• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.58.2017.tde-14072015-085944
Documento
Autor
Nombre completo
Carolina Maschietto Pucinelli
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Ribeirão Preto, 2015
Director
Tribunal
Nelson Filho, Paulo (Presidente)
Rocha, Cristiane Tomaz
Silva, Léa Assed Bezerra da
Título en portugués
Rizogênese incompleta: análise comparativa de dois tipos de irrigação de canais radiculares, em dentes de cães com lesão periapical induzida
Palabras clave en portugués
Irrigação convencional por pressão positiva
Irrigação por pressão apical negativa
Lesão periapical
Rizogênese incompleta
Resumen en portugués
A lesão periapical é uma doença causada por micro-organismos presentes no sistema de canais radiculares, assim como por seus produtos e subprodutos e pelas reações desencadeadas no organismo. A base para a obtenção do sucesso pós-tratamento endodôntico é o controle da infecção. Com essa finalidade, novos sistemas de irrigação dos canais radiculares têm sido desenvolvidos, no qual a irrigação por Pressão Apical Negativa (EndoVac®) tem se destacado. O objetivo desse estudo in vivo foi efetuar uma avaliação histopatológica, histoenzimológica e histomicrobiológica, comparando o sistema EndoVac® com a irrigação convencional, em dentes de cães com rizogênese incompleta e lesão periapical crônica induzida experimentalmente. Um total de 52 canais radiculares de pré-molares com rizogênese incompleta foram aleatoriamente divididos em 4 grupos: Grupo I - Irrigação com EndoVac® (n=15); Grupo II - Irrigação Convencional (n=17); Grupo III - Dente hígido (controle negativo) (n=10) e Grupo IV - Dente com lesão e sem tratamento (controle positivo) (n=10). Após indução de lesões periapicais nos dentes dos Grupos I, II e IV, os dentes dos grupos I e II foram instrumentados com limas manuais, empregando o EndoVac® e a irrigação convencional, respectivamente. Decorridos 90 dias, os animais foram eutanasiados e os espécimes submetidos ao processamento histotécnico para a análise histopatológica morfológica e morfométrica em cortes corados com HE, sob microscopia convencional e de fluorescência. Foi realizada também a histoenzimologia para a Fosfatase Ácida Resistente ao Tartarato (TRAP), para a marcação de osteoclastos, e a coloração de Brown e Brenn, para avaliar a presença de bactérias, sua localização e concentração/intensidade. Os resultados obtidos foram submetidos à análise estatística por meio dos testes de qui-quadrado, Fisher, Anova e pós-teste de Tukey. O nível de significância adotado foi de 5%. Os resultados obtidos na avaliação dos parâmetros histopatológicos evidenciaram diferença significante entre os Grupos I e II (p<0,05), observando-se no Grupo I predomínio de infiltrado inflamatório de menor magnitude, menor espessura do ligamento periodontal e menor reabsorção dos tecidos mineralizados. Embora não tenha sido verificada diferença significante entre esses grupos com relação à extensão das lesões periapicais em microscopia de fluorescência, e com relação à presença, localização e intensidade da contaminação bacteriana, foi observado menor número de osteoclastos no Grupo I (p<0,05). Os resultados do presente estudo in vivo permitiram concluir que a irrigação por pressão apical negativa (EndoVac®) apresentou melhores resultados biológicos, quando comparada à irrigação convencional, favorecendo a ocorrência do processo de reparo, em dentes com rizogênese incompleta e lesão periapical.
Título en inglés
Immature teeth: comparative analysis of two types of root canals irrigation, in dogs's teeth with induced apical periodontitis
Palabras clave en inglés
Apical negative pressure irrigation
Apical periodontitis
Apical positive pressure irrigation (conventional irrigation)
Immature teeth
Resumen en inglés
The apical periodontitis is a disease caused by microorganisms from the root canal system, as well as their products, by-products and the reactions triggered in the host. The postendodontic treatment success is based in the control of the infection. For this purpose, new irrigation systems of root canals have been developed, in which apical Negative Pressure (EndoVac®) have been highlighted. The objective of this in vivo study was to perform a histopathological, histoenzymology and histomicrobiologic evaluation, comparing the EndoVac® system with the conventional irrigation, in immature teeth of dogs with apical periodontitis experimentally induced. A total of 52 root canals of immature pre-molars were randomly assigned into 4 groups: Group I - EndoVac® Irrigation (n= 15); Group II - Conventional Irrigation (n= 17); Group III - Sound Tooth (negative control) (n= 10) and Group IV - Tooth with apical periodontitis without treatment (positive control) (n= 10). After induction of apical periodontitis in teeth of the Groups I, II and IV, in the groups I and II, the teeth were instrumented with manuals files, using EndoVac® and conventional irrigation, respectively. After 90 days, the animals were euthanized and the specimens subjected to histotechnic for histopathological, morphologic and morphometric analysis in HE-stained sections, under conventional and fluorescence microscopy. The histoenzymology for the phosphatase-Resistant Acid tartrate (TRAP), for the identification of osteoclasts, and the Brown and Brenn staining method to assess the presence of bacteria, their location and concentration/intensity were also performed. The results obtained were subjected to statistical analysis using the chi-square test, Fisher exact test, ANOVA and Tukey post-test. The level of significance was set at 5%. The results obtained in the evaluation of histopathological parameters demonstrated a significant difference between groups I and II (p< 0.05). In the Group I, the predominance was inflammatory infiltrate of low magnitude, small thickness of the periodontal ligament and less resorption of mineralized tissues. Although the periapical lesions extension in fluorescence microscopy, and the presence, location, and intensity of bacterial contamination was not significant different between these groups, a lower number of osteoclasts in Group I (p< 0.05) was observed. The results of this in vivo study allowed us to conclude that the irrigation with EndoVac® presents best biological results in relation to conventional irrigation, favored the occurrence of the repair process, in immature teeth with apical periodontitis.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2017-08-16
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.