• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.58.2017.tde-14052015-100146
Documento
Autor
Nombre completo
Maria Paula Della Vecchia
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Ribeirão Preto, 2015
Director
Tribunal
Souza, Raphael Freitas de (Presidente)
Margonar, Rogério
Mesquita, Marcelo Ferraz
Neves, Flávio Domingues das
Título en portugués
Ensaio clínico randomizado de sobredentaduras mandibulares retidas por mini-implantes ou implantes convencionais: análise de parâmetros clínicos e custo
Palabras clave en portugués
Custos e análise de custos
Ensaio clínico controlado aleatório
Implante dentário ossoeintegrado
Mini-implante dentário
Overdenture
Prótese total
Resumen en portugués
As próteses do tipo sobredentaduras mandibulares retidas por dois implantes convencionais têm sido consideradas como o tratamento padrão para o edentulismo completo. No entanto, muitos pacientes rejeitam essa modalidade de tratamento devido aos custos e desconforto associados à inserção dos implantes. Os mini-implantes têm grande potencial para a resolução dessas limitações, pois são potencialmente menos custosos que os convencionais e podem ser instalados por meio de técnicas cirúrgicas mais simples. O objetivo deste estudo foi comparar a taxa de sucesso dos implantes e das sobredentaduras, a qualidade das próteses e os custos do tratamento, após instalação de mini-implantes (dois ou quatro) ou de dois implantes convencionais para retenção de sobredentaduras mandibulares, por meio de um ensaio clínico randomizado. Cento e vinte participantes edentados totais (média etária 59,5±8,5 anos) foram alocados aleatoriamente em um dos três grupos conforme o tratamento recebido: (GI) quatro mini-implantes; (GII) dois mini-implantes; e (GIII) dois implantes convencionais (grupo controle). Durante seis meses, as seguintes variáveis de desfecho foram avaliadas: a taxa de sucesso dos implantes e das sobredentaduras (incluindo parâmetros de saúde periimplantar), a qualidade das próteses e custos diretos e indiretos do tratamento. Os grupos foram comparados por meio de ANOVA seguida do teste HSD de Tukey ou Equações de Estimação Generalizadas (EEG) (α=0,05). A taxa de sobrevivência dos implantes foi diferente entre os grupos avaliados: GI (n=152): 94%; GII (n=84): 84% e GIII (n=80): 99%. Apesar de não haver diferença para os outros critérios de sucesso clínico entre os grupos, GI e GII apresentaram menor índice de placa comparado ao GIII, no baseline e após seis meses. GI teve menos ocorrências de dor ao redor de implantes do que os outros grupos em seis meses. A qualidade das próteses também foi diferente para os tratamentos avaliados; as sobredentaduras mandibulares foram mais estáveis no GI comparado com o GIII, após seis meses de uso, com GII apresentando resultados intermediários. Uma tendência inversa foi observada para a estabilidade da prótese total superior, com resultados discretamente superiores no GIII em relação ao GI. Os gastos com os materiais de consumo e permanentes foram menores para o GII (custo médio: R$ 450,67), seguido pelo GI (R$ 778,92), e GIII (R$ 856,44). Os grupos não apresentaram diferenças significantes estatística ou clinicamente para nenhum outro critério avaliado. Concluiu-se que as sobredentaduras mandibulares retidas por quatro mini-implantes são tão eficazes quanto aquelas retidas por dois implantes convencionais. No entanto, as sobredentaduras mandibulares retidas por dois mini-implantes foram menos eficazes, devido à baixa taxa de sucesso dos implantes para este tratamento.
Título en inglés
A randomized clinical trial of mandibular overdentures retained by mini or convencional implants: clinical parameters and cost analysis
Palabras clave en inglés
Complete denture
Costs and costs analysis
Dental implant
Mini dental implant
Overdenture
Randomized controlled trial
Resumen en inglés
Mandibular overdentures retained by two conventional implants have been considered as the standard of care for complete edentulism. However, many patients refuse that treatment modality due to associated costs and post-surgical discomfort. Mini-implants are possibly able to overcome those limitations, due to their potentially lower costs and a relatively uncomplicated surgical technique. This study aimed to compare the success rate of implants and overdentures, denture quality and treatment costs, following the insertion of mini-implants (two or four) or two standard-size implants for the retention of mandibular overdentures, by means of a randomized clinical trial. One hundred and twenty edentulous participants (mean age 59.5±8.5 years) were randomly allocated into three groups according to received treatment: (GI) four mini-implants, (GII) two mini-implants, or (GIII) two standard implants. During six months, the following outcomes were evaluated: the success rate of implants and overdentures (including parameters of peri-implant health), denture quality and direct and indirect costs of treatment. Groups were compared by ANOVA followed by Tukey HSD test or Generalized Estimating Equations (GEE) (α=0.05). Implant survival rate was distinct for the tested groups, as follows: GI (n=152): 94%; GII (n=84): 84%; and GIII (n=80): 99%. Although groups were similar for other criteria of clinical success, GI and GII presented lower plaque index compared to GIII, both on baseline and after six months. GI had less occurrences of pain around implants than the other groups in six months. Denture quality was also different for the tested treatments; mandibular overdentures were more stable for GI than for GIII following six months of wearing, with GII presenting intermediate results. This was accompanied by an inverse trend for maxillary dentures stability, with slightly better results with GIII compared to GI. Expenses with consumables and permanent materials were the lowest for GII (average cost: R$ 450.67), followed by GI (R$ 778.92), and GIII (R$ 856.44). Groups did not present statistically or clinically significant differences for other criteria of clinical performance or cost. It was concluded that the mandibular overdentures retained by four mini-implants are as effective as those retained by two conventional implants. Nevertheless, the mandibular overdentures retained by two mini-implants were less effective, due to the lower success rate of implants for such treatment.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2017-08-09
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.