• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.5.2021.tde-10112021-172602
Documento
Autor
Nome completo
Jéssica Candido Jeronimo da Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Caromano, Fátima Aparecida (Presidente)
Almeida, Maria Helena Morgani de
Bedeschi, Cynthia
Frutuoso, Jecilene Rosana Costa
Título em português
Análise da Estratégia Motora da Mão no Desempenho do Teste Háptico Manual de Alto Relevo com Formas Geométricas - HP-hrg
Palavras-chave em português
estratégias motoras
Mãos
Percepção da forma
Percepção do toque
Resumo em português
Contextualização: O Teste de Percepção Háptica Manual-relevo e formas geométricas (HP-hrg) foi desenvolvido com o objetivo de graduar o desempenho em atividades-teste de percepção háptica manual utilizando figuras geométrica em alto relevo, fornecendo escore e permitindo estudo desta habilidade sensório-motora de forma embasada e confiável. Estudos prévios determinaram a validade de construto, usabilidade, confiabilidade e consistência interna. Em continuidade à pesquisa este estudo tem como objetivo, a análise e caracterização das estratégias motoras manuais (EMs) utilizadas na exploração das atividades-teste e determinação da relevância da avaliação e registro do número e dos tipos de EMs, e o tempo de execução das atividades, como variáveis do teste. Método: Trata-se de estudo observacional no qual participaram 50 universitários saudáveis de ambos os sexos, com idade variando entre 18 e 30 anos, destros e não fumantes, que realizaram o HP-hrg em situação controlada, enquanto suas mãos eram filmadas. A observação sistemática da mão utilizada na exploração da atividade teste, via filmes, permitiu a coleta de dados das variáveis da pesquisa, que foram categorizadas, a saber, o dedo ou segmento da mão utilizada na exploração (EMs). Resultados e discussão: o número de vezes que a EMs foi utilizada e o tempo de exploração nas 6 diferentes atividades-teste. Foram feitas análises estatísticas descritiva dos dados e, de correlações entre as número de EMs, tempo de execução da atividade teste e escore. Encontrou-se que as EMs falange distal do dedo indicador e a do dedo médio foram utilizadas por 50 e 47 participantes, respectivamente. A EMs de exploração fina com os dedos da mão (Skimming) foi utilizada 140 vezes nas atividades de grau de dificuldade fácil, 168 vezes nas médias e, 168 vezes nas difíceis. A EMs deslizamento da palma da mão (Scanning) foi utilizada por 41 dos 50 participantes, e repetiu-se 40 vezes nas atividades fáceis, 41 vezes nas médias e 39 vezes nas difíceis. Encontramos que 52% dos participantes utilizam a EMs Scanning seguida da Skimming. 36% dos participantes utilizaram a EMs Skimming seguida da Scanning, e 12% utilizaram apenas a EMs Skimming. Nenhum dos participantes utilizou apenas a EMs Scanning. Conclusão: Nossos achados mostram que quanto menor o número de EMs utilizados, menor é o escore, e menor é o tempo utilizado para exploração da atividades-teste. Concluímos que existe padrão de movimentos utilizados no teste com predomínio do uso das EMs falange distal do dedo indicador, falange distal do dedo médio e palma da mão e exploração por meio da estratégia Scanning - Skimming. O tempo está correlacionado com o escore e com o número de EMs utilizadas. Consideramos estas informações relevantes para compreensão do desempenho geral do participante neste teste e sugerimos fortemente a inserção das variáveis número, tipos de EMs e tempo de execução da atividade como dados a serem coletados e registrados durante aplicação do teste
Título em inglês
Analysis of the motor hand strategy during execution of hand haptic perception test of high relief with geometric shapes HP-hrg
Palavras-chave em inglês
Form perception
Hands
Motor strategies
Touch perception
Resumo em inglês
Contextualization: The Manual Haptic Perception Test - relief and geometric shapes (HP-hrg) was developed with the objective of grading the performance in manual haptic perception test activities using high relief geometric figures, providing a score and allowing the study of the hand sensorimotor skill in a based and reliable form. Previous studies determined the construct validity, usability, reliability and internal consistency. Continuing the research.Objective: this study aims to analyze and characterize the Manual Motor Strategies (EMs) used in the exploration of test activities and to determine the relevance of the evaluation and recording of the number and types of EM, and the time of execution of the study. activities, such as test variables. Méthod: This is an observational study. Participated 50 healthy university students of both sexes, aged between 18 and 30 years old, right-handed and non-smokers, who performed HP-hrg in a controlled situation, while their hands were filmed. The systematic observation of the hand used in the exploration of the 6 activity-test, via films, allowed the collection of data of the research variables, which were categorized, according to the finger or segment of the hand used in the exploration (EMs). Results and discussion: the number of times that the EM was used and the exploration time in the different test activities. Descriptive statistical analysis of the data and correlations between the number of EMs, time of execution of the test activity and score were performed. It was found that the distal phalanx of the index and middle fingers were used by 50 and 47 participants, respectively. Thin finger EM (skimming) was used 140 times for activities with easy difficulty, 168 times for medium and 168 times for difficult. The EM sliding of the palm (scanning) was used by 41 of the 50 participants, and was repeated 40 times in easy activities, 41 times in medium and 39 times in difficult activities. We found that 52% of participants use EM scanning followed by skimming. 36% of participants used EM skimming followed by scanning, and 12% used only MS skimming. None of the participants used only EM scanning. Conclusion: Our findings show that the lower the number of EM used, the lower the score, and the shorter the time used to explore the test activities. We conclude that there is a pattern of movements used in the test with a predominance of MS distal phalanx of the index finger, distal phalanx of the middle finger and palm and exploration through the scan-skimming strategy. Time is correlated with the score and the number of MSs used. We consider this information relevant for understanding the overall performance of the participant in this test and strongly suggest the inclusion of the variables type and number and types of EMs and time of execution of the activity as data to be collected and recorded during the application of the test
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-11-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.