• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.5.2020.tde-12022021-105119
Documento
Autor
Nome completo
Maria Clara Drummond Soares de Moura
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2020
Orientador
Banca examinadora
Vilibor, Renata Hydee Hasue (Presidente)
Brentani, Alexandra Valeria Maria
Machado, Kátia Karina do Monte Silva
Pompeu, José Eduardo
Título em português
Responsividade do controle postural de crianças com e sem Transtorno do Desenvolvimento da Coordenação (TDC) à Estimulação Transcraniana por Corrente Contínua (ETCC)
Palavras-chave em português
Crianças
Desenvolvimento infantil
Equilíbrio postural
Estimulação transcraniana por corrente contínua
Transtorno das habilidades motoras
Transtornos do neurodesenvolvimento
Resumo em português
O Transtorno do desenvolvimento da coordenação (TDC) pode atingir 5% das crianças em idade escolar e tem como um dos principais sinais o déficit de equilíbrio. As bases neurais desta alteração ainda não estão claras. Áreas fundamentais para o controle postural como o cerebelo (CE) e o córtex motor primário (M1) podem estar funcionalmente alteradas em crianças com TDC, levando ao prejuízo do equilíbrio. Investigar o efeito da neuromodulação destas áreas pode ajudar a compreender as bases neurais do TDC e também a definir estratégias terapêuticas mais eficazes. Assim, o objetivo do presente estudo é verificar os efeitos imediatos da estimulação elétrica transcraniana por corrente contínua (ETCC) em M1 e CE sobre o equilíbrio de crianças com e sem TDC. Métodos: Quinze crianças com TDC e 15 crianças com desenvolvimento típico (DT) receberam quatro sessões de ETCC: anódica em M1, anódica em CE, catódica em CE ou sham, em ordem aleatória e com intervalo mínimo de uma semana entre elas. Amplitude, velocidade, área e deslocamento total do centro de pressão foram avaliados em plataforma de força imediatamente antes e após cada sessão de ETCC, nas condições com manipulação proprioceptiva e visual. Resultados: Nas crianças com TDC, a ETCC-CE anódica gerou uma piora do equilíbrio, com aumento do deslocamento total (p < 0,001), velocidades anteroposterior (p=0,01) e mediolateral (p=0,02), enquanto a nas crianças com DT, a ETCC-CE anódica não gerou efeitos sobre o equilíbrio, mas a ETCC-CE catódica reduziu a velocidade anteroposterior (p=0,05) e marginalmente a área (p=0,07). Já a ETCC-M1 foi eficaz em reduzir os parâmetros da oscilação postural em ambos os grupos. Discussão e Conclusão: Este foi o primeiro estudo demonstrando os efeitos da ETCC sobre o controle postural de crianças com e sem TDC. Uma única sessão permitiu a melhor compreensão dos efeitos da ETCC no controle postural destes dois grupos de crianças, sendo que a ETCC-CE catódica parece diminuir enquanto a estimulação anódica parece aumentar a atividade tônica inibitória que o cerebelo exerce sobre o córtex motor primário nas crianças. Já a estimulação anodal em M1 provavelmente facilitou o controle postural, melhorando o recrutamento muscular e reduzindo a oscilação corporal em ambos os grupos
Título em inglês
Responsiveness of postural control of children with and without Developmental Coordination Disorder (DCD) to Transcranial Direct Current Stimulation (tDCS)
Palavras-chave em inglês
Child
Child development
Motor skills disorders
Neurodevelopmental disorders
Postural balance
Transcranial direct current stimulation
Resumo em inglês
Developmental Coordination Disorder (DCD) can affect 5% of school-age children and, as one of the main signs, the balance deficit. The neural basis for this change is not clear yet. Fundamental areas for postural control such as the cerebellum (CE) and the primary motor cortex (M1) may be functionally altered in children with DCD, leading to impaired balance. Investigating the effect of neuromodulation in these areas can help to understand the neural basis of DCD and also to define more effective therapeutic strategies. Thus, the aim of the present study is to verify the immediate effects of transcranial direct current electrical stimulation (tDCS) in M1 and CE on the balance of children with and without DCD. Methods: Fifteen children with DCD and 15 typical development children (TD) received four sessions of tDCS: anodic in M1, anodic in CE, cathodic in CE or sham, in random order and with at least one-week interval between them. Amplitude, velocity, area and total displacement of the center of pressure were evaluated on a force platform immediately before and after each tDCS session, under conditions with proprioceptive and visual manipulation. Results: In children with DCD, anodic CE-tDCS caused a worsening of balance, with an increase in total displacement (p < 0.001), anteroposterior (p = 0.01) and mediolateral (p = 0.02) velocity, while in TD children, the anodic CE-tDCS did not have any effect on balance, however cathodic CE-tDCS reduced the anteroposterior velocity (p = 0.05) and marginally the area (p = 0.07). The M1-tDCS was effective in reducing postural sway parameters in both groups. Discussion and Conclusion: This was the first study demonstrating the effects of tDCS on postural control in children with and without DCD. A single session allowed a better understanding of the effects of tDCS on postural control of these two groups of children, with cathodic CE-tDCS seeming to decrease while anodic stimulation seems to increase the inhibitory tonic activity that the cerebellum exerts on the primary motor cortex in children. Anodal stimulation in M1, on the other hand, might have improved postural control, facilitating muscle recruitment and reducing body sway in both groups
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-02-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.