• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.58.2013.tde-26072013-094705
Documento
Autor
Nome completo
Danielly Cunha Araújo Ferreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2013
Orientador
Banca examinadora
Daldegan, Andiara de Rossi (Presidente)
Prado, Alessandra Maia de Castro
Souza, Fernanda de Carvalho Panzeri Pires de
Título em português
Desenvolvimento e caracterização físico-química de um sistema para liberação intracanal de Epigalocatequina-3-galato e seu efeito na cor dos dentes
Palavras-chave em português
alteração de cor dental
análise físico-química
epigalocatequina-3-galato
medicação intracanal
Resumo em português
O chá-verde apresenta efeitos terapêuticos na saúde geral, principalmente em função da epigalocatequina-3-galato (EGCG), componente com comprovada ação antioxidante, antiinflamatória, antimicrobiana, inativadora de endotoxina bacteriana e mineralizadora. Nesse sentido, a EGCG poderia apresentar papel promissor como medicação intracanal, durante o tratamento endodôntico de dentes portadores de necrose pulpar e lesão periapical. Assim, o objetivo deste estudo foi desenvolver um sistema de liberação tópica de EGCG, para uso no interior do sistema de canais radiculares, caracterizar suas propriedades físico-químicas bem como avaliar a possível alteração de cor dental após sua aplicação no interior dos canais radiculares de dentes decíduos e permanentes. Inicialmente, foi realizada a caracterização físico-química da EGCG por meio de espectrofotometria em Ultravioleta/Visível (UV/Vis), fluorescência e titulação potenciométrica. A seguir, foi desenvolvida uma formulação para liberação tópica prolongada de EGCG, utilizando um veículo viscoso (PEG 400). O comportamento espectral desse novo sistema de liberação de EGCG foi avaliado em função do tempo (1, 2, 3, 4, 5, 6, 24 e 27 horas) e na presença de dentes (decíduos e permanentes). Para a análise da possível alteração de cor dental, foram utilizados 20 dentes decíduos e 20 dentes permanentes, uniradiculares, recém-extraídos, provenientes do Banco de Dentes da FORP-USP. A cor da coroa dos dentes foi determinada antes (dia 0) e 21, 42 e 56 dias após a aplicação intracanal de EGCG, veiculada em água ou PEG 400, com auxílio do espectrofotômetro digital VITA Easyshade. De acordo com os resultados físico-químicos, o espectro de absorção da EGCG na região do UV/Vis apresentou um pico máximo em 274 nm e na fluorescência um pico máximo de absorção em 393 nm. A EGCG apresentou estabilidade em função do tempo e em meio ácido, tendo comportamento espectral alterado em contato com dentes decíduos e permanentes. Em meio básico o espectro de absorção da EGCG em luz UV/Vis foi alterado para 323 nm. O sistema de liberação tópica intracanal de EGCG não alterou suas propriedades físico-químicas, mantendo os valores de absorção em UV/Vis (278 nm) e fluorescência (377 nm), sua estabilidade em função do tempo e não alterou seu comportamento espectral em contato com dentes decíduos e permanentes. A aplicação do sistema proposto de liberação tópica da EGCG, no interior dos canais radiculares de dentes decíduos e permanentes, não causou alteração de cor dental significativa, após o período de 21, 42 e 56 dias. Com base nas metodologias e nos resultados obtidos no presente estudo pode-se concluir que a EGCG apresenta fluorescência e estabilidade em função do tempo e em meio ácido, enquanto em meio básico e na presença de elementos dentais seu comportamento espectral sofre alteração. O sistema desenvolvido para liberação controlada da EGCG manteve suas propriedades físico-químicas, apresentou estabilidade em função do tempo e não foi alterou seu comportamento espectral na presença dos elementos dentais. Ainda, a aplicação intracanal deste sistema não causou alteração de cor da coroa dental.
Título em inglês
Development and characterization of physic-chemical properties of a system for intracanal release of epigallocatechin-3-gallate and its effects on the colour of the teeth
Palavras-chave em inglês
dental colour change
epigallocatechin gallate
intracanal dressing
physic-chemical analysis
Resumo em inglês
Green tea has therapeutic effects on general health, mainly due to epigallocatechin-3-gallate (EGCG), a component with proven antioxidant, anti-inflammatory, antimicrobial, inactivating bacterial endotoxin and mineralization action. In this sense, EGCG could present promising role as an intracanal medication during endodontic treatment of teeth presenting pulp necrosis and periapical lesion. Thus, the objective of this study was to develop a system for topical delivery of EGCG, for use inside the root canal system, characterize their physical and chemical properties as well as to evaluate the possible color change after its application in root canals of deciduous and permanent teeth. Initially, was performed physicochemical characterization of EGCG by spectrophotometry Ultraviolet/Visible (UV/Vis), fluorescence, and potentiometric titulation. Next, a formulation for topical extended release of EGCG using a viscous vehicle (PEG 400) was developed. The spectral characteristic of this new delivery system of EGCG was assessed in function of the medium (acidic, basic or neutral), the time (1, 2, 3, 4, 5, 6, 24 and 27 hours) and in the presence of teeth (deciduous and permanent). To the analysis of possible tooth color changes, 20 primary teeth and 20 permanent teeth, single-rooted, freshly extracted, from the Bank of Teeth FORP-USP, were used. The color of the tooth crown was determined before (day 0) and 21, 42 and 56 days after intracanal application of EGCG diluted in water or PEG 400, using a digital VITA Easyshade spectrophotometer. According to results the physicochemical spectrum of absorption of the EGCG showed maximum absorption peak at 274 nm in the UV/Vis and at 393 nm in the fluorescence. The EGCG presented stability as a function of time and in acid medium, and its spectral behavior was changed in contact with deciduous and permanent teeth. In basic medium the EGCG absorption spectrum in UV/Vis was changed to 323 nm. The topical delivery system of EGCG intracanal did not change its physicochemical properties, maintaining the values of absorption in UV/Vis (278 nm) and fluorescence (377 nm), its stability as a function of time, and does not change its spectral contact with deciduous and permanent teeth. The application of the proposed system for topical delivery of EGCG in the root canals of deciduous and permanent teeth, did not cause significant tooth color change after the period of 21, 42 and 56 days. Based on the methodologies and the results obtained in this study it can be concluded that EGCG presents fluorescence and stability as a function of time and in an acidic medium, whereas in basic medium and in the presence of dental elements its spectral behavior is changed. The system developed for EGCG controlled release maintains its physicochemical properties, presents stability with time and does not change its spectral behavior in the presence of dental elements. Yet, the intracanal application of this system did not change the color of the teeth's crown.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-12-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.