• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Jade Simoes de Castro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Bruni, Aline Thais (Presidente)
Dias, Luis Gustavo
Pereira, Claudio Martin Pereira de
Silva, Heron Dominguez Torres da
Título em português
Inteligência forense aplicada a lei de drogas e ao estudo de novas substâncias psicoativas
Palavras-chave em português
Canabinoides sintéticos
Docking
In silico
Quimiometria
Resumo em português
ciência criminal tem uma abordagem multidisciplinar e procura reunir ciências sociais, naturais e aplicadas para encontrar novas maneiras de reduzir o crime. O combate ao tráfico e ao consumo de drogas envolvem esforços de vários países uma vez que são relacionados a problemas de segurança e saúde pública. A proibição ao consumo das drogas tradicionais tem gerado o aparecimento de novas substâncias psicoativas (New Psychoactive Substances, NPS). As NPS consistem em substâncias similares àquelas originalmente proibidas, que têm por objetivo imitar os efeitos recreacionais e burlar a legislação de drogas. Os canabinóides sintéticos, popularmente conhecidos como "spice", são pulverizados em produtos fitoterápicos para reproduzir os efeitos recreativos da cannabis. De acordo com o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (United Nation Office on Drugs and Crime, UNODC), os efeitos tóxicos dos tipos sintéticos cannabis são desconhecidos e há relatos de danos e fatalidades associados ao uso dessas drogas. No Brasil, a Lei 11.343/2006 traz mecanismos de controle ao tráfico e ao consumo de substâncias proibidas. Em relação às NPS, desde 2016 o país tem adotado a política de proibição genérica, ficando proibidos qualquer tipo de substâncias canabimiméticas. No entanto, há ausência de informações tanto sobre a caracterização quanto aos efeitos nocivos relacionados a essas espécies. As ciências forenses são essenciais para auxiliar em mecanismos de investigação de drogas. A velocidade de aparecimento das NPS traz um grande desafio, uma vez que os métodos tradicionais podem demandar tempo e custo entender as características desses compostos. O conceito de ciências forenses como mera análise de vestígios tem sido modificado pelo conceito de inteligência forense, que consiste no uso de dados para a tomada de decisões dentro do processo investigativo. Este trabalho teve por objetivo empregar métodos in silico como alternativa para entender o comportamento das NPS relacionadas à cannabis. Utilizamos métodos de química quântica para avaliar uma série canabinoides sintéticos identificados em amostras forenses. Nesse caso, o objetivo foi gerar espectros de infravermelho que podem ser utilizados como referencial para a detecção. Os riscos à saúde foram avaliados por meio de procedimentos toxicidade computacional e docking. Técnicas de quimiometria foram utilizadas para o tratamento e avaliação dos dados gerados. Os resultados indicaram que os estudos foram hábeis em fornecer informações para o entendimento do comportamento dessas substâncias. Dessa maneira, os métodos in silico se mostraram com grande potencialidade e podem auxiliar de maneira inequívoca a aplicação da Lei, seja no aspecto preventivo ou no repressivo
Título em inglês
Forensic intelligence applied to drug law and the study of new psychoactive substances
Palavras-chave em inglês
Chemometrics
Criminal science
Docking
Forensic intelligence
In silico toxicity
Quantum chemistry
Synthetic cannabinoids
Resumo em inglês
Criminal science takes a multidisciplinary approach and seeks to bring together social, natural and applied sciences to find new ways to reduce crime. Combating drug trafficking and drug use involves efforts from many countries as they are related to public health and safety issues. The prohibition on the consumption of traditional drugs has generated the appearance of new psychoactive substances (NPS). NPS consist of compounds like those prohibited initially, which aim to mimic the recreational effects and circumvent drug legislation. Synthetic cannabinoids, popularly known as "spice", are sprayed on herbal products to reproduce the recreational effects of cannabis. According to the United Nations Office on Drugs and Crime (UNODC), the toxic effects of synthetic cannabis types are unknown, and there are reports of harm and fatalities associated to the use of these drugs. In Brazil, Law 11.343/2006 brings control mechanisms to the trafficking and consumption of prohibited substances. About the NPS, since 2016 the country has adopted the policy of general prohibition, being banned any cannabimimetic substances. However, there is a lack of information on both the characterization and the harmful effects related to these species. Forensic sciences are essential to aid in drug investigation mechanisms. The speed of appearance of NPS poses a big challenge, since traditional methods may require time and cost to understand the characteristics of these compounds. The concept of forensic sciences as a mere trace analysis has been modified by the idea of forensic intelligence, which consists of using data to make decisions within the investigative process. This work aimed to use in silico methods as an alternative to comprehend the behavior of NPS related to cannabis. We used quantum chemistry methods to evaluate a series of synthetic cannabinoids identified in forensic samples. In this case, the objective was to generate infrared spectra that can be used as a reference for detection. The health risks were assessed through computational toxicity and docking procedures. Chemometrics techniques were used to treat and evaluate the data generated. The results showed that the studies were able to provide information for the understanding of the behavior of these substances. In this way, the in silico methods are demonstrated with great potentiality and can unequivocally assist the application of the Law, whether in the preventive or the repressive aspect
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2021-08-06
Data de Publicação
2019-10-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.