation step has been required in the development of chromatographic methods to eliminate most endogenous components and pre-concentrate the drugs, almost always present at trace levels in biological samples. Recent advances in sample preparation techniques include the miniaturization of analytical systems, on-line coupling with chromatographic systems, and the development of selective extractor phases. In this context, the capillary solid phase microextraction method coupled with ultra-efficient liquid chromatography in tandem mass spectrometry system (in-tube SPME-UHPLC MS/MS) was developed for the determination of drugs (clozapine, chlorpromazine, olanzapine and quetiapine) and metabolites (N-desmethylclozapine, desmethylchlorpromazine, 7-hydroxychlorpromazine, N-desmethylolanzapine and norquetiapine) in plasma samples from schizophrenic patients for therapeutic monitoring purposes. The poly (butyl methacrylate-co-ethylene glycol dimethacrylate) organic monolith capillary was developed for the selective pre-concentration of the analytes. This innovative phase was chemically and morphologically characterized by Fourrirer Transform Infrared Vibration Spectroscopy (FTIR) and Scanning Electron Microscopy (SEM) techniques. The obtained results indicated the incorporation of the functional groups in the characteristic structure of monolith consisted by macro, meso and micro pores. The in-tube SPME-UHPLC-MS/MS method developed showed adequate linearity for all antipsychotics and metabolites studied with coefficient of determination (R2) greater than 0.9975, with lower limit of quantification (LLOQ) of 10 ng mL-1 for all analytes. Precision values presented coefficient of variation values less than 14.2% and accuracy with relative standard error values ranging from -13.5% to 14.6% except for the LLOQ values. The developed method was successfully applied for the determination of antipsychotics and their metabolites in a plasma sample of schizophrenic patients.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-05-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.