• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.59.2006.tde-15022007-161102
Documento
Autor
Nombre completo
Thaís Thomé Seni da Silva e Oliveira
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Ribeirão Preto, 2006
Director
Tribunal
Caldana, Regina Helena Lima (Presidente)
Alves, Paola Biasoli
Carvalho, Maria das Gracas Bomfim de
Título en portugués
Educar é punir? Compreendendo pontos de vista de pais denunciados por violência física contra seus filhos
Palabras clave en portugués
Práticas Educativas e Intervenção com Famílias
Violência Doméstica
Resumen en portugués
A família além de vivida cotidianamente, é pensada, refletida e pesquisada com diferentes enfoques e objetivos, por diferentes perspectivas teóricas, práticas e metodológicas. Para se estudar a família é preciso antes de tudo desnaturalizá-la e recuperar sua própria história, pois os modelos que hoje temos são resultados de processos de transformação da forma de se ver e educar a criança, como também do contexto social, histórico e cultural em que vivemos. Isso inclui o fenômeno da Violência Doméstica, e mais especificamente o uso de violência física de pais contra filhos, que apesar das modificações ocorridas na visão da criança e das práticas educativas na família ao longo do tempo, sempre existiu e persiste de forma endêmica em nossos dias, constituindo um problema de saúde pública, e requerendo estratégias de intervenção por parte dos serviços de saúde e desenvolvimento social. O presente projeto tem o objetivo de investigar, junto a pais e mães com histórico de violência física contra seus filhos, a visão sobre o que é educar uma criança, sobre seu papel de pai/mãe e sobre as conseqüências de seus comportamentos sobre o filho. Busca, dessa forma, trazer contribuições para uma melhor compreensão do problema da agressão física de pais contra filhos, necessária a programas de intervenção que ultrapassem ações punitivas e de cunho imediatista, visando transformações nas relações familiares a partir da consideração da ótica do agente agressor. Os entrevistados são pais e mães denunciados por agressão física contra os filhos ao Conselho Tutelar da cidade de Barretos ? SP. O modelo de entrevista utilizado é denominado ?história de vida temática?, que prevê inicialmente o relato da história de vida do entrevistado, complementada por um conjunto de tópicos previamente definidos pelo pesquisador. Optou-se pela não delimitação prévia do número de sujeitos, utilizando-se o ponto de saturação. Dessa maneira, foram realizadas seis entrevistas, tendo sido gravadas, transcritas e analisadas qualitativamente. A análise dos dados aponta inconsistências entre as concepções parentais a respeito do que é educar e de seu papel como educadores e as práticas educativas que utilizam com os filhos no cotidiano. Evidencia dificuldades dos pais em utilizar recursos educativos alternativos à punição física e uma naturalização cultural do bater como forma de colocar limites e disciplinar a criança; aponta também a falta de suporte social e econômico dos pais como fatores de risco e de estresse, e a necessidade de implementar programas de intervenção que promovam a integração entre suas concepções e práticas como educadores.
Título en inglés
Is educate punishing? Understanding the points of view of parents disclosed for physical violence against their children
Palabras clave en inglés
childrearing practices
family intervention programs
Physical domestic violence
Resumen en inglés
Nowadays, family is investigated, studied and the object of research of many theoretical perspectives, with different goals and methodologies. However, in order to study the family it is necessary to rescue its history, because the present models we have are the final result of a complex process of social, historical and cultural transformation, and also changes in the ways we see the childhood, what do parents expect from their children and the childrearing practices used to get to the educational goals. Domestic violence is included in all this process, especially the physical violence that parents use against their children, and that constitutes a public health problem in our context. The main objective of this research is to investigate points of view of parents that use physical violence against their children, their conceptions about the educational process, their role as parents and the consequences of their actions in the child?s development. In this direction, it searches contributions to understand the problem of physical violence of parents against their children, to improve intervention programs that overcome punitive actions, seeking effective transformation in family relationships, considering the parent?s point of view. The study was performed in a city of State of São Paulo through interviews with three mothers and three fathers from different families, that had been disclosed for physical violence against their children. Methodology was constructed in a qualitative perspective, using a model of semi-structured interview called ? Thematic Life History?, where participants expose their personal history since their childhood, followed by a previously defined list of topics. Interviews were recorded, transcribed and qualitatively analyzed. Data analysis revealed that parent?s conceptions are not corresponding to their every day actions with their children; the difficulty of parents at knowing or using alternative and non-violent chidrearing practices and a cultural and historical naturalization of the use of physical punishment to establish limits and discipline the child. It also points out the parents` low social and economical support as a risk factor and as the cause of stress for the studied families as well as the necessity of changes in intervention programs to offer the possibility of joining parents conceptions and practices, aiming the improvement of child`s positive global development.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
ThaisDissert.pdf (812.70 Kbytes)
significa que el fichero sólamente puede ser acceder dentro da la Universidad de São Paulo.
Fecha de Publicación
2007-03-21
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2023. Todos los derechos reservados.