• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.5.2017.tde-01082017-095114
Documento
Autor
Nombre completo
Aline Faria de Sousa
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2017
Director
Tribunal
Carvalho, Ana Claudia Martinho de (Presidente)
Andrade, Rosangela Viana
Matas, Carla Gentile
Mendes, Beatriz de Castro Andrade
Título en portugués
Qualidade de vida e implante coclear: Resultados em adultos com deficiência auditiva pós-lingual
Palabras clave en portugués
Adulto
Audição
Implante coclear
Perda auditiva
Qualidade de vida
Surdez
Resumen en portugués
INTRODUÇÃO: Diante da variabilidade de resultados encontrada na população clínica usuária de Implante Coclear (IC), medidas objetivas como os testes de percepção de fala e o ganho auditivo com o IC, podem não ser suficientes para determinar o real impacto dessa tecnologia na vida de seus usuários. Neste contexto, pesquisadores da área têm se interessado pela inclusão de medidas de qualidade de vida para avaliar de maneira subjetiva os benefícios do IC. OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida de adultos usuários de IC. METODOLOGIA: Estudo transversal e clínico de avaliação de qualidade de vida em um grupo de 26 adultos usuários de IC, de ambos os gêneros, com tempo de uso médio do IC de 6,6 anos. Foram utilizados o questionário específico Nijmegen de Implantes Cocleares (NCIQ-P) e o questionário genérico World Health Organization Quality of Life (WHOQOL bref), enviados via mídia eletrônica. RESULTADOS: O domínio melhor pontuado na avaliação da qualidade de vida para o questionário específico NCIQ-P foi o social e para o questionário genérico WHOQOL-bref foi o psicológico. As variáveis gênero, tempo de uso do IC e modalidade auditiva não influenciaram os resultados de qualidade de vida de ambos os questionários. Apenas a variável nível de instrução correlacionou-se com o domínio meio ambiente do questionário WHOQOL-bref. A variável compreensão de fala ao telefone associou-se a uma melhor percepção da qualidade de vida para todos os domínios do questionário específico e para a autoavaliação da qualidade de vida em geral. CONCLUSÕES: Na perspectiva dos usuários, o uso do IC trouxe benefícios para os diversos aspectos relacionados à qualidade de vida em ambos os questionários. O questionário NCIQ-P mostrou-se mais favorável para avaliar as questões de qualidade de vida relacionadas à comunicação e interação dos usuários de IC. O uso combinado de medidas de qualidade de vida representou um diferencial clínico capaz de complementar os dados da avaliação objetiva e nortear a condução do processo terapêutico
Título en inglés
Quality of life and cochlear implant: Outcomes in adults with post-lingual hearing loss
Palabras clave en inglés
Adult
Cochlear implantation
Deafness
Hearing
Hearing loss
Quality of life
Resumen en inglés
Introduction: In view of the variability of results found in the clinical population with Cochlear Implant (CI), objective measures such as the speech perception tests and auditory gain with the CI may not be enough to determine the real impact of this technology on the life of its users. Researchers have been interested in the inclusion of measures related to quality of life in order to assess, in a subjective way, the benefits of CI. Purpose: To evaluate quality of life in adults with CI. Methods: Cross-sectional and clinical study of quality of life assessment in a group of 26 adults with CI, both genders, with mean CI use time of 6.6 years. Nijmegen Cochlear Implant questionnaire (NCIQ-P) and World Health Organization Quality of Life (WHOQOL bref) were used, sent to the participants by electronic means. Results: The best rated domain in the quality of life assessment for NCIQ-P questionnaire was the social aspect whereas in the WHOQOL-bref questionnaire, the psychological domain obtained the best score. The variables gender, time of CI use and auditory modality did not influence the quality of life results in both questionnaires. Only the variable education level correlated with the WHOQOL-bref environment domain. The variable speech comprehension in the telephone was associated with greater perception of quality of life for all the domains of the specific questionnaire and also for the self-assessment of quality of life in general. Conclusions: According to the perspective of the CI recipients, the use of CI benefits different aspects related to quality of life in both questionnaires. The NCIQ-P questionnaire was more favorable for assessing the quality of life issues related to the communication and interaction. The combined use of quality of life assessments represented a differential tool which may complement data obtained in the objective evaluation and contribute to the therapeutic process
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
AlineFariadeSousa.pdf (2.10 Mbytes)
Fecha de Publicación
2017-08-01
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.