• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Júlia Adornes Gallas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Gabriel, Aline Evangelista de Souza (Presidente)
Corona, Silmara Aparecida Milori
Salvador, Sergio Luiz de Souza
Tanomaru Filho, Mario
Título em português
Potencial antimicrobiano de extratos derivados da romã (Punica granatum L.) contra patógenos relacionados à infecção endodôntica
Palavras-chave em português
Atividade antimicrobiana
Extrato natura l
Punica granatum L.
Romã
Soluções irrigantes
Resumo em português
A biodiversidade da flora brasileira abre a possibilidade de estudos com extratos naturais para formulações de soluções irrigantes bactericidas e biocompatíveis para uso na terapia endodontia. Este estudo teve como objetivo analisar o potencial antimicrobiano de extratos da Punica granatum L. (P. granatum) contra micro-organismos presentes nas infecções do sistema de canais radiculares. Foram preparados extratos hidroetanólicos (50% etanol e 50% água) na concentração de 100 mg/mL, a partir da liofilização da casca, folha e semente da P. granatum, contra os seguintes microrganismos: Escherichia coli, Staphylococcus aureus, Streptococcus mutans, Enterococcus faecalis e Candida albicans. Os grupos foram distribuídos de acordo com o extrato de P. granatum: G1 etanol 50% (controle positivo), G2 - hipoclorito de sódio 1% (NaOCl) (controle negativo), G3 Extrato da casca, G4 Extrato da folha, G5 Extrato da semente. A capacidade antimicrobiana dos extratos foi avaliada pelo teste de difusão em ágar, concentração inibitória mínima (CIM) e concentração bactericida/fungicida mínima (CBM/CFM). Os dados, em mm, foram analisados por Analise de Variância e teste de Tukey (p<0,05). Pelo teste de difusão em ágar, verificou-se que, independentemente do micro-organismo, o maior halo de inibição foi encontrado para o controle positivo (30,76 ± 4,73 a), seguido da casca e folha, que não apresentaram diferença significante entre si (23,32 ± 3,65 b e 21,08 ± 2,28 b, respectivamente). A semente apresentou o menor halo de inibição microbiana (17,83 ± 6,92 c) (p<0,05). Na comparação isolada para cada micro-organismo, os extratos da casca e folha apresentaram atividade antimicrobiana semelhante ao NaOCl para a bactéria S. mutans (p=0,0000), além de exercerem bom efeito antimicrobiano sobre os demais micro-organismos. Para as bactérias E. faecalis e E. coli, os extratos (casca, folha e semente) apresentaram halos de inibição semelhantes entre si (p>0,05), porém inferiores aos obtidos pelo controle positivo. Com relação a CIM e CBM/CFM, encontrou-se efeito bactericida e bacteriostático para todos os extratos. Verificou-se maior zona de inibição para o extrato da casca contra a C. albicans (CIM = 6,25 mg/mL e CFM = 12,5 mg/mL), seguido da S. aureus (CIM e CBM =12,5 mg/mL). Concluiu-se que, os extratos hidroalcoólicos de P. Granatum L. apresentaram atividade antimicrobiana contra os patógenos orais comuns nas infecções endodontias, com a maior atividade para os obtidos da casca e folha
Título em inglês
Antimicrobial potential of extracts from pomegranate (Punica granatum L.) against endodontic pathogens
Palavras-chave em inglês
Antimicrobial activity
Irrigating solutions
Natural extract
Pomegranate
Punica granatum L.
Resumo em inglês
Brazilian flora biodiversity opens possibility of studies with natural extracts for bactericidal and biocompatible solutions for use in endodontic therapy. The purpose of this study was to investigate the antimicrobial effect of Punica granatum L. (pomegranate) against pathogens of infections from root canal system. Ethanolic solutions (50% ethanol and 50% water) were prepared in 100 mg/mL of lyophilized extracts derived from the peel, seed and leaf of pomegranate, against the following oral microorganisms: Escherichia coli, Staphylococcus aureus, Streptococcus mutans, Enterococcus faecalis and Candida albicans. The groups were distributed according to the extract tested for root canal irrigation: G1 - 50% ethanol (positive control), G2 - 1% sodium hypochlorite (NaOCl) (negative control), G3 - Solution of the peel, G4 Seed solution, G5 - Solution of the leaf. The antimicrobial capacity of the extracts was evaluated by the agar diffusion test, minimum inhibitory concentration (MIC) and minimum bactericidal / fungicidal concentration (MCB/MFC). The data were analyzed by ANOVA (extracts and microorganisms) and Tukey test (p<0.05). By the diffusion test in agar, it was verified that, independently of the microorganism, the largest inhibition zone was found for the positive control (30.76 ± 4.73 a), followed by peel and leaf, which did not presented significant difference between them (23.32 ± 3.65 and 21.08 ± 2.28 b, respectively). The seed had the lowest of microbial inhibition zone (17.83 ± 6.92 c) (p<0.05). In the isolated comparison for each microorganism, peel and leaf extracts presented antimicrobial activity similar to NaOCl for S. mutans (p = 0.0000), besides having a good antimicrobial effect on the other microorganism. For the E. faecalis and E. coli, the extracts (peel, leaf and seed) had similar inhibition zones (p>0.05), but lower than those obtained by the positive control. Regarding MIC and MBC/MFC, it was found a bactericidal and bacteriostatic effect for all extracts. The P. granatum peel extract had greater inhibition zone against C. albicans (MIC = 6.25 mg/mL and MFC = 12.5 mg/mL), followed by S. aureus (MIC and MBC = 12.5 mg/mL). It may be concluded that the hydroalcoholic extracts of P. granatum L. presented antimicrobial activity against oral pathogens common in endodontic infections, with the highest activity for those obtained from the peel and leaf
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-07-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.