• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Amanda Buosi de Biagi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Vansan, Luiz Pascoal (Presidente)
Arruda, Marcos Pôrto de
Berbert, Fábio Luiz Camargo Villela
Pecora, Jesus Djalma
Título em português
Avaliação da permeabilidade dentinária após o emprego de diferentes protocolos de irrigação e técnicas de instrumentação mediante análise histoquímica por microscopia digital e microscopia confocal a laser
Palavras-chave em português
Corantes
EDTA
Hipoclorito de sódio
Microscopia confocal a laser
Permeabilidade dentinária
Resumo em português
O presente estudo teve como objetivo avaliar, in vitro, a permeabilidade dentinária após o emprego de diferentes protocolos de irrigação e técnicas de instrumentação, por meio das microscopias digital e confocal a laser. Oitenta incisivos inferiores tiveram suas coroas removidas e suas raízes foram coradas pela reação entre o sulfato de cobre e o ácido rubeânico. Na etapa 1, o preparo biomecânico com múltiplos instrumentos foi realizado em 50 raízes, que foram divididas em 5 grupos (n=10) conforme os protocolos de irrigação: G1 - Grupo Controle; G2 - Irrigação Convencional; G3 - Irrigação Alternada; G4 - Irrigação Alternada + PUI e G5 - Irrigação Alternada + EndoVac. Os dados obtidos foram submetidos a analise estatística com números absolutos, médias e desvios-padrão, análise de variância One-Way ANOVA seguido de teste de Tukey, com significância de 5%. Na comparação intergrupos, para a microscopia digital o grupo G5 apresentou as maiores médias para os dois terços analisados, não havendo diferença significante entre os grupos (p=0,213). Na microscopia confocal a laser, para o terço médio, o grupo G3 foi estatisticamente diferente do grupo G4 (p>0,05), havendo diferença extremamente significante entre os grupos G4 e G5 (p<0,001). Já para o terço apical, as diferenças foram extremamente significantes entre o grupo G5 e o grupo G2, e entre o grupo G5 e o grupo G4 (p<0,001). A diferença estatística entre o grupo G5 e o grupo G3 foi significante (p>0,05). Na etapa 2, foram utilizadas 30 raízes com o propósito de comparar três diferentes técnicas de instrumentação a partir da seleção do protocolo de irrigação que apresentou melhor resultado (G5 EndoVac). Essas raízes foram divididas em três grupos (n=10) de acordo com as técnicas de instrumentação selecionadas: GI (Race), GII (Reciproc BLUE) e GIII (XP-Endo Shaper), seguindo as mesmas análises propostas na etapa 1. A análise por microscopia digital, para esta etapa, mostrou que no terço médio houve diferença estatística significante entre o grupo GI e o grupo GIII (p<0,01) e, no terço apical, houve diferença estatística significante entre o grupo GI e os grupos GII e GIII (p<0,05). A análise por microscopia confocal a laser, no terço médio mostrou que houve diferença estatisticamente significante entre os grupos GI e GIII (p<0,01), enquanto no terço apical essa diferença foi extremamente significante entre os grupos GI e GIII (p<0,001), entre GII e GIII a diferença estatística foi significante (p<0,01). O protocolo de irrigação com EndoVac foi mais eficiente para aumentar a permeabilidade dentinário nos dois terços radiculares analisados quando comparado à irrigação convencional e irrigação com utilização do PUI. Por outro lado, a técnica de instrumentação com múltiplos instrumentos foi superior quando comparada aos sistemas de instrumentação de lima única Reciproc BLUE e XP-endo Shaper em relação à permeabilidade dentinária nos dois terços radiculares analisados
Título em inglês
Evaluation of dentin permeability after the use of different irrigation protocols and instrumentation techniques by histochemical analysis using digital microscopy and confocal laser microscopy.
Palavras-chave em inglês
Dentin permeability
Dyes
EDTA
Laser confocal microscopy
Sodium hypochlorite
Resumo em inglês
This in vitro study aimed to assess the dentin permeability after use of different irrigation protocols and instrumentation techniques, using digital and confocal laser microscopy. Eighty mandibular incisors had their crowns removed and their roots were stained by the reaction between copper sulphate and rubeanic acid. In step 1, the biomechanical preparation with multiple instruments was performed in 50 roots, which were divided into 5 groups (n = 10) according to the irrigation protocols: G1 - Control Group; G2 - Conventional Irrigation; G3 - Alternate Irrigation; G4 - Alternate Irrigation + PUI e G5 - Alternate Irrigation + EndoVac. Data were submitted to descriptive statistical analysis with absolute numbers, means, standard deviations and One-Way ANOVA variance analysis fallowed by Tukeys test. A significance level of 5% was considered. In the intergroup comparison, for the digital microscopy, the G5 had the highest averages for the two-thirds analyzed, and no significant difference was found between the groups. In the confocal laser microscopy, for the middle third, G3 was statistically different from the G4 (p> 0.05), with an extremely significant difference between G4 and G5 (p <0.001). For the apical third, the differences were extremely significant between G5 and G2, and between G5 and G4 (p <0.001). The statistical difference between G5 and G3 was significant (p> 0.05). In step 2, thirty roots were used with the aim of comparing three different instrumentation techniques from the selection of the irrigation protocol that presented the best result (G5 - EndoVac). These roots were divided into three groups (n = 10) according to the selected instrumentation techniques: GI (Race), GII (Reciproc BLUE) and GIII (XP-Endo Shaper), following the same analyzes proposed in step 1. The analysis by digital microscopy, for this stage, showed a statistically significant difference between GI and GIII in the middle third (p <0.01) and, in the apical third, a statistically significant difference between GI and GII and GIII groups (p <0.05 The analysis by confocal laser microscopy, in the middle third, showed a statistically significant difference between GI and GIII (p <0.01), while in the apical third, this difference was extremely significant between GI and GIII (p <0.00), between GII and GIII, the statistical difference was significant (p <0.01). Irrigation protocol with EndoVac was more efficient to increase the dentinal permeability in the two thirds root analyzed, when compared to conventional irrigation and irrigation with PUI. On the other hand, the instrumentation technique with multiple instruments was superior when compared to the Reciproc BLUE and XP-endo Shaper single-file instrumentation systems in relation to the dentinal permeability in the two-thirds of the root analyzed
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-10-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.