• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.5.2022.tde-14062022-114817
Documento
Autor
Nombre completo
Eloisa Pinheiro Ferrari
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2022
Director
Tribunal
Nemr, Nair Katia (Presidente)
Fernandes, Maria Cristina de Menezes Borrego
Ferreira, Léslie Piccolotto
Vilela, Nadia
Título en portugués
Relação entre risco de disfonia e qualidade vocal em estudantes de artes cênicas
Palabras clave en portugués
Arte
Disfonia
Distúrbios da voz
Estudantes
Qualidade da voz
Voz
Resumen en portugués
Introdução: Por meio da voz podemos dar vida a um personagem, como é o caso dos atores. Os atores precisam mudar componentes de sua voz, para transmitir expressão emocional, e utilizar uma projeção vocal efetiva, enquanto usam o mínimo esforço vocal. Além disso, fatores como hábitos vocais prejudiciais, condições ambientais, e questões de saúde geral e psicológica interferem na voz do ator, e podem ser observados nessa categoria profissional desde o período de formação. Objetivo: Analisar a relação entre o risco de disfonia e a qualidade vocal em estudantes de graduação em Artes Cênicas. Métodos: Estudo transversal observacional com 38 estudantes de graduação em Artes Cênicas de uma universidade pública. Foram aplicados protocolos de rastreio de risco de disfonia geral e específico para atores, e realizadas gravações das seguintes tarefas: emissão sustentada da vogal /a/, fala espontânea e leitura de um texto, para análise perceptivo-auditiva efetuada por três avaliadores com o uso da escala GRBASI. Após testes de confiabilidade intra e inter-avaliadores foi criada uma classificação final do grau do desvio vocal para cada participante. Foram feitas análise descritiva de subitens dos protocolos e comparações de grupos considerando o sexo, questões, subitens dos protocolos e a partir da classificação final do grau geral do desvio vocal. Resultados: A maioria dos estudantes apresentou alto risco para disfonia. Na análise perceptivo-auditiva todos apresentaram alteração vocal, com predominância de grau leve. Nas comparações, houve mais estudantes sexo masculino atuando profissionalmente. Os estudantes que tinham outra profissão ou atividade com uso da voz obtiveram maior pontuação no protocolo específico para atores, e na soma desse protocolo com o protocolo de rastreio geral. Não houve relação entre o grau de alteração vocal e o risco de disfonia. Os estudantes que ainda não atuavam profissionalmente apresentaram mais alterações vocais de grau moderado ou severo, e os que atuavam profissionalmente alteração de grau leve. Conclusão: A maior parte da amostra de estudantes apresentou alto risco para disfonia. Todos apresentaram alteração vocal, com predomínio de grau leve. Não houve relação entre o risco de disfonia e o grau de alteração vocal
Título en inglés
Risk of dysphonia and voice quality in performing arts students
Palabras clave en inglés
Art
Dysphonia
Students
Voice
Voice disorders
Voice quality
Resumen en inglés
Introduction: Through the voice we can give life to a character, like the actors. Actors need to change components of their voice to convey emotional expression, and use effective vocal projection, while using minimal vocal effort. Moreover, factors such as harmful vocal habits, environmental conditions, and general health and psychological issues interfere with the actor's voice, and can be observed in this professional category since the training period. Objective: To analyse the relationship between the risk of dysphonia and vocal quality in undergraduate students in Performing Arts. Methods: Observational crosssectional study with 38 undergraduate students in Performing Arts at a public university. We applied screening protocols for general and specific risk of dysphonia for actors, and made recordings of the following tasks: sustained emission of the vowel /a /, spontaneous speech and reading a text, for auditoryperceptual analysis of three evaluators using the GRBASI scale. After intra and inter-rater reliability tests, a final classification of the degree of vocal deviation was created for each participant. Descriptive analysis of protocol sub-items and group comparisons were made considering gender, questions, protocol subitems and the final classification of the overall degree of vocal deviation. Results: Most of students were classified as at high risk for dysphonia. In the perceptualauditory analysis all of them presented vocal alteration, with a predominance of mild degree. There were more male students working professionally. Students who had another profession or activity with voice use scored higher in the specific protocol for actors, and in the sum of this protocol with the general screening protocol. There was no relationship between the degree of vocal alteration and the risk of dysphonia. Students who did not yet work professionally had more moderate or severe vocal alterations, and those who worked professionally had mild alterations. Conclusion: Most of the student sample was at high risk for dysphonia. All of them had vocal alteration, with a predominance of mild alteration. There was no relationship between the risk of dysphonia and the degree of vocal alteration
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2022-06-22
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2023. Todos los derechos reservados.