• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.59.2013.tde-26032013-100917
Documento
Autor
Nome completo
Maria Fernanda Laus
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2012
Orientador
Banca examinadora
Almeida, Sebastião de Sousa (Presidente)
Galera, Cesar Alexis
Garcia, Rosa Wanda Diez
Pasian, Sonia Regina
Ribeiro, Rosane Pilot Pessa
Título em português
Influência do padrão de beleza veiculado pela mídia na satisfação corporal e escolha alimentar de adultos
Palavras-chave em português
Escolha alimentar
Estudantes universitários
Imagem corporal
Mídia
Satisfação corporal
Resumo em português
A exposição a imagens idealizadas da mídia aumenta a insatisfação com o próprio corpo, especialmente entre o sexo feminino. Entretanto, o impacto da internalização destas normas culturais no comportamento alimentar ainda é desconhecido. Além disso, não há, no Brasil, estudos investigando a influência da mídia na satisfação corporal e na escolha alimentar. O objetivo deste estudo foi avaliar a influência do corpo ideal propagado pela mídia na satisfação com o próprio corpo e na escolha alimentar de estudantes universitários. Os participantes (n=159) foram divididos em grupo experimental (GE expostos a nove fotos de modelos de cada sexo, representativas do ideal de beleza) e controle (GC expostos a nove fotos de objetos neutros). A Escala de Figuras de Silhuetas e o Instrumento de Escolha Alimentar foram aplicados antes e após a exposição. No período pré-exposição, a satisfação corporal média (±DP) foi (em kg/m2), para GE e GC, respectivamente, -0,13 (5,19) e +0,13 (5,66) entre os homens, e -2,13 (4,06) e -2,38 (4,35) entre as mulheres. Adicionalmente, 56,4% dos homens do GE e 65% dos do GC tiveram suas escolhas alimentares classificadas como saudáveis, enquanto, entre as mulheres, estas escolhas foram observadas em 72,5% do GE e 77,5% do GC. Após a exposição aos estímulos, a satisfação diminuiu significantemente entre os homens (M=-0,77; DP=5,99; p<0,05) e mulheres (M=-2,88; DP=4,65; p<0,05) do GE, mas não do GC (p>0,05). Interessantemente, houve um aumento significativo nas escolhas classificadas como saudáveis entre os participantes do GE (10,1%; p<0,01), especialmente entre as mulheres (12,5%; p<0,05), o que não ocorreu no GC. Assim, é possível concluir que a exposição a imagens idealizadas da mídia contribuiu para a insatisfação com o próprio corpo e a melhora na escolha alimentar, possivelmente como uma tentativa de se encaixar no padrão de beleza socialmente aceito. Além disso, os estudantes brasileiros relataram preocupações similares às observadas em outras sociedades ocidentais, indicando que a mídia pode desempenhar um papel fundamental na imagem corporal e no comportamento alimentar.
Título em inglês
Influence of the standard of beauty propagated by the media on body satisfaction and food choice of adults
Palavras-chave em inglês
Body image
Body satisfactio
College students
Food choice
Media
Resumo em inglês
Exposition to idealized images from the media increases body dissatisfaction, especially among women. However, the impact of the internalization of these cultural norms on eating behavior is still unknown. Moreover, there are no studies in Brazil exploring the influence of media on body satisfaction and food choices. The aim of this study was to evaluate the influence of the ideal body conveyed by media on body satisfaction and food choices in college students. Participants (n=159) were divided in experimental (EG - exposed to nine pictures of each sex depicting the ideal body) and control groups (CG - exposed to nine pictures of neutral objects). Subjects were submitted to the Figure Rating Scale and to the Food Photographs Scale, before and after exposition to the pictures. Before the exposure mean (SD) satisfaction was (in kg/m2), to EG and CG respectively, -0.13 (5.19) and +0.13 (5.66) among men, and -2.13 (4.06) and -2.38 (4.35) among women. Additionally, 56.4% of men of the EG and 65% of the CG had their choices classified as healthy, while, among women, healthy choices were observed in 72.5% of the EG and 77.5% of the CG. After viewing the pictures, satisfaction decreased significantly among men (M=-0.77; SD=5.99; p<.05) and women (M=-2.88; SD=4.65; p<.05) of the EG, but not of the CG (p>.05). Interestingly, there was a significant increase on choices classified as healthy among participants of the EG (10.1%; p<.01), especially among women (12.5%; p<.05), which did not occur in the CG. So, it can be concluded that the exposition to idealized media images contributes to body dissatisfaction and improves food choice, suggesting an attempt to fit in this socially accepted ideal. Moreover, Brazilian students display preoccupations similar to others Western societies; indicating that media may play a significant role in body image and eating behavior.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TESE.pdf (6.94 Mbytes)
Data de Publicação
2013-06-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.