• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.5.2020.tde-09112020-130929
Documento
Autor
Nome completo
Valeria Brito Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Dinardo, Carla Luana (Presidente)
Bianchi, Juliana Vieira dos Santos
Okay, Thelma Suely
Santos, Paulo Caleb Júnior de Lima
Título em português
Associação entre os polimorfismos genéticos c.-318C > T e c.49A > G do gene CTLA4 e o risco de aloimunização contra antígenos eritrocitários
Palavras-chave em português
Anemia falciforme
Genes
Imuno-hematologia
Polimorfismo
Transfusão
Resumo em português
Introdução: A molécula Cytotoxic T-lymphocyte-associated antigen 4 (CTLA-4) é expressa na membrana dos linfócitos T e regula negativamente o processo de apresentação do antígeno, mediando à tolerância periférica e prevenindo doenças autoimunes. Expressão reduzida de CTLA-4, devido a polimorfismos genéticos, está associada ao aumento do risco de distúrbios autoimunes, cuja fisiopatologia é similar à aloimunização pós-transfusão de concentrado de hemácias (CH). Objetivos: Avaliar se polimorfismos do gene CTLA4, que afetam a expressão proteica, estão associados à aloimunização eritrocitária. Métodos: Estudo de caso-controle em que 134 pacientes com doença falciforme (DF) e 253 pacientes não-DF foram incluídos. Todos os pacientes foram genotipados para os polimorfismos c.49A > G e c.-318C > T do gene CTLA4. As frequências genotípicas foram comparadas entre os grupos de pacientes aloimunizados e não-aloimunizados. Resultados: A frequência do genótipo c.-318C > T diferiu significativamente entre pacientes com DF aloimunizados e não-aloimunizados, independentemente de potenciais confundidores clínicos (p = 0,016). Pacientes com DF heterozigotos para o alelo c.-318T apresentaram maior risco de desenvolvimento de aloanticorpos (OR: 5,4; IC: 1,15 - 25,6). Conclusão: O polimorfismo c.-318C > T do gene CTLA4 está associado à aloimunização eritrocitária em pacientes com DF. Isso destaca o papel desempenhado pelo CTLA-4 no desenvolvimento de aloanticorpos pós-transfusionais
Título em inglês
Association between the c.-318C > T and c.49A > G polymorphisms of the CTLA4 gene and the risk of alloimmunization against erythrocyte antigens
Palavras-chave em inglês
Genes
Immunohematology
Polymorphisms
Sickle cell disease
Transfusion
Resumo em inglês
Background: Cytotoxic T-lymphocyte-associated antigen 4 (CTLA-4) molecule is expressed on T-lymphocyte membrane and negatively regulate the antigen-presenting process, mediating peripheral tolerance and preventing autoimmune diseases. Reduced expression of CTLA-4 due to gene polymorphisms is associated with increased risk of autoimmune disorders, whose physiopathology is similar to that of post-transfusion red blood cell (RBC) alloimmunization. Goal: Evaluate if polymorphisms of CTLA-4 gene that affect protein expression are associated with RBC alloimmunization. Methods: Case-control study in which 134 sickle cell disease (SCD) patients and 253 non-SCD patients were included. All patients were genotyped for the polymorphisms c.49A > G and c.-318C > T of CTLA-4 gene. Genotype frequencies were compared between groups of alloimmunized and non-alloimmunized patients. Results: The genotype frequency of c.-318C > T differed significantly between alloimmunized and non-alloimmunized SCD patients, irrespective of clinical confounders (p = .016). SCD patients heterozygous for c.-318C > T allele presented higher risk of alloantibody development (OR: 5.4, CI: 1.15-25.6). Conclusion: The polymorphism c.-318C > T of CTLA-4 gene is associated with RBC alloimmunization among SCD patients. This highlights the role played by CTLA-4 on post-transfusion alloantibody development
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-11-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.