• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.58.2017.tde-14122015-094927
Documento
Autor
Nombre completo
Paula Regina Avila Silvano
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Ribeirão Preto, 2015
Director
Tribunal
Stuani, Maria Bernadete Sasso (Presidente)
Menezes, Luciane Macedo de
Queiroz, Alexandra Mussolino de
Título en portugués
Efeito do laser de baixa potência na vascularização da sutura palatina mediana, após a expansão rápida da maxila, em ratos wistar
Palabras clave en portugués
Expansão rápida da maxila
Laserterapia
Ortodontia
Terapia a laser de baixa intensidade
Vascularização
Resumen en portugués
INTRODUÇÃO: O laser de baixa potencia vem sendo utilizado em Odontologia com diversos objetivos, como diminuir o tempo de reparação de tecidos moles e duros. OBJETIVO: O presente trabalho in vivo teve como objetivo avaliar quantitativamente os efeitos do laser de baixa potência (LBP) com diodo de GaAlAs (Galio-aluminioarsenieto), na vascularização dos tecidos da sutura palatina mediana após a expansão rápida da maxila (ERM) em ratos jovens, através da expressão do RNAm do gene Fator do Crescimento do Endotélio Vascular (VEGF) e da expressão protéica bem como a análise histológica. MATERIAL E MÉTODO: Utilizou-se 70 ratos Wistar (Rattus norvegicus, albinus), machos, pesando em media 220g, divididos em 3 grupos: Grupo Controle (n=10) animais não tratados (sem ERM e sem aplicação do LBP; Grupo Experimental I (n=30) animais que tiveram apenas a ERM. Grupo Experimental II (n=30) animais que receberam 3 aplicações de LBP (nos primeiros 3 dias do experimento) após ERM, totalizando 160J/cm2. Os animais do Grupo Controle foram sacrificados no dia 0 e os os animais dos Grupos Experimentais I e II sacrificados nos dias 3, 7, e 10 dias após a ERM, sendo 15 animais destinados a analise com RT-PCR e western blotting e 15 animais a analise histológica. A extração do RNAt da maxila foi feita com trizol. A síntese da fita de DNA complementar (cDNA) foi feita a partir de 1μg de RNA, por meio de uma reação de transcrição reversa, com a utilização da enzima transcriptase reversa, e a analise da expressão gênica foi realizada pela reação em cadeia pela polimerase em tempo real (qRT-PCR) no sistema TaqMan®. A análise protéica do VEGF, foi realizada por meio da técnica western blotting. Os dados foram agrupados e apresentados como médias e desvios-padrão (continuas variáveis) ou medianas, intervalos interquartil, e os valores mínimos (variáveis ordinais) e máximo. O teste de variância (ANOVA) foi usado comparando os grupos entre si e inter-grupos seguida pelo teste complementar de Tukey, com nível de significância de 5%. O teste Kruskal-Wallis, testes de Dunn (p <0,05) foram utilizados para mediana, amplitude interquartil, valores máximos e mínimos dos escores do número de células inflamatórias. RESULTADOS: Em relação a expressão relativa do gene VEGF tanto o grupo com laser quanto o sem-laser mostraram um aumento significativo da expressão comparado ao grupo controle (p<0,05), principalmente nos períodos iniciais e quando se comparou o grupo irradiado com o não irradiado observou-se que no grupo com laser houve uma maior expressão desses genes do que no grupo sem laser. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem que a formação óssea após a ERM foi observada dentro da sutura palatina e o uso do LBP influenciou a formação óssea acelerando o processo de osteogênese e a vascularização durante a fase inicial do experimento.
Título en inglés
Low-level laser effect on vascularization of the midpalatal suture, after rapid maxillary expansion, in Wistar rats
Palabras clave en inglés
Laser therapy
Low-level laser therapy
Orthodontics
Rapid maxilla expansion
Vascularization
Resumen en inglés
BACKGROUND: The low-level laser terapy (LLLT) has been used in Dentistry with many objectives. OBJECTIVE: The aim of the present in vivo study was to quantitatively evaluate the effects of low-level laser therapy (LLLT) Gallium- Aluminum-Arsenide (GaAlAs) on the vascularization after rapid maxillary expansion (RME) in young rats, and the VEGF gene and protein expressions; and histological analyses. MATERIALS and METHODS: A total of 70 rats Wistar (Rattus norvegicus, albinus), male, weighing 220g, were assigned to three groups: Control Group (n=10) with no treatment (no RME and no LLLT); Experimental I (n=30) with RME without LLLT; Experimental II (n=30) with RME and and 3 aplication of LLLT (160J/cm2). The rats of Control Group were euthanized at day 0 and the animals of Experimental I and II Groups were euthanized at days 3, 7 and 10 after RME for real time reverse transcriptase polymerase chain reaction (RT-PCR) and western blotting analysis and for histological evaluation. Part of the sample was kept at -80°C for genes expression and protein production, and another for histological analysis. The total RNA was extracted using trizol. Complementary DNA (cDNA) was synthesized using 1μg of RNA in a reverse transcription reaction and for genes expression we used RT-PCR in the TaqMan® system. The VEGF and proteins analysis was made using western blotting. Data were grouped and presented as means and standard deviations (continuous variables) or medians, interquartile ranges, and maximum and minimum values (ordinal variables). The ANOVA and Tukey tests were used and significance level was set at 5%. Medians, interquartile ranges, and maximum and minimum values of the numbers scores for cells inflamatory (P<0.05; KruskalWallis, Dunn tests). RESULTS: Regarding VEGF gene and protein expression, both laser and nolaser therapy groups showed a significant increased in these genes expression, compared to the control group, mainly at the initial periods of healing. Laser therapy group showed a higher expression of these genes than no laser group. CONCLUSIONS: The results suggest that bone formation after RME was observed within palatal suture and the application of the LLLT influenced bone formation accelerating the process of bone mineralization during the initial experimental phase.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2017-08-10
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.