• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.5.2021.tde-24032022-115820
Documento
Autor
Nome completo
Felipe Iankelevich Baracat
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2021
Orientador
Banca examinadora
Moura, Eduardo Guimarães Hourneaux de (Presidente)
Franzini, Tomazo Antonio Prince
Ribeiro Junior, Marcelo Augusto Fontenelle
Ardengh, José Celso
Título em português
Estudo prospectivo e randomizado de aplicação do pó hemostático versus clipagem endoscópica no tratamento da hemorragia digestiva alta não varicosa
Palavras-chave em português
Endoscopia
Ensaio clínico
Ensaio clínico controlado aleatório
Hemorragia gastrointestinal
Hemostase endoscópica
Hemostáticos
Resumo em português
Introdução: apesar dos consideráveis avanços farmacológicos e endoscópicos no tratamento da hemorragia digestiva alta não varicosa (HDANV), sua mortalidade se mantém inalterada. O TC-325 (Hemospray - Cook Medical) é um pó mineral com propriedades adsortivas, projetado para a hemostasia endoscópica. Até o momento, não existem ensaios clínicos comparativos que avaliam esta nova modalidade hemostática. Objetivo: comparar o uso do pó hemostático (TC-325) associado à injeção de solução de adrenalina, com a técnica endoscópica combinada da aplicação do clipe metálico em associação com a injeção de solução de adrenalina para o tratamento de pacientes com HDANV. Métodos: foi conduzido um ensaio clínico randomizado e controlado com pacientes apresentando HDANV com sangramento ativo ao exame endoscópico. Os pacientes foram randomizados entre os grupos do pó hemostático (grupo 1) e do clipe metálico (grupo 2). A lista da randomização foi gerada a partir de software de computador e permaneceu desconhecida aos autores durante toda a pesquisa. Todos os pacientes foram submetidos a uma reavaliação endoscópica precoce após a terapia hemostática (exame de controle). Resultados: trinta e nove pacientes participaram da pesquisa. A úlcera péptica foi a etiologia mais frequente do sangramento. A hemostasia primária foi alcançada em todos os pacientes do grupo 1 e em 90% dos pacientes do grupo 2 (p = 0,487). Cinco pacientes do grupo 1 foram submetidos a uma terapia hemostática endoscópica adicional durante a reavaliação endoscópica, enquanto nenhum paciente do grupo 2 apresentou esta necessidade (p = 0,04). As taxas de ressangramento, necessidade de cirurgia de urgência e mortalidade foram similares entre os dois grupos. Não foi detectada nenhuma toxicidade, evento alérgico ou casos de obstrução gastrointestinal nos pacientes submetidos ao tratamento com pó hemostático. Conclusão: o uso do pó hemostático apresenta resultados similares ao emprego da técnica endoscópica combinada de clipe metálico e solução de adrenalina no controle da hemorragia. A elevada taxa de hemostasia primária do pó hemostático, particularmente em situações adversas como sangramento intenso ou posição anatômica desfavorável do foco do sangramento, justifica o emprego desta nova modalidade terapêutica
Título em inglês
Randomized controlled trial of hemostatic powder versus endoscopic clipping for nonvariceal upper gastrointestinal bleeding
Palavras-chave em inglês
Clinical trial
Endoscopy
Gastrointestinal hemorrhage
Hemostasis endoscopic, Randomized controlled trial
Hemostatics
Resumo em inglês
Background: despite advances in pharmacological and endoscopic management of non-variceal upper gastrointestinal bleeding (NVUGIB), mortality remains unchanged. TC-325 (Hemospray - Cook Medical) is a mineral powder with adsorptive properties, designed for endoscopic hemostatis. There are still no comparative trials studying this new hemostatic modality. Objective: to compare the use of hemostatic powder (TC-325) associated with epinephrine injection, with the combined technique of endoscopic clipping and epinephrine injection for the treatment of patients with NVUGIB. Methods: we conducted a randomized controlled trial with patients that presented NVUGIB with an actively bleeding lesion at the endoscopic evaluation. Patients were randomized either to the Hemospray or Hemoclip group. The randomization list was generated by a computer program and remained unknown throughout the entire trial. All patients underwent second-look endoscopy. Results: thirty-nine patients were enrolled. Peptic ulcer was the most frequent etiology. Primary hemostasis was achieved in all Hemospray cases and in 90% of Hemoclip group (p=0.487). Five patients in Hemospray group underwent an additional hemostatic procedure during second-look endoscopy, while no patient in the Hemoclip group needed it (p=0.04). Rebleeding, emergency surgery and mortality rates were similar in both groups. No toxicity, allergy events or gastointestinal obstruction signs were observed in Hemospray group. Conclusion: Hemostatic powder presents similar results when compared with conventional dual-therapy for patients with NVUGIB. Its high primary hemostasis rate, particularly in arduous situations of severe bleeding or difficult location site, justifies the use of this new hemostatic modality
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-03-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.