• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.59.2013.tde-30102013-141657
Documento
Autor
Nome completo
Bruno Gomes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2013
Orientador
Banca examinadora
Noll, Fernando Barbosa (Presidente)
Andena, Sergio Ricardo
Garofalo, Carlos Alberto
Giannotti, Edilberto
Mateus, Sidnei
Título em português
Diversidade de vespas sociais (Vespidae, Polistinae) na Amazônia ocidental e relação dos ciclos ambientais abióticos sobre o forrageio
Palavras-chave em português
bioindicadores
forrageio
Insetos sociais
Resumo em português
Este trabalho foi dividido em dois capítulos em formato de artigo científico, que fornecem informações sobre diversidade e ecologia de vespas sociais (Polistinae) em três áreas de floresta amazônica no estado de Rondônia. No primeiro capítulo comparamos índices de diversidade de áreas com diferentes níveis de interferência antrópica e apresentamos uma lista de espécies para a região. No segundo observamos a relação de alguns fatores ambientais abióticos (temperatura, umidade relativa do ar e intensidade luminosa) com o forrageio das vespas sociais durante a fotofase (06:00 18:00 h). Foram realizadas 42 coletas ativas com auxílio de solução atrativa (água, sal, açúcar), totalizando 504 horas de coleta de dados. Foram coletadas 2983 espécimes de vespas sociais, distribuídas em 76 espécies de Polistinae, sendo um dos trabalhos com maior diversidade de vespas sociais coletadas no Brasil. As vespas mais abundantes foram Agelaia Lepeletier e com maior riqueza de espécies Polybia Lepeletier. A área com maior interferência antrópica teve os índices de diversidade similares aos da área com menor interferência, com isto, concluímos que a diversidade de vespas sociais (Polistinae) não é um bom parâmetro para indicar o nível de preservação ambiental de fragmentos de floresta, uma vez que estes resultados já foram observados em áreas de Mata Atlântica. Quanto aos fatores abióticos, apenas a temperatura foi significante (P<0.05) e observamos que as atividades de forrageio de Polistinae ocorrem durante todo o período da fotofase, não priorizando horários específicos.
Título em inglês
Diversity of social wasps (Vespidae, Polistine) in the western Amazon and relationship of abiotic environmental cycles on the foraging
Palavras-chave em inglês
bioindicators
foraging
Social insects
Resumo em inglês
This study was divided into two chapters in format of scientific papers, which provide information about ecology and diversity of social wasps (Polistinae) in three areas of Amazon rainforest in state of Rondônia. In the first chapter we compare diversity indices of areas with different levels of human interference as well show a list of species for the region. In the second we present the relation between the abiotic environmental factors (temperature, relative humidity and light intensity) during the photophase (06:00 to 18:00 h) with the foraging of social wasps through statistical analysis. This study was conducted using active collection with an attractive solution (water, salt, sugar) in 42 collections, totaling 504 hours of data collection. We collected 2983 specimens of social wasps, distributed in 76 species of Polistine, being a survey with the greatest diversity of wasps collected in Brazil. The more abundant wasps were Agelaia Lepeletier and the greater richness was Polybia Lepeletier. Samples were taken in the area with the highest anthropogenic interference had diversity indexes near the area with less interference, it concluded with the diversity of social wasps (Polistine) is not a good parameter to indicate the level of environmental preservation of forest fragments, as well has been observed in surveys in the Atlantic forest. Regarding abiotic factors only temperature was significant (P<0.05), and we observed that the activities of Polistine occur throughout the entire photophase period do not prioritizing any specific times.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-11-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.